Um roteiro de compras – para brasileiros – em Nova York | Viagens com Seth Kugel - iG

Publicidade

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012 Estados Unidos | 05:00

Um roteiro de compras – para brasileiros – em Nova York

Compartilhe: Twitter

As muitas opções de compras de Nova York levam milhares de brasileiros a Nova York

As muitas opções de compras de Nova York levam milhares de brasileiros a Nova York - Foto/Getty Images

Adoro dar dicas sobre Nova York para os viajantes que chegam do Canadá, Califórnia, México, Inglaterra, Espanha ou China. E amo dar dicas sobre Nova York para os turistas que chegam de Berlim, Amsterdã, Bogotá, Tóquio, Houston ou Dubai.

Para os brasileiros? Nem tanto. É que em muitos casos eles fingem escutar minhas dicas ótimas – fruto de meus 15 duros anos morando em Nova York –sobre museus alternativos, restaurantes desconhecidos e eventos culturais inéditos. Depois, me agradecem muito, e logo passam sua estadia inteira na Big Apple… fazendo compras.

Leia também: Nova York longe do óbvio

A culpa não é deles, claro. Os preços de roupas, eletrônicos e outras coisas mais, no Brasil, são tão absurdamente altos que eu também evito fazer qualquer compra não-urgente quando estou no País. Quem faria quando pode ir para Nova York (ou qualquer cidade dos Estados Unidos) comprar tudo e ainda sair ganhando, mesmo com os gastos do voo, do hotel e da comida?

Então, vamos combinar. Se eu contar um pouco sobre os principais pontos de compras em Nova York e onde encontrar todas as marcas internacionais que quiserem, vocês não levarão para casa só as mesmas roupas da Abercrombie, máquinas Canon e carrinhos de bebê Bugaboo que usam seus amigos, mas também verão umas lojas que vendem produtos locais e únicos (e mais legais)? E, no tempo que sobrar, também visitarão algum museu diferente ou provarão algum restaurante fora do roteiro típico? Afinal, não é possível fazer compras o dia todo e também a noite toda. Ah, é? Então tudo bem, esquece.

Leia também: Jackson Heights: Nova York como você nunca viu


Minas de ouro

Como sei quais são as lojas que deleitam mais os brasileiros em Nova York? Porque toda vez que estou em uma delas ouço muito português brasileiro – e ninguém está reclamando. Veja algumas:

Woodbury Common Outlets tem boas marcas a bons preços

Woodbury Common Outlets tem boas marcas a bons preços - Foto/Getty Images

- Woodbury Common Outlets

Para os que não sabem, um “outlet” é uma loja de marca que vende só produtos de desconto porque são da coleção anterior ou porque foram fabricados em excesso. Até os norte-americanos que conhecem Woodbury pela primeira vez acham os preços muito bons e gastam muito mais do que esperavam. Imagine os brasileiros. Conselho: se só quer gastar mil dólares, só leve mil dólares e deixe os cartões de crédito em casa.

Não dá para ir de metrô, assim que você precisa pegar um ônibus direto. Uma das possibilidades nesta página é o ônibus Gray Line, que sai dez vezes por dia do Port Authority Bus Terminal, na 42th Street com a Eighth Avenue, e custa US$ 42 por adulto e US$ 21 por criança. Não se preocupe com o preço, porque você vai poupar muito mais. O lugar parece uma cidadezinha falsa, com ruas, restaurantes e tudo. Vocês, brasileiros, não vão ser os únicos gringos lá, as lojas fazem anúncios até em japonês.

Leia também: Nova York pela primeira vez

- B&H Photo
Quantos brasileiros compram suas máquinas no B&H? Tantos, que lá na loja botam atendentes que falam português e o link que coloquei é em português. Não se confunda com o nome, a loja não vende só máquinas fotográficas: há computadores, equipamentos de vídeo, produtos de som, binóculos e muito mais. O aspeto mais notável do lugar é que os donos e muitos dos funcionários são judeus hassídicos, vestidos de preto e com barba e chapéu. Por isso, nós, americanos, brincamos que B&H significa “Beards and Hats”, ou seja “Barbas e Chapéus”. Mas o atendimento no lugar não é piada nenhuma: é excelente e os funcionários têm um ótimo conhecimento dos produtos.

Century 21 dá descontos em marcas chiques

Century 21 dá descontos em marcas chiques

- Century 21
Se não tiver tempo para ir aos outlets, o Century 21 é a melhor opção em Nova York para descontos em roupas de marcas chiques, além de perfumes, maquiagem, malas de viagem etc. O único problema é que está sempre lotado de pessoas e é meio desorganizado. Ou seja, tem que procurar. Ou seja, homem que odeia fazer compras e chega sem uma mulher vai se frustrar totalmente e vai embora em cinco minutos. Como é que eu sei? Porque na primeira vez que eu fui lá, durei cinco minutos. (Na vez seguinte, fui com uma amiga) A loja principal está perto do World Trade Center, assim que dá para visitar o memorial do 11 de setembro antes (mas não depois, com todas essas sacolas, é meio falta de respeito).

- Babies ‘R’ Us
Você está grávida e pensa ir para Nova York e fazer todas suas compras? Ótima ideia – mas você não é a primeira brasileira nem está entre o primeiro milhão delas. Babies ‘R Us é um bom lugar para começar. Tem lojas no país inteiro, mas a de Nova York está localizada na Union Square, muito central e fácil de chegar por metrô.

- Bed, Bath and Beyond
Não é tão popular entre brasileiros quanto os outros, mas tem bons preços e produtos para a cama e o banheiro (como indica o nome) mas também para a cozinha, as janelas e a sala.

Leia também: Fim de semana em Nova York por US$ 100


Bairros bons para fazer compras

Pesquisando dá para encontrar achados no Brookling Flea - Foto: Flickr/Carl MiKoy

Pesquisando dá para encontrar achados no Brooklyn Flea - Foto: Flickr/Carl MiKoy

Existem duas formas de fazer compras fora das minas de ouro. A primeira é identificar os bairros que são bons para lojas únicas que você não vai encontrar em outras cidades, ou pelo menos não vai achar no Brasil. O SoHo tem algum charme, mas já está nas mãos das marcas internacionais. Melhor andar por Tribeca – na área ao redor de Duane Park (tem o Torly Kid, com roupas para bebês e crianças) e por toda Greenwich Street. Ou em NoLIta (uma abreviatura de North of Little Italy), em Manhattan, entre Houston Street, Bowery, Broome Street e Lafayette Street, ou no Lower East Side que tem muitas lojas de roupa para homens e mulheres, além de galerias de arte.

Se quiser sair de Manhattan, a Bedford Avenue, em Williamsburg, é bem divertida. Mas o lugar que eu mais recomendo é o Brooklyn Flea, um “mercado de pulgas” que não é realmente isso, tem roupa “vintage” (ou seja, usada mas chique), joias e peças de artesanato originais, e muita comida legal.

Lojas legais

Eu não sou de forma alguma especialista em compras, mas a meia dúzia seguinte são algumas lojas legais que você não vai encontrar no Brasil.

Dá para achar roupas bacanas na Brooklin Industries

Dá para achar roupas bacanas na Brooklyn Industries - Foto: Divulgação

- Brooklyn Industries
Uma empresa que começou no Brooklyn mas agora tem lojas em Manhattan (e até em Chicago). Vende camisetas, camisas, casacos, calças e até roupas que não começam com “c”, com um estilo sofisticado e moderno, mas não exagerado. Também tem roupa para mulher, mas nem sei te dizer se é bom ou não, dê uma olhada.

- Anthropologie
Muito recomendada para roupa de mulher… mas não por mim. É uma dica de uma amiga brasileira que mora em Nova York e trabalha com moda. A cadeia de lojas tem quatro sucursais na cidade e uma quinta chega daqui a 15 dias. É especializada em um look boêmio, mas romântico e feminino. (As palavras são dela, não reclame para mim se não concordar)

* Books of Wonder
Seu filho estuda inglês na escola? (Se não, hora de mudar de escola) Esta livraria especializada em livros para crianças vende em inglês, claro, mas a diferença é que a seleção de livros é maravilhosa, o ambiente, aconchegante e o atendimento, muito bom. E apesar de ter muitos livros espalhados sobre as mesas da loja, nenhum se chama “The Book Is on the Table”.

Seu filho vai se encantar com o mundo de brinquedos da FAO Schwarz

Seu filho vai se encantar com o mundo de brinquedos da FAO Schwarz - Foto: Divulgação

- FAO Schwarz
Tá bom, seu filho não quer livros, só fica feliz com brinquedos? A loja mundialmente famosa ficou ainda mais famosa em 1988 com esta cena do filme “Big” (ou como ficou em português, “Quero Ser Grande”).

- Economy Candy
Nossa, o seu filho nem gosta de brinquedos? Precisa de doces, balas, caramelos? Aqui é um empório de doces que parece que é da Nova York de 1950 – e está entre as galerias de arte e boutiques do Lower East Side. As marcas são uma verdadeira história dos bombons americanos. Entre as minhas recomendações: os Charleston Chews – mas tem que botar no congelador antes de comer.

- The Metropolitan Museum of Art Store
O museu mais famoso da cidade tem uma loja absolutamente lotada não só de pôsteres e livros mas também de produtos de papelaria (com imagens de arte das coleções, claro), relógios, joias e até jogos para crianças.

Leia também: Nova York a dois

Autor: Seth Kugel Tags: , , , ,

35 comentários | Comentar

  1. 35 Ronaldo 01/02/2012 6:53

    Bem verdadeiras as dicas sobre compras em New York. Já estive lá várias vezes, e sempre faço mais compras do que passeios por mais que ache que “desta vez vai ser diferente”. Só quero acrescentar mais um comentário sobre o Woodburry: é excelente para roupas masculinas e infantis, mas tem poucas opções para moda feminina. Também preste atenção nos preços. Nem toda mercadoria exposta tem preço de outlet.

    Responder
  2. 34 Leila da Costa Lima 01/02/2012 6:54

    São Paulo é tão maravilhoso como Nova York. E o mesmo digo de New York.

    Responder
  3. 33 Fatima Cezare 01/02/2012 7:26

    parabéns pelas dicas,estou me preparando para conhecer New York em 2013 e vou fazer uma pasta de dicas …então pode contar comigo que estarei esperando mais sugestões ok.

    se puder postar sobre hoteis de fácil acesso para Broadway agradeço muito,esse é o meu objetivo maior.

    Responder
    • kelli 01/02/2012 13:40

      Olá
      Vi seu comentário sobre ficar perto da Broadway, ano passado viajei pra lá, fiquei no hotel Pensylvannia, é de frente para a Madson Square garden, a dois quarterões do show do Rei Leão, Mary Poppins, e pertinho da Time Square, o hotel não é aquelas coisas, sabe é bem velho, mas pra gente que vai passear o dia todo e só volta pra dormir, foi ótimo…até mais

  4. 32 Carlos 01/02/2012 8:06

    A B&H Photo é muito conhecida dos brasileiros, mesmo dos que não vão pra NYC fazer a alegria da American Express. Esta loja é uma das poucas a enviar os produtos pro Brasil, ou seja, a loja online deles é muito usada por nós por conta disso. Mesmo com os impostos, vale a pena comprar lá.

    Responder
  5. 31 renato 01/02/2012 8:17

    sem dúvida woodburry é excelente…mais me surpreendi com a Century 21….é meio bagunçado…tem que garimpar um pouco principalmente la em baixo nos cabides…mais fui ano passado para fazer compras pro bebê…e as roupas de marcas estavam mais em conta do que em woodburry….bem mais em conta, mesmo com os cupons de descontos do outlet.E a parte de sapatos pra homem na century é preciosa…marcas otimas e preços otimos também….GARIMPEM….

    Responder
  6. 30 FC 01/02/2012 9:01

    Bem pessoal ja estive em NY varias vezes a passeio, mas realmente a gente acaba comprando mais do que passeando. Um lugar muito bom de compras tambem q nao se deve esquecer qdo estiver em NY, e foi um amigo que mora a 9 anos por la q indicou, e um OUTLET em JERSEY GARDEN, super facil de chegar, sao uns 20 minutos de onibus, pois fica fora de Manhattan. La como ja diz o nome, fica em New Jersey. Vc apenas precisa pegar um onibus na Port Authority Bus Terminal, que e a rodoviaria central em NYC. Ele ele te leva diretamente ao OUTLET STORE. Facil de chegar, e aproveitem…

    Responder
  7. 29 Eliange Borba 01/02/2012 9:25

    Seth, obrigado pelas dicas, como Fátima, tambem estamos nos preparando para ir para Nova York, só que vamos em julho desse ano. Estou anotando todas as tuas dicas, adoro! Se vc puder me ajudar com hotel agradeço, somos em 4 adultos, procuramos hotel bem localizado de acordo com os pontos turísticos que vc indicou, perto do metrô, hotel bom e de preço acessível. Ficaremos em Nova York duas semanas, para fazer compras, comer bem, conhecer e passear. Conto com tua experiencia e bom gosto para tornar nossa primeira viagem a Nova York inesquecível.

    Abraços e obrigado!

    Responder
  8. 28 Samanta Regina 01/02/2012 10:13

    Fui à NY em novembro passado e garanto que a B&H e Century 21 valem a pena. Mas não percam muito tempo em outlets, conheçam Manhattan, passeiem no Central Park, na 5th, no Pier 17. Lembranças do que vivemos e vimos lá são para sempre, ao contrário das roupas, tênis, maquiagens e outras bugingangas.

    Responder
  9. 27 Dumont 01/02/2012 10:20

    Realmente, estive na B&H e fiquei boquiaberto com a quantidade desses judeus “hassídicos” que arranham muito bem o português! Ao perceberem que somos brasileiros, começam a explicar imediatamente as coisas num português bastante inteligível. E são muito atenciosos. E tomo a liberdade de dar algumas digas próprias…
    - Mulheres: não percam a mega loja da Victoria Secrets na Herald Square, defronte à mega loja da Macy’s, pertinho do Empire State. A própria Macy’s é também imperdível.
    - Legomaníacos, não deixem de ir à loja da Lego pertinho do Rockfeller Center, em frente ao rink de patinação.
    - Crianças, não percam de jeito nenhum a Toys’R'Us da Times Square. É simplesmente arrasadora.
    - Marmanjos e nerds: é obrigatório ir à loja da Apple que fica na 5ª avenida, logo no início no Central Park.
    - Naturebas: não deixem de ir à Whole Foods que está no Columbus Circle, onde vocês entenderão o que é natureba levado a sério.
    - Aos que gostam de um bom vinho, recomendo a loja que está dentro da estação Grand Central, que tem uma excelente variedade e bons preços.
    - Se precisarem de artigos de farmácia e higiene pessoal, não deixem de ir às inúmeras drugstores da Duane Reade, que além de tudo são um tipo de marca registrada de NY, porque é uma rede enorme que opera apenas ali.

    Pois é, Nova Iorque é fantástica mesmo.

    Responder
    • kelli 01/02/2012 13:44

      Olha, vc fez um resumo ótimo, pra quem vai pela primeira vez, estive lá ano passado e tudo que vc descreveu eu fui…demais…..

  10. 26 fernando bloise 01/02/2012 10:33

    muito úteis

    Responder
  11. 25 Shirley 01/02/2012 10:38

    O Brasil, principalmente o sul do Brasil é tão rico na indústria textil, pena que não se recebe incentivo fiscal para prática de bons preços, pois acho nossos produtos muito mais superior e feito para nosso biotipo do que NY, México… Somente encontrei produtos legais fora do país em lojas alternativas e ainda tive que procurar muito bem. O básico como roupa masculina é fácil e roupa infantil alguma ou outra peça. Bom mesmo são os perfumes, acessórios, tênis que isso serve em qualquer pessoa. Nada como roupas com as cores do Brasil, com modelagem e cortes diferentes. Não acho que o que vem de fora é melhor. É mais barato e na emoção da viagem e de conhecer algo novo se gasta muito. Não usei a metade do que comprei. Doei. Economia de palito.

    Responder
    • Jailton 24/05/2012 13:22

      Muito bom seu comentário Shirley, concordo com você plenamente ! Além do incentivo fiscal, acho que ainda há dois problemas no Brasil: a cultura do lucro exorbitante que ainda prevalece nas nossas indústria (veja o caso dos automóveis, por exemplo) e a cultura popular de que as coisas boas estão lá fora, sobretudo no “primeiro mundo”….
      Acho bom fazer compras em NY, de fato os preços são bons, e agente foge da rotina, mas temos que valorizar o que é nosso também e brigar contra a cultura que nos torna menos competitivos….

    • Fernando 17/05/2012 10:31

      Va para italia e frança compre roupas por la que voce ira usar.

  12. 24 Luiz Sergio 01/02/2012 11:11

    Excelentes dicas e comentários.
    Gostei da abordagem sobre as compras, pois realmente é inevitável não faze-las estando em NYC. Mas também é fundamental aproveitar o tempo com os museus, restaurantes e lugares transados do SoHo, Tribeca e Little Italy.
    Pretendo ir mais uma vez este ano, na época da Maratona em Novembro. Vou aproveitar as dicas.

    Responder
  13. 23 Test NY 01/02/2012 11:13

    A Century 21 de Long Island eh bem mais organizada e da para achar tudo. Tambem recomendo o Outlet Tanger em Riverhead..tambem tem onibus direto. Eh bem mais tranquilo e com basicamente as mesmas lojas que Woodbury. Em termos de eletronicos, J&R tambem esta na minha lista. Fica perto da ponte do Brooklyn e vale a esticada. Para roupas, Forever21 e as lojas do Soho. Union Square eh uma graca e vale a visita na DSW (sapatos).

    Responder
  14. 22 Leandro 01/02/2012 12:16

    Não percam tempo com o woodbury. É longe pra cacete e os precos não compensam. Estive lá ano passado no fim de semana da black friday e os preços estavam muito altos. Vãona macy’s ou na centuryque economizam tempo e dinheiro, pois os preços dasliquidaçōes de làsaem muito mais em conta que daquele outlet.

    Responder
  15. 21 Bernardo 01/02/2012 12:17

    Legal. Eu já fui a alguns países da Europa, mas vou aos EUA pela primeira vez em abril (NYC). Pretendo cumprir tanto o roteiro “turistão” quanto o menos óbvio, e por isso gostei tanto deste post como do outro, com as dicas sobre NYC menos “turísticas” das mexicanas. Que venham mais :)

    Responder
  16. 20 GUstavo Pereira - SC 01/02/2012 12:56

    Se for mais de 3 pessoas no WOODBury, é mais facil e barato alugar um carro com GPS. Alem disso voce pode ir colocando as coisas no porta malas.
    Foi isso que eu fiz, nos estavamos em quatro pessoas e alugamos um FUSION. Foi muito tranquilo com o GPS, apenas a volta que pegamos a hora do RUSH en MAnhatan.

    Responder
  17. 19 André 01/02/2012 13:17

    São Paulo é tão maravilhosa quanto NY, o problema é que os preços em SP são pelo menos 4 ou 5 vezes maior que em NY.

    Responder
    • pedro 01/02/2012 14:00

      vai morar em nova york então, se precisar de atendimento de emergência leva o cheque e o cartão !!!

  18. 18 Audrey 01/02/2012 13:33

    Das vzs que vou a outlet sei que so eh mais barato que as lojas convencionais uns 30% pelo menos. Nem perco o meu tempo pq em dia de liquidacao mesmo o minimo de desconto que eu gosto eh de 75%. Tem duas epocas que eles simplesmente queimam tudo: julho e na segunda semana de janeiro. Felizmente aqui nos EUA eles nao ficam guardando estoque. Queimam de verdade. Ja Black Friday eu acho perda de tempo e paciencia. Eh muita gente doida solta por ai.Fui na Macy’s no BF e nao consegui usar um cupom de miseros $10 que ganhei na vespera. As dicas citadas no texto sao excelentes. Aproveitem!

    Responder
  19. 17 Aan Maria 01/02/2012 14:12

    muito boa as dicas vou guarda-las. otimo parabéns.

    Responder
  20. 16 Tatiana 01/02/2012 14:13

    Como em uma matéria sobre compras em NY ninguém fala da Forever 21????????????

    É a melhor loja para compras femininas. Preços muito bons, grande variedade. As lojas da 5a avenida e da times square são dignas de um dia inteiro de compras.

    Pra maquiagem a mega loja da macy’s é perfeita.

    Outra boa dica é o Flea Market no Brooklyn. Pra quem gosta de passeios alternativos, a feira é cheia de antiguidades e peças diferentes.

    Responder
  21. 15 ANNE 01/02/2012 15:11

    O WOODBURRY É ÓTIMO PARA MODA HOMEN E CASA…PARA MULHERES, FORA ROUPA ESPORTIVA, NÃO TEM GRANDES COISAS…O CENTURY 21 E´ UMA BAGUNÇA E PIOR QUE O OUTLET…
    PARA ELETRONICOS, NADA MELHOR QUE O bEST bUY…PREÇOS E TEM TUDO!!! NÃO PERCAM A ABERCROMBIE, E LIQUIDAÇÕES NO LOJA DO PONTO ZERO…

    CASACOS NA BURLINTON E ROUPAS MAIS TRANSADAS NA CACHÉ.

    Responder
  22. 14 Rita Henze 01/02/2012 15:20

    Desculpas, é q gostei tanto das dicas q a minha irmã Andrea viu na sua coluna no IG e me indicou q me distrai e achei estar enviando p meu filho imprimir. Com certeza vou conferir qdo for a Nova York.

    Responder
  23. 13 Marcos 01/02/2012 16:31

    O que atrapalha Sampa são os Brasileiros, esta é a diferença !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    Responder
  24. 12 Fatima 01/02/2012 16:41

    Gente, estive em Nova York em outubro passado e ameeeeei, foi difícil voltar para casa (moro na Suiça). Lugar bonito, céu azul(aqui na Suiça está sempre escuro). Realmente para compras não tem igual, tenho 2 filhas adolescentes que fizeram a festa na Hollister, Abercrombie, Victoria Secrets,etc. Até o maridão que não é nada consumista entrou na dança. Vale realmente a pena. A loja Forever 21 para adolescentes e mulheres em geral tem preços ótimos, todas as lojas lá são enormes, 3, 4 andares, tudo gigantesco. Se vc gosta de chocolate não deixe de ir na M&M na Times Square, é incrível!!. New York, Love you!!

    Responder
  25. 11 Alegna Edardna 01/02/2012 18:21

    Amo New York , e irei para lá em julho mas ,para ir aos museus, ver uma boa peça de teatro , passear no adoravel bairro do Soho e outros, no Central Parque e outro lugares . Claro que uma compra ou outra a gente sempre faz e dou primazia a cremes , perfumes e maquiagem pois realmente no Brasil os preços( de tudo) estão impraticáveis !!!!!

    Responder
  26. 10 Neyde 01/02/2012 20:25

    Olá Seth! Qto tempo! Por onde andava? Ótimas dicas.

    Responder
  27. 9 Thais 01/02/2012 21:53

    Seth Kugel, boa noite! Adorei as dicas, pois minha irmã está com viagem marcada para próxima sexta e acrescentou em seu roteiro as suas dicas! Obrigada!
    Gostaria de saber se há opções de lojas de CD de músicas que tocam nas rádios locais, como o estilo black music.
    Obrigada mais uma vez!

    Responder
  28. 8 Vitor Canova 02/02/2012 12:50

    Recomendo também a loja de eletrônicos J&R. Fica na Park Row, perto da prefeitura. Comprei todos meus eletrônicos lá. O preço era melhor e tinha mais variedade do que eu queria do que a B&H.

    Responder
  29. 7 CEL LEP - Blog » Blog Archive » Boas compras em Nova York!!! 02/02/2012 15:31

    [...] para fazer boas compras e economizar em artigos que em nosso país custariam muito mais caros. Seth Kugel, um jornalista norte-americano globetrotter, que vive por lá a vários anos, preparou um roteiro, [...]

    Responder
  30. 6 Eduardo Amaral 06/02/2012 15:58

    Mr. Kugel,
    Gosto muito da sua coluna e ficaria muito feliz em receber as dicas para os turistas que chegam de Berlim, Amsterdã, etc.!
    Gostaria de sair do lugar comum, dos clichês e tudo o que você não escreveu é o que me interessa.
    Fico na esperança que leia minha mensagem e se inspire nesse sentido.
    Abraços,
    Eduardo

    Responder
  31. 5 Marcos Fernandes 16/03/2012 11:23

    NYC ou quaisquer cidades dos EUA realmente são um paraíso de compras para nós brasileiros que somos obrigados a pagar até 4 vezes por produtos comprados aqui no Brasil.
    O Soho é uma delícia, passear por aquelas ruas, ver vitrines, ir aos restaurantes, ótimo programa
    Na hora das compras, cuidado com a alfândega no Brasil, estão de olho nas nossas malas.

    Responder
  32. 4 Carlos Magalhães 04/04/2012 15:55

    Fiz um mapa-da-mina para as mulheres que gostam de explorar alternativas fora de Manhattan (como a minha mulher).

    Lista TODOS os shoppings que tem mais de 120 lojas. A lista é classificada em ordem decrescente da quantidade de lojas.

    Mostra nomes, localidades, websites, distância em KM do Bus Terminal do Port Authority NY-NJ e telefone.

    http://dezporhora.site11.com/shoppings-ny-nj.htm

    Há dois mapas na página: parte norte e parte sul das proximidades da ilha.

    Boas compras !

    Responder
  33. 3 frederico 19/04/2012 18:55

    REALMENTE, não falar de FOREVER 21 (não confundir com a century) é uma falha daquelas (e me refiro aos comentários. O bom Seth afirma e reafirma que não é um expert em compras).
    Vale a pena ir ao woodbury sim, e de CARRO ALUGADO. Acordem CE-DO e volte TAR-DE. Nada de hora do rush.
    Ou durma lá perto do woodb. VALE A PENA. Vão por mim.

    Responder
  34. 2 Izabela 18/05/2012 8:24

    Cuidado com a B&H Photo, amo esta loja, porém aconselho a todos efetuarem as compras com cartão, nunca em dinheiro. Lá eles possuem uma fila para quem quer pagar em dinheiro e outra para cartão. Havia separado e contado meu dinheiro na fila antes de entregar ao caixa, o senhor, aparentemente muito correto, fica em um balcão mais alto e ao pegar o dinheiro ele esconde uma das notas rapidamente e vira para gente, mostrando sua “honestidade”, solicitando para que acompanhemos a contagem com ele, e para nossa surpresa, está faltando uma parte. Desconfiamos no momento, mas não havia como provar nada. Roubaram US$100,00. Um outro casal de brasileiros teve roubado nesta mesma viagem US$60,00.

    Responder
  35. 1 luiz carlos jorge arretche 28/05/2012 11:00

    Tem algum roteiro para que viaja sozinho, eu procuro mas não encontro em junho vou para NY em junho só.

    Luiz Carlos

    Responder
  1. ver todos os comentários
 

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!

* Campos obrigatórios


 

Responder comentário


* Campos obrigatórios