Será que vão colocar ordem nesta suruba? | Balaio do Kotscho
iG

Publicidade

Publicidade
23/04/2009 - 11:03

Será que vão colocar ordem nesta suruba?

Compartilhe: Twitter
Confesso que fiquei meio zonzo ao terminar de ler o jornal e o noticiário de hoje na internet.
Nem sei o que pensar e escrever, tantas são as declarações e as histórias inacreditáveis que aparecem a cada dia nesta verdadeira suruba institucional em que se transformou o nosso Congresso. 
Mas parece que, finalmente, eles começaram a prestar atenção no que o povo está achando de tudo isso. Perceberam que a paciência acabou, a raiva é grande e alguma coisa precisava ser feita.
Num clima de barata voa, os líderes partidários resolveram tomar algumas providências “moralizadoras” para estancar a sangria do nosso dinheiro e da credibilidade da instituição a que deveriam servir e não se servir.
São muito nebulosas estas medidas, sem prazos e métodos definidos, e ainda dependem da aprovação dos próprios interessados para a manutenção ou não destes privilégios indecentes.
Não dá para dizer que a farra acabou e que agora vão tentar pelo menos organizar a orgia com o dinheiro público, tratado este tempo todo como “coisa deles” e, portanto, sem precisar dar qualquer satisfação ao distinto eleitrado que paga a conta.
Pelas novas revelações feitas por colegas do “Congresso em Foco”, o site que desnudou esta farra, não escapou quase ninguém, nenhum partido, nem os autodenominados integrantes do chamado “grupo ético” do Congresso.
Virou tudo uma geléia só. Basta ver a foto de Roberto Stuckert Filho, da Agência O Globo, publicada no alto da página A4 da Folha sob a rubrica “Os Intocáveis”, mostrando a chegada ao Congresso dos parlamentares de quatro partidos, depois de intermináveis discussões sobre medidas de prevenção de incêndios numa casa pegando fogo.
As expressões assustadas de Michel Temer (PMDB-SP), presidente da Câmara, ladeado por Inocêncio Oliveira (PR-PE), Fernando Gabeira (PV-RJ), de óculos escuros (para não ser reconhecido?), e Nelson Marquezelli (PTB-SP) são emblemáticas da perplexidade geral.
Há um fato novo nesta história dos descalabros, que não são de agora, mas nunca ficaram tão evidentes.
Desta vez, não houve nenhuma manifestação de rua, nada de caras pintadas nem mulheres batendo panelas, discursos de militares, invasores furiosos depredando as instalações do Congresso, como acontecia em outras épocas.
Deu-se uma revolta popular silenciosa e invisível, que só era possível notar lendo o que os leitores/eleitores escreviam na internet _ e, certamente, enviavam também para os correios eletrônicos de suas excelências.
Vai ver que atenderam à minha sugestão de domingo no post “Congresso: povo bravo está perdendo a paciência”, e resolveram pedir a alguns dos seus milhares de assessores para dar uma olhada no que o povo estava pensando de tudo isso.  
Agora falam em restringir cotas de viagens, limitando-as aos próprios parlamentares dentro do território nacional e a serviço só do mandato, e divulgar pela internet os gastos efetuados com as muitas verbas que recebem além do salário, que nos custam no mínimo R$ 102,5 mil por deputado.
Admitem até acabar com a tal verba indenizatória de R$ 15 mil por mês, uma espécie de salário extra sem desconto de imposto de renda, mas que ninguém se iluda.
Lá no meio da matéria sobre as “medidas moralizadoras” leio que “por ora, deputados e senadores decidiram adiar o aumento em seus salários de R$ 16,5 mil para R$ 24,5 mil. Este reajuste será debatido nas próximas semanas se houver consenso a respeito da boa repercussão das medidas de ontem”.
Ou seja, estão só dando um tempo para ver como a distinta platéia vai reagir para deixar tudo como está, mudando apenas a embalagem, ou melhor o embrulho.
Quem ainda acredita neles? Como acreditar numa turma que torrou R$ 4,7 milhões em 1.885 vôos internacionais entre janeiro de 2007 e outubro de 2008?
Uma turma que tem um deputado chamado Dagoberto Noronha (PDT-MS) que pagou 40 vôos internacionais, 22 deles com parentes acompanhando, num total de R$ 92,6 mil que sairam do nosso bolso?
Corregedor da Câmara, eleito para o lugar daquele deputado do castelo, o deputado ACM Neto (DEM-BA), mais conhecido por Grampinho, em vez de tomar alguma providência contra estes parlamentares, tem a coragem de dizer que “a imprensa quer fechar o Congresso”.
Não é a imprensa, não, meu jovem parlamentar. A imprensa, reconheço, tem muitos defeitos, mas desta vez não tem nada com isso. Quem está desmoralizando o Congresso Nacional são vocês.
São os deputados e senadores que não se dão ao respeito e achincalham a instituição. Piores que seus atos, são suas torpes justificativas para cometer todas as barbaridades, alegando que não fazem nada proibido porque não sabem o que podem e o que não podem fazer, ninguém lhes diz o que é certo e o que é errado.  
Acham normal pegar passagens pagas pela Câmara com o nosso dinheiro, juntar a família e dar várias voltas pelo mundo, por que não?
Se o regimento do Congresso permite, se as regras não são claras, a reação popular vai se encarregar de lhes mostrar os limites. Eles vão acabar descobrindo, mais dia, menos dia, a nova democracia realmente participativa, e não apenas representativa, que está se alastrando na internet. Já são quase 60 milhões de brasileiros ligados à rede, ou seja, metade do eleitorado.  
 
O Brasil de Maria Júlia
Enquanto isso, segue a vida no Brasil real, longe dos gabinetes de Brasília, lá onde vivem os eleitores, onde o dinheiro não é contado e torrado em milhões e é preciso batalhar muito para ganhar a vida.
É o que nos mostra o relato abaixo enviado pelo leitor Everaldo Santos de Alencar, 61 anos, engenheiro civil formado na UnB, paraibano de Itaporanga, que mora em Aparecida de Goiania, Goiás.
Everaldo, fiel leitor do Balaio desde o começo, acompanhou o drama de uma brasileira chamada Maria Júlia, faxineira, viúva, em busca da casa própria prometida pelo governo.  
Se fosse um pouco mais jovem, e não tivesse a mesma idade que eu, eu sugeriria a Everaldo seguir a carreira de repórter.
Vejam se alguém no Congresso Nacional, parlamentar ou jornalista, está a esta altura do campeonato interessado nos fatos da vida real que ele nos conta no seu texto que publico abaixo.
 MINHA CASA, MINHA VIDA???
- Moço, esta é a quinta vez , nestes últimos vinte anos, que eu entro em uma fila para me inscrever, procurando conseguir uma casa.
Com estas palavras, aquela senhora me tirou das divagações que eu estava fazendo sobre uma pesquisa de uns neurologistas a respeito do esquecimento humano.

Na calçada em frente à minha casa se estendia uma longa fila de gente, para fazer a tal inscrição para a casa própria.

_ Pior é que, depois de andar mais de tres quilômetros, com estas duas crianças naquela bicicleta, e de chegar aqui às cinco horas da manhã, não vou poder fazer esta inscrição, pois não tenho seis reais e cinquenta centavos para reconhecer firma de uma declaração de rendimentos, que tenho que fazer, por não ter carteira assinada…
E começou a chorar. Só aí, é que me dei conta que estava diante de um grave problema social e humano.
Chamei-a para dentro de minha sala, onde ela me contou sua história, sua via crucis, em busca de uma casinha.

Dona Maria Júlia, faxineira de mãos calejadas, esposa do falecido pedreiro Sr. Manoel, que durante a vida construiu centenas de residências, e morreu sem ter construído aquela que daria abrigo e dignidade à sua família, me fez dedicar este fim de semana de feriado a tentar entender porque ela e outras milhares de faxineiras têm tanta dificuldade para conseguir a casa própria.

Por coincidência, naquela tarde, estaria aqui em nossa cidade o Gerente Regional da Caixa, a fim de assinar com o nosso prefeito os termos de adesão de nosso município ao tão badalado programa Minha Casa, Minha Vida.

Elaborei então a seguinte pergunta para fazer a cada autoridade presente: “No entendimento do senhor, qual o principal obstáculo para a concretização deste programa Minha Casa, Minha Vida?”

À tarde, fui para a reunião, onde estavam presentes: o prefeito municipal, o gerente regional da Caixa, um deputado federal, três deputados estaduais do município, o presidente do Sinduscom estadual, etc. etc.

Nem precisei fazer a pergunta que elaborara, pois, em seus discursos, eles me deram  as respostas.

O gerente regional da caixa disse que o programa dependia fundamentalmente da participação da prefeitura, doando os lotes e simplificando a burocracia, e das construtoras, ao assumirem os empreendimentos.

O prefeito disse que faria tudo para ver as casas construídas, mas não tinha áreas disponíveis para doar. Ia ver o que poderia fazer.

O presidente do Sinduscon, representante das construtoras, que não chegou a discursar, me disse em particular que as mesmas dependiam de receber do prefeito os lotes urbanizados, pois o lucro a ser obtido com imóveis daquele preço era muito pequeno para lhes despertar interesse em aplicar seus capitais.

Fiquei chocado, pois este círculo vicioso de dependências eliminava toda possibilidade de dona Maria Júlia, mesmo inscrita, conseguir a sua casa.

Na volta para minha residência, já consciente de que não seria construída nenhuma moradia para esta faixa salarial (de zero a três salarios mínimos) em nosso municipio, vi próximo à uma rua onde passava, um conjunto de casinhas, já meio antigas, construídas por um certo engenheiro para a população mais pobre. Resolvi então procurá-lo no dia seguinte para batermos um papo sobre este assunto.

Logo pela manhã, fui à casa do referido engenheiro. Sem nem mesmo ter-lhe dirigido a pergunta que ia fazer, ele já começou a me dar respostas.

- Meu amigo, este programa é o melhor programa já disponibilizado por qualquer governo para atender às camadas mais carentes de nossa população, porém será mais uma grande frustração para estes pobres coitados, e para o próprio governo. Tudo por uma simples razão. Os parceiros com os quais pensa contar o presidente Lula não estão nem aí para o referido programa. Nem aí mesmo. Vejamos lá: 
A Caixa? Esta instituição bancária há muito tempo não se  interessa em prestar este tipo de serviço aos pobres. Alguém já viu banco se interessar por pobres ? Basta ver a quantidade deles que não têm onde morar. Já tentei várias vezes encaminhar processos, apresentar projetos alternativos e nunca obtive uma opinião favorável. Um grande construtor deixa aplicado seus milhões e, depois, pega emprestado o que quiser, pagando juros menores do que os que recebe.
As prefeituras? Até que podem ter um pouco de interesse, pois este programa não repassa dinheiro para elas, e os prefeitos, na maioria curruptos, não tendo como embolsar nada, que interessse eles terão nisto ? Alguns que ainda demonstram interesse, como é o caso do nosso, não dispõem de lotes para doar.
As construtoras? Estas precisam ser “gericadas”. Vou repetir para que você guarde bem esta sigla. Precisam ter o GERIC, que é uma classificação de risco absurda, pois os empreendimentos financiados se auto-garantem. É cartelizadora, emitida pela Caixa, para que ela, a construtora, possa gerir recursos daquela instituição. Te afirmo que é mais fácil um desses nossos senadores entrar no céu do que se conseguir esta tal de GERIC. E, o que é pior: quando a grande construtora consegue o GERIC, foje de pobre igual o diabo foge da cruz. Só um “gericado” com espírito de jerico, se interessa em construir casas para pobre.
Basta ver que, nos últimos vinte anos, estas construtoras “gericadas” construiram aqui em nossa cidade vários condomínios fechados, vários prédios, mas lhe dou mil reais para cada casinha popular que você me mostrar feita por elas. As que você encontrar por aí foram feitas por nós, os “jericos”.
Boquiaberto fiquei, ao ver que a opinião do engenheiro, batia integralmente com a que eu já havia formado. Só não sabia desta história de GERIC. Mas ainda lhe perguntei:
Qual solução o senhor veria para resolver este impasse ?

- Meu amigo, só há uma, não há outra. Para levar casas para pessoas com renda de até três salarios mínimos nas grande cidades, o governo precisa ampliar o leque de parceiros. Precisa incluir os pequenos construtores, como eu e milhares de outros, pois só a nós interessa a lucratividade obtida com os preços estabelecidos neste programa. Temos baixos custos administrativos e operacionais, mais flexibilidade, pois podemos construir em lotes individuais espalhados pela cidade. Mas, para isto, precisaríamos contar com recursos da Caixa, inviabilizado por causa desta tal de GERIC. Com as exigências estabelecidas, não há uma microconstrutora que consiga esta classificação. Se estes microempreendedores estivessem efetivamente inseridos no programa, já teríamos unidades em execução.
Quando não havia esta porcaria de GERIC, eu, como profissional autônomo, reunia um grupo de pretensos mutuários, encaminhava na Caixa as documentações, e construía para eles os seus imóveis. Fica bem mais barato. Com a mesmo quantidade  de recursos, se constrói muito mais residências. Aquele conjuntinho que você viu, foi feito assim, além outros que já fiz.
Da maneira como foi proposto, com os parâmetros estabelecidos, e com aquelas parcerias, posso lhe dizer o seguinte: sou capaz de comer um prato de bosta, dos fundos e bem cheio, se daqui a um ano, dois, ou dez, alguém me mostrar uma dona Maria Júlia em sua casinha construída por este programa. É uma pena, pois o presidente Lula quer realmente que ela tenha sua casa, mas aqueles que normatizam o programa não deixam.
O cartel das construtoras “gericadas” espera que o governo aumente o preço. Aí, sim, elas entram, só que não precisava ser desse jeito, pois há alternativas. O problema de nosso país, meu jovem, é que os homens que tomam as decisões são incapazes de “pensar micro”, só “pensam macro”. Soluções simples são totalmente descartadas por não estarem em seus currículos de pós-graduados, ou não beneficiam seu círculo de amigos endinheirados. É isto, meu jovem.
Agradeci, despedi-me, e saí da casa daquele senhor. Triste, quando devia estar alegre, por conhecer, para mim, mais uma verdade.

Ah! Sim! As palavras finais do engenheiro me fizeram lembrar das divagações que eu estava fazendo, quando dona Maria Júlia me abordou. Era sobre uma pesquisa de uns neurologistas, na qual descobriram, que o cérebro da maioria dos humanos faz questão de esquecer as coisas negativas, os momentos ruins do passado.

Talvez seja este o motivo.
A maioria de nossos políticos e doutores, ao chegarem aos palácios do poder, se esquecem que nos lugares de onde vieram ainda há gente vivendo os sofrimentos que eles talvez tenham vivido e, por causa desta inata preguiça cerebral, tenham de tudo esquecido.

É, dona Maria Júlia, tudo conspira contra a senhora. Poderiam, pelo menos, ser menos perversos, não fazê-la entrar em tantas filas e derramar, inutilmente, tantas lágrimas.



Autor: Ricardo Kotscho - Categoria(s): Blog Tags:

Ver todas as notas

176 comentários para “Será que vão colocar ordem nesta suruba?”

  1. Virgilio disse:

    é uma pena que todas as boas intenções em nosso país esbarram na burocracia e nos interesses de alguns grupos. Eu queria mesmo acreditar que esse programa teria sucesso – e torço pra que tenha, mas a cada dia que passa parece que os grupos que lucram com o mercado imobiliário da forma como ele é hj acham um absurdo construir casa para baixa renda no Brasil – e vão acabar inviabilizando a idéia. É realmente muito triste

  2. Hoje a Câmara e o Senado decidiram limitar a farra com as passagens aéreas… Faz tempo que não vejo os nobres escroques, ou melhor, parlamentares, fazendo alguma coisa decente e respeitando a vontade popular…

    O mais impressionante é que alguns safados ainda tiveram a cara de pau de reclamar!

    “Durante a votação, a medida provocou discussão entre os senadores. O senador Epitácio Cafeteira (PTB-MA) alegou que, por problemas de saúde, viaja acompanhado, e reclamou da onda de “denuncismo” da imprensa em relação ao Congresso. Ele defendeu que a cota fosse utilizada também para um acompanhante. “Se a minha mulher precisar de uma viagem, não pode fazer também?”, questionou. “Daqui a pouco nós estamos recebendo vale-transporte.” ”

    Será que o salário de milhares de reais mais as trocentas ajudas de custo (?) que estes salafrários recebem não é suficiente para uma passagem de avião para seus amigos e parentes? Eu mal tenho condições de viajar de avião uma vez por ano e ainda tenho que pagar para senador viajar às minhas custas? É um absurdo sem proporções!

    E qual o problema com Vale-Transporte? Sim, estes safados deveriam receber, se muito, um vale transporte como TODO o resto da população brasileira que trabalha.

    Além dos parlamentares trabalharem só de terça a quinta (e olhe lá), receberem décimo terceiro e décimo quarto salário, ainda recebem “ajudas” para gasolina, verba de gabinete, apartamento em Brasília e se brincar até verba pra comprar papel higiênico! E ainda querem mais?

    Os Brasileiros pagam para serem ofendidos e vilipendiados, para serem roubados!

    Se o Senador tem problemas de saúde que não se candidate, que passe sue feudo para outro. Se quer que a mulher viaje faça como TODOS os demais brasileiros, PAGUE pela passagem. Já é um absurdo pagar passagem para Parlamentar, para sua família se divertir? Por favor!

    “O senador Papaléo Paes (PSDB-AP) se manifestou contrário à decisão da mesa. Para ele, a medida foi precipitada e poderá dar margem à corrupção. “Quero aqui reconhecer como uma medida moralizadora, porém, um pouco precipitada”, disse, em plenário, defendendo que era necessário estudar as denúncias antes de determinar medidas concretas. “Aqueles que se desesperam, que não têm bom caráter, não têm bom equilíbrio na sua conduta, vão ficar na mão do empresário, vão pedir dinheiro para o empresário. Não tem saída.” ”

    Precipitada? Será que o escroque não fez ainda sua viagem com a família para a Disney?

    E, “aqueles que se desesperam, que não têm bom caráter, não têm bom equilíbrio na sua conduta” deveriam ser presos. Deveriam perder seus cargos, serem processados, presos e terem a chave jogada fora. Pena para parlamentar deveria ser o dobro pois além do crime comum há ainda a quebra de confiança e o desrespeito com o voto do povo. Se forem atrás de empresários devem ser igualmente condenados o parlamentar e o empresário corrupto. Vão fazer festa na cadeia!

    “Não tem saída”… Realmente! O pobre sobrevive com salário mínimo mas os pobres parlamentares não podem viver com todo o seu salário, seu dinheiro desviado, suas concessões fraudulentas e suas “ajudas” de custo mil… Pobres coitados! Fico até com pena!

    As medidas:

    “O texto aprovado no Senado estabelece o fim da “cota mensal de custeio de locomoção” e a criação de uma “verba de transporte aéreo”, equivalente a cinco trechos aéreos, ida e volta, da capital do Estado de origem do senador a Brasília. Para os representantes do Distrito Federal, o valor corresponderá ao concedido aos senadores de Goiás.

    Valores não utilizados não poderão ser acumulados de um exercício financeiro para o seguinte. A utilização da cota deverá ser publicada no site do Senado, em até 90 dias a contar do mês a que se refere. O ato extingue ainda as cotas suplementares devidas aos membros da Mesa e lideranças partidárias. A implementação das novas regras ficará a cargo da Diretoria-Geral do Senado. ”

    Excelentes mas ainda insuficientes.

    Qual a necessidade de passagens para os parlamentares de Brasília? Dinheiro para fazer caixa?

    5 trechos aéreos? Pra que tanto?

    Moralizar, de vez, seria extinguir qualquer ajuda a estes safados que tem total condições de pagar por suas passagens. Que recebam vale transporte e viagem de ônibus, como milhões fazem e vejam como é o Brasil, como são nossas péssimas estradas, como é a violência nas estradas….

    Com informações da Folha:

    “Deputados e senadores afirmam que a direção do Congresso está agindo por pressão popular, com a adoção de “medidas precipitadas” para restringir as viagens. Parlamentares subiram nas tribunas das duas Casas para classificar as medidas de “hipócritas”, “violentas”, “duras” e “acuadas”. ”

    A direção do congresso está agindo por pressão popular… Oras, mas não é função do congresso legislar para o povo? Eles deveriam agir por pressão dequem? Dos banqueiros? Dos Empresários?

    Opa, é isso que fazem!

    O nome dos safados que foram publicados nos jornais e que se colocaram contra as propostas do Congresso e que querem continuar a farra com NOSSO dinheiro:

    Silvio Costa (PMN/PE)
    Epitácio Cafeteira (PTB/MA)
    Marcone Perillo (PSDB/GO)
    Papaléo Paes (PSDB/AP)
    Almeida Lima (PMDB/SE)
    Mario Negromonte (PP/BA) Nova adição
    Jovair Arantes (PTB/GO) Nova adição
    Michel Temer (PMDB/SP) Nova adição
    Rafael Guerra (PSDB/MG) Nova adição
    José Aníbal (PSDB/SP) este ainda quer aumentar o salário dos parlamentares!

    “Ao comentar a possibilidade do Congresso elevar os salários dos parlamentares, o líder do PSDB na Câmara, José Aníbal (SP), disse que os salários dos parlamentares brasileiros são inferiores aos oferecidos por outros países.

    “Há muitos parlamentares questionando, avaliando que a medida é hipócrita porque se sabe muito bem que o parlamentar ganha menos do que o parlamentar de qualquer outro lugar do mundo”, disse.

    O tucano lamentou que a decisão de adiar a discussão sobre o aumento salarial tenha sido tomada isoladamente pela Mesa Diretora da Câmara, sem ser discutida com o colégio de líderes.

    O reajuste elevaria os vencimentos de R$ 16,5 mil para R$ 24,5 mil e estaria condicionado à criação de uma cota única que incluiria todos os benefícios e auxílios recebidos pelos parlamentares e a votação de uma PEC (Proposta de Emenda Constitucional) que impedisse o chamado efeito cascata –desvinculando os salários dos deputados federais dos legislativos estaduais e municipais. ”

    Isso simplesmente não pode ser sério…. São quase 10 mil reais a mais para estes inúteis! Enquanto o salário mínimo não chega a 500 reais! Só este aumento equivale ao salário de quase 20 Brasileiros!

    tsavkko.blogspot.com

  3. Eduardo Lima disse:

    Se o problema é este, pode ser facilmente resolvido por você mesmo, caro Kotscho!

    Resuma esta história e faça chegar ao Presidente e à Casa Civil. Acredito que seja solucionado.

  4. Carlota disse:

    Rah, rah, rah….
    Não vai dar mais tempo……

  5. Adilson disse:

    Caro Sãopaulino . e você acha que eles estão ligando para passagens aéreas ? Isto tudo é uma cortina de fumaça . O que eles ganham mesmo são nas negociatas na calada da noite com seus pares . OBRAS + OBRAS e falcatruas isto sim importa .Vou perguntar para qualquer , conhecem algum PARLAMENTAR NA SUA CIDADE QUE NÃO ESTÁ ENVOLVIDO
    em algum caso nebuloso ? Deus salve o BRASIL

  6. Gostaria de ter uma informação?
    Quando foram votadas as leis que permitem essa gastança do congresso, visto que outro dia li uma reportagem com um deputado da epoca da inauguração de Brasilia, afirmando que não havia esse mundo de previlegios naquele periodo.
    Se o nobre jornalista, estiver interessado em promover um abaixo-assinado, para a convocação de um plebiscito para a redução para 1/3 do atual do congresso,assembleias estaduais e camaras municipais, coloco-me a inteira disposição para efetuar a coleta de assinatura. Para que possamos de vez moralizarmos nosso país.

  7. k.Y disse:

    Falou em Notários falou em dinheiro,falou em dinheiro falou como o Corintiano,Já eu sou adepto de São Francisco.
    Vamos torcer para que o Min.Britto homem diplomático,homem polido,quase dócil,porém,com têmpera de aço,possa aparar todas ás arestas e adequar o caso,em cada artigo da constituição,como costumeiramente faz,não deixando margem para questionamentos.
    E principalmente para que defina os efeitos modulados,que dão margem ao STF,para fazer às vezes de legislativo.

  8. Marcelo de Matos disse:

    Parece que estão agindo as mesmas “forças ocultas”, para usar a expressão cunhada por Jânio Quadros, que foram responsáveis pela renúncia forçada de Renan Calheiros, de Collor e do próprio Jânio. O alvo agora é o Senado, gargalo pelo qual têm de passar todas as grandes decisões políticas. Renan foi forçado a renunciar por delitos de pequena gravidade, ou “pequena monta”, para usar o jargão dos escrivães de polícia. Guias de trânsito bovino irregulares; possível contribuição de empreiteira no pagamento de pensão à sua ex-amante. A contabilidade agro-pastoril parece ser uma das áreas mais irregulares do país, campo fértil da sonegação do imposto de renda. Haja vista a enorme quantidade de agrotóxicos contrabandeados para uso agrícola e pecuário. Alguém já viu algum fiscal de guias de trânsito bovino? As contribuições de empreiteiras a políticos são algo incomum? A justificava dada por todos os partidos para não criarem a CPI do Camargão foi que ela criaria um “efeito dominó”. Ah, então o problema é corriqueiro? É claro que todos nós somos a favor da moralização dos três poderes. Passagens aéreas e outros adminículos, porém, estão mais para pressão política que campanha moralizante. Se o procedimento é antigo, por que agora está gerando tanta polêmica? A frase de hoje do Nassif, em seu blog, explica melhor a questão: “São jogos de poder em que grupos políticos se aliam a grupos empresariais, à chamada grande imprensa, ao grande capital”.

  9. LUSMAR MOREIRA disse:

    SINCERAMENTE, ESSAS COISAS ME DEIXAM MUITO TRISTE. MAS, DO ALTO DOS MEUS 53/4, ANOS AINDA TENHO ESPERAN
    ÇA DE VER TODA ESSA IMUNDÍCIE POLITIQUEIRA SEJA DEFEF
    ENESTRADA DO PAÍS PARA SIM, PESSOAS HONESTAS GOVER
    NAR E PARA QUE AS DONAS MARIAS JULIAS CONSIGAM SEUS T
    ETOS PARA CRIAREM SEUS FILHOS.

  10. Bom dia Ricardo!
    Bom dia amigos balaieiros!”

    Mas o que é isso??? Que textos maravilhosos!!!!!

    Nem sei qual comentar primeiro…que situação!

    Bem…vou começar admirando o texto do meu querído AMIGO Everaldo…
    Cara …voce é o CARA!

    Fiquei hipnotizado pelas suas palavras…pela sua descrição do caso dessa senhora. Dessa brasileira chamada MARÍA…
    Seu relato completo em detalhes, me deixou “pasmo”!

    Foi tão bem escríto…tão bem elaborado, que vou deixar para lê-lo mais vezes, e postar mais tarde uma complementação.

    Meus parabéns meu amigo!

    pensando eu comigo mesmo…( e o cara ainda quer que eu cobre pra ser meu amigo)

    Ricardo! Seu texto de hoje está uma maravílha…um espetáculo…um duêto com um leitor/ comentarísta que escancara a racionalidade. Eu ao menos sentí um “baque”.

    Olha só….eu tenho a mais absoluta certeza de que esses senhores do congresso foram tocados profundamente, pelas várias manifestações aqui e em toda a “blogosfera” no sentído da campanha do VOTO NÚLO!
    Isso sim deve ter mexido com eles…a única forma de impedír que esses vermes se perpetuem em suas cadeiras.
    Esse “grampínho” é um verdadeiro moleque..

    Meus parabéns aos corajosos repórteres do “congresso em foco” pela investída que tem feito, nos trazendo o dia-á-dia desses mamadores de tetas federais.
    É isso aíiiiii” Estão expondo as bundas!!!!!
    E pelo jeito…estão todas “sujas”

    Eu fico emocionado…estou sentindo que caminhamos para um ponto em que DECISÕES SÉRIAS precisarão serem tomadas.
    Uma verdadeira “guerra” silenciosa se inicía.

    Se nós ( o povo) soubermos aproveitar esse momento ….
    Se continuarmos fazendo uso desse instrumento que é a internet de forma pacífica, porém conclusíva em representar a nossa revolta.
    Se a pressão for mantída…eu só posso dizer que COM CERTEZA as coisas começarão a acontecer em nosso querído Brasil.

    No exato momento em que digitei a última frase um raio de sol atravessou a janela do meu quarto…
    Um presságio????
    Faltou só a música no fundo…

    Agora sim vou voltar a escrever para onde puder…vou aumentar a minha vóz…
    Vou aproveitar o momento “impar” que estamos presenciando, e manifestar com mais entusiásmo tudo o que tenho dentro do peito….tudo o que tenho na “alma”, e transformar a entonação de milhões de irmãos e irmãs, em um côro de proporções continentais.

    Obrigado Ricardo…obrigado Everaldo…

    Voces me fizeram ganhar o dia!

    Eita dupla bôa de mais da conta sô!

    Robson de Oliveira nosbornar@ig.com.br

  11. k.Y disse:

    Artigo: “Como escorchar o povo sob o manto da Constituição”
    Alterar o tamanho da letra +A -A

    Brasília, 22/04/2009 – O artigo “Como escorchar o povo sob o manto da Constituição” é de autoria do presidente da Comissão Nacional de Defesa da República e da Democracia do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Fábio Konder Comparato:

    “O Congresso Nacional prepara-se para desferir, impunemente, mais um golpe na economia popular. Trata-se de institucionalizar o calote das dívidas judiciais dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios.

    O Senado Federal aprovou, a toque de caixa, uma proposta de emenda constitucional que estabelece, em relação ao total dessas dívidas já formalizadas em títulos oficiais (precatórios), as seguintes regras:

    Os Estados, o Distrito Federal e os Municípios depositarão anualmente em conta especial, para pagamento dos seus débitos definitivamente julgados, um valor percentual máximo calculado sobre as suas receitas correntes líquidas. Esse limite de depósitos anuais irá variar, nos Estados e no Distrito Federal, de 0,6% ao máximo de 2%; nos Municípios, até o máximo de 1,5%.

    Do total dos recursos assim limitadamente separados para pagamento das dívidas judiciais, 60% serão utilizados sob a forma de leilão (receberá antes o credor que aceitar a oferta de maior redução do seu crédito), e 40% em ordem crescente de valor, ou seja, os maiores credores receberão por último.

    Segundo cálculos já efetuados, o Estado do Rio de Janeiro levará 21 anos para saldar suas dívidas de precatórios; a Prefeitura de São Paulo, 25 anos; o Estado do Espírito Santo, mais de um século…

    A crua realidade é que estamos diante de mais um crime contra a economia popular, agora em reincidência específica. Em 2000, a emenda (in)constitucional nº 30 permitiu que as dívidas estatais, constantes de precatórios, teriam seu pagamento parcelado em 10 anos. Tanto essa emenda (ou melhor, remendo) constitucional, quanto o que está prestes a ser agora votado, alteram o Ato das Disposições Constitucionais Transitórias. Ou seja, a transição para o atual regime constitucional continua indefinidamente em aberto, segundo a vontade arbitrária do Congresso.

    Somos, na verdade, o único País em que o início de vigência da Constituição é postergado ao talante do órgão estatal que detêm o poder exclusivo de reformá-la. Para vergonha de todos nós, o descaramento em tripudiar sobre a ordem constitucional dita transitória já foi aceito, até hoje, nada menos do que 17 (dezessete) vezes pelo Poder Judiciário. Felizmente, para a defesa da dignidade da Magistratura, o eminente Ministro Carlos Ayres Britto, que a honra a sua toga, acaba de pronunciar-se contra essa desfaçatez em recente artigo doutrinário.**

    Não me tenho cansado de denunciar, para escândalo de não poucos, que o Brasil, malgrado o disposto no art. 1º da Constituição Federal, não é uma República nem um Estado Democrático de Direito. Não é República, porque o interesse particular – no caso, a conveniência financeira de unidades da federação – prevalece sobre o bem comum do povo (res publica). Não é um Estado Democrático, porque o povo, dito soberano, não tem o poder de controlar o Congresso Nacional, no exercício da sua competência máxima de reformar a Constituição. Não só não há referendo popular de emendas constitucionais, como tampouco existe a previsão de iniciativa do povo para a votação de tais emendas. Finalmente, não é um Estado de Direito, porque os órgãos do Poder dito Público modificam quando bem entendem a ordem constitucional, segundo as suas conveniências do momento.

    Entre nós, todos são obrigados a respeitar a coisa julgada, salvo o Poder Executivo, que se comporta como um toxicômano. Para lutar contra o vício da irresponsabilidade financeira, ele demanda sempre um tempo a mais, e nunca deixa de ser atendido pelo Poder Legislativo.

    Muito diferente tem sido o procedimento do Estado brasileiro com os credores de seus títulos de dívida, emitidos em empréstimos públicos. Aqui, o rigor na solvência é draconiano. O orçamento público é submetido a metas de superávit primário – em prejuízo de investimentos em educação, saúde, previdência e segurança – de modo a garantir a transferência de recursos do povo (por meio do recolhimento de impostos) para os portadores desses títulos de dívida. E quem são eles? Bancos e fundos de investimento, cujos acionistas e cotistas, salvo engano, não estão entre as pessoas menos abonadas deste País. Falar em moratória dessa dívida estatal é pronunciar uma blasfêmia.

    Para justificar o calote dos débitos judiciais do Poder Público, a Frente Nacional de Prefeitos brande agora o exemplo de um Município paulista que, afogado em precatórios, suspendeu o ensino público e interrompeu parcialmente o serviço de saúde pública. Tudo isso pelo fato de haver expropriado um bem imóvel, cuja indenização ultrapassou em muito a previsão oficial.

    Em primeiro lugar, é de se perguntar se a conveniência e oportunidade desse ato expropriatório eram compatíveis com o funcionamento regular dos serviços públicos prestados pelo Município, notadamente aqueles ligados à proteção dos direitos fundamentais de natureza social. Escusa dizer que, se tal não ocorreu, houve flagrante abuso ou desvio de finalidade. Em segundo lugar, é de se indagar se, após a verificação da insolvência financeira do Município, continuaram a ser regularmente pagos os subsídios do Prefeito e dos secretários municipais, bem como as despesas com a publicidade oficial não obrigatória.

    Oxalá o Congresso Nacional, abalado por uma série infinda de imoralidades, crie um pouco de vergonha e suspenda mais esse assalto à economia popular. Na hipótese de que isso não suceda, a Ordem dos Advogados do Brasil tem o dever público de atacar a emenda constitucional assim forjada, perante o Supremo Tribunal Federal.

    Caso o órgão máximo da Justiça Brasileira decida consolidar o escorchamento constitucional do povo pelo Estado devedor, o risco será grande de se ver um bom número de cidadãos optar, nas próximas eleições, pela abstenção cívica.”

  12. Valdemir disse:

    Se não colocarem, já temos movimentação social se organizando para dar um basta à malandragem política que impera desde o Executivo, Legislativo e Judiciário.

    É bom que nossos perdulários congressistas tomem vergonha. Porque os cidadãos de bem desse país estão envergonhados de ter votado nessa corja.

  13. Renato disse:

    Kotscho, infelizmente essa história kafkiana é regra.

    Meus pais tiveram uma faxineira que estava com sérios problemas de coluna. Pois bem, ela foi a um hospital público aqui de SP e médico solicitou alguns exames. Levou 4 meses pra que ela conseguisse uma data para o exame. Depois, mais 4 meses pra ela conseguir marcar o retorno.

    Quando, finalmente, conseguiu sentar-se com o médico, esse lhe disse que aquele exame não valia mais, que havia passado tempo demais. Teria que marcar um novo exame. Esperou 3 meses pelo novo exame e mais 4 pela nova consulta. O resultado – surpresa! O exame caducou de novo. Vão fazendo as contas: foram mais de dois anos de sofrimento e tendo que diminuir as horas trabalhadas (por consequinte, a renda).

    Pra encurtar a história – pagamos um exame num laboratório particular e arranjei com um amigo médico alguém que se dispusesse a fazer a cirurgia “na faixa” – pagamos “só” o centro cirúrgico e os dois dias de internação.

    Quando penso no welfare state brasileiro, me vem à cabeça a fábula da Roupa do Rei – com a diferença de que, ao contrário da fábula, somos nós que estamos nus e o reizinho é que está dando risada.

    Bom, nem tudo é tristeza – hoje é dia do chorinho!
    Então, ofereço a todos os amigos do Balaio a belíssima “Noites Cariocas”, de Jacob do Bandolim!

  14. Caro Kotscho, será que você consegue divulgar todos os deputados que usaram as passagens aéreas para familiares e amigos??? Adoraria ter esses nomes TODOS divulgados.
    Tô tão desanimada.

  15. ubiratan costa disse:

    Até você GABEIRA ,ESTE E O FIM DOS ANTIGOS COMUNISTAS ,SOCIALISTAS APÓS ENTRAREM NESTA CASA DE TOLERANCIA
    QUE E O CONGRESSO.

  16. Vicente disse:

    Parlamentares não deveriam receber, deveria ser voluntário. Vamos iniciar a campanha para acabar com verbas, salários e mordomias de parlamentares, de vereadores a senadores.

  17. Eliane disse:

    O que mais irrita nisto tudo é o governo aparece assim do nada, e sem ter feito absolutamente nada e de repente diz: Vamos construir i milhão…..Então se vê que ainda não estão vivendo em um mundo real, continuam no hiperlativo da ilusão ! É masi um programa que vai do nada para lugar nenhum, já começou errado!

  18. Rodrigo Santanna disse:

    Tenho 22 anos, trabalho com internet e vejo todo santo dia notícias e posts sobre palhaçadas e roubalheiras dos nossos digníssimos ladrões bem arrumados, concordo amigo Kotscho, que algo está mudando, vejo colegas da minha idade que se revoltam e comentam os absurdos que essa corja viajante faz todo dia e me sinto realmente feliz em ver que a mudança está acontecendo, continue relatando e comentando essa baderna que nós nos encarregamos de gritar e espernear com esse bando de gente sem moral.

  19. Fábio Nóvoa disse:

    Histórias como essas, da dona Maria, deveriam ser filmadas, fotografadas e catalogadas, para então ser enviadas para as autoridades dos três poderes, que com seus carrões, ar-condicionados e segurança, esquecem do país miserável e carente em que vivem.

    Abraços do seu fã, Kotscho

    Fábio Nóvoa
    Jornalista – Belém (Pa)

  20. Denize Lial disse:

    Ricardo,

    Nenhuma palavra sobre o Ministro Joaquim Barbosa??????
    PORQUÊ???? você também assinou a “nota dos 8 Ministros do STF”?????

  21. Francisco Gomes disse:

    Ricardo, bom dia!
    Esta matéria de hoje é uma paulada na molera, fiquei até tonto. Primeiro, o relato do Sr. Everaldo é a pura verdade, acontece há muitas décadas em todos os recantos desse nosso Brasil. Como exemplo cito o caso de meu pai, em 1970, depois de ter falido, veio para Brasília. Naquela época inscreveu-se em um programa de habitação popular, administrado pela SHIS-Soc. Habitacional de Int. Social (já extinta). Cumpria todos os requisitos para ganhar uma casinha de sala,quarto, banheiro e quintal(só). Pois bem, até hoje não ganhou nada. Por outro lado, durante esse tempo, várias pessoas recém chegadas à Brasilia, sem os requisitos exigidos, mas apadrinhados por políticos ganharam suas casas. Hoje, ele mora em uma casa doada por seus filhos (eu e irmãos), que após vários anos de estudo e trabalho, compramos para ele. Essa é realidade de muitos que conheço.
    O pior é que essa história contada pelo engenheiro, acontece com todos programas do governo. Grandes volumes de dinheiro são disponibilizados para tais programas, é feito publicidade na mídia, os políticos aparecem rindo na televisão como se tais empreitadas já fossem realidades. Mais não chega aos interessados, ou seja, ao povo. Quando chega alguma coisa é uma merreca comparado com as verbas disponibilizada para tais programas. Onde fica essa dinheirama toda ?

    Segundo, é com tristeza que vejo jovens políticos que poderiam renovar o congresso com novas idéias e uma nova ética, já chegarem viciados e corrompidos com as velhas velhacarias e hipocrisias de seus antepassados. Eu sempre imaginei que a juventude, que vi lutar contra a ditadura, ou mais recentemente, os jovens sindicalistas, mudaria a história política de nosso país. Mais não, é o contrário, jovens líderes sindicais, que conheci e convivi, com seus lindos ideais pregados nas assembléias e piquetes, hoje são políticos que praticam os mesmos erros dos que eles combatiam. Enfim, é triste, apesar de ser otimista, às vezes não vejo saída.
    Bem vou parar, senão vou encher o saco do pessoal com meu desabafo.

  22. João Band disse:

    Bom dia Ricardo
    Bom dia Everaldo
    A situação que vive a dona Maria Júlia é mesma de milhões de brasileiros, sem demagogia, descamisados e pés descalaços.
    Essa situação constatada pelo nosso amigo, com sua permissão, Everado, é vivenciada há séculos por nossa pobre população.
    Como ninguém você Everaldo, um nordestino, saber como sofre o nosso povo. Estão na dependencia de pessoas que jamais pisaram em uma rua de barro, só conhecem a pobreza pela televisão. Conhecem Nova Yorque como a palma da mão e não conhecem a Mooca, em sampa, como já me disseram.
    Estamos nos descobrindo, estamos nos achando e muito disso que estamos vivenciando hoje um dia irá pelo ralo. Somos mais de 60 milhões na internet, como você disse Ricardo, e o que discutimos hoje, aqui, em seu balaio, mais cedo ou mais tarde estará nas ruas. Deus quer assim e assim será.
    Abraços.

  23. Alex disse:

    IMPRENSA CONTRIBUI COM 84% DO PÂNICO NA CRISE

    O Presidente Lula estava sendo político quando afirmou que 50% desta crise foi gerada pela própria imprensa brasileira, como prevíamos. Uma pesquisa com 100 leitores revela que a porcentagem atribuída à imprensa por esta crise foi muito maior: 84%.

    Vide os dados mais detalhado na tabela abaixo. Os dados são consistentes até o valor de 90%, a partir de que surge uma falha, com muitos leitores passando para a categoria de 100% — o que obviamente é um exagero. Esse exagero, muito provavelmente, reflete o que os leitores andam sentindo da imprensa.

    O correto seria 35% votando 90%, já que parte da crise brasileira é devida a uma crise, sim, nos Estados Unidos.

    Mesmo assim, é assustador o número de 26% que atribuem 100% da culpa à imprensa. Imaginem o que aconteceria se esses 26% decidissem cortar suas assinaturas de revistas e jornais — o que provavelmente alguns farão no momento de renovação de tais assinaturas. Trata-se de um potencial de queda de 26% de leitores, que estão totalmente insatisfeitos com as reportagens que lhes são oferecidos pelo preço pago pela assinatura.

    Esses 26% devem estar extremamente furiosos para assinalarem a categoria 100%. Muitos devem ter perdido dinheiro e oportunidades. Existe recall em jornalismo ou só na indústria automobilística?

    Vide o resultado da pesquisa no Blog “O Brasil que Dá Certo” (do Professor Stephen Kanitz)

    http://brasil.melhores.com.br/2009/04/imprensa-contribuiu-com-84-do-p%C3%A2nico-na-crise.html

  24. JOSÉ C BARSOTTI disse:

    Sr Kotcho , muito oportuno seus comentários e tb a história de dna Maria Julia e quantas existem por aí . Numa coisa o sr tem razão. Já somos mais de 60 mi de internautas que participam dessas situações, só não sei dizer quantos realmente se interessam pelo assunto da maneira adequada, porque a maioria ainda são muito jovens e talvez os caras pintadas não ressurjam.Como já vivenciei situações de contruções populares em governos passados, há mais de 20 ou trinta anos,os problemas continuam os mesmos: A dificuldade em se obter financiamentos para moradia de baixa renda porque os grandes empresários não se interessam pelo assunto. Agora, tb não concordo quando li o comentário do sr Everardo, que ouviu de um pequeno empresário do setor, que o presidente até quer fazer e dar os benefícios, mas não irá conseguir. Porque, como nos programas anteriores, ninguém me convence que o mandatário criador do programa não sabe dessas dificuldades ou pelo menos não inicia o processo para diminuir a burocracia e facilitar o acesso aos mais pobres que são apenas usados como massa eleitoral, para continuar mantendo no poder essa corja toda e não é de hoje.Como o bobo não acaba e o ignorante tb não, sempre estão chegando novos, penso que para mudar isso só a força da população através da educação irá conseguir reverter o quadro. São Paulo, por exemplo, já disse não ter áreas para participar do programa, assim como outras cidades, então vamos continuar vendo e ouvindo apenas falácias…….., e quanto ao nosso congresso penso que uns irão eliminar os outros, pela disputa do poder, porque eles não estão nem um pouco precocupados com nossa opinião.

  25. UM DESCRENTE PARA COM ESTES CONGRESSISTAS. disse:

    EU GOSTARIA DE REALMENTE FECHAR O CONGRESSO DESSES CONGRESSISTAS E ENTREGAR UM CONGRESSO VERDADEIRO PARA AS MÃOS DO POVO. QUE BOM SERIA SE PELA FORÇA TIRASSEMOS OS NÃO PATRIOTAS.

  26. Daniel Vallar disse:

    Bom, não sei o que falar sobre o programa… Nada como a gente ter cada vez mais informação para ter cada vez menos fé nesta terra. De qualquer maneira, talvez assim eu possa, me iludindo menos, lutar mais, e contra os inimigos certos…

  27. O problema agora nao e este

    Quem vai por ordem no Supremo!

  28. Aldir disse:

    A pior das crises

    Tiago, um dos apóstolos de Jesus, era bastante fiel às tradições da época, ao cumprimento das Leis e aos livros sagrados de seu povo.
    Costumava refletir sobre a profundidade dos ensinamentos de Jesus, e sobre a grande oportunidade que era conviver com Ele.
    Certa vez interrogou o Mestre, preocupado com as sucessivas crises políticas e econômicas que o povo local vivenciava, por conta do domínio esmagador de Roma.
    Queria saber por que viviam entre crises econômicas sucessivas, e, se uma crise pior ainda estava por acontecer.
    Jesus, na Sua infinita calma, bondade e sabedoria respondeu: A pior crise, Tiago, é a de caráter moral do homem, que acaba por causar todas as outras.
    Explicou que o ser humano ainda se acomoda na ignorância, ligado a paixões que o dominam e o infelicitam.
    Salientou que, na raiz da crise moral se encontra o egoísmo, o qual sempre atuará prejudicando o próximo.
    Na falta da solidariedade e da fraternidade florescem a ambição, a loucura, a perturbação e os desastres decorrentes desses vícios morais.
    As pessoas isolam-se em seu orgulho, na ilusão do poder, da raça, da fé religiosa ou política, contribuindo para a desarmonia entre as criaturas.
    A ambição desmedida pelas posses materiais causa profundos desequilíbrios, com alguns possuindo muito, e tantos possuindo quase nada. O consumo desenfreado pode levar indivíduos e, até mesmo uma nação, à ruína.
    Em sua conversa com Tiago, o Mestre diz que a severa crise daqueles dias era a mesma, desde o início dos tempos, e que se prolongaria ainda por um longo período na sociedade terrestre.
    Jesus encerra dizendo: No futuro, as crises existenciais, políticas e morais cederão lugar ao entendimento, com base no amor, porque, então, a mais severa das crises do ser humano estará resolvida: a crise moral.
    * * *
    As considerações feitas por Jesus há mais de dois mil anos nos são de uma atualidade impressionante.
    Hoje, as crises morais, como crimes e corrupção, tomam enorme tempo em noticiários e grandes manchetes em jornais.
    As crises políticas na forma de guerras se repetem, baseadas na ilusão da posse, no orgulho e no poder.
    As crises econômicas, baseadas no descaso político, na ganância dos que comandam o sistema financeiro, e na obsessão individual de amealhar bens se repetem, causando desequilíbrios de grande porte.
    No entanto, sabemos, escutando nosso caro Amigo e Guia, que a mudança real começa em cada um de nós, e que o mundo caminha, mesmo que a passos lentos aos nossos olhos, para uma mudança real.
    Um novo mundo só será possível se for baseado no amor, com os atos valendo mais do que as palavras, com entendimento e fraternidade.
    No futuro, crise será uma palavra restrita ao dicionário. Mas para que isso aconteça uma longa e silenciosa batalha deve ser travada no íntimo do ser humano, em busca do equilíbrio e do amor!

    Redação do Momento Espírita, com base no cap. 11 do livro A mensagem do Amor Imortal, pelo Espírito Amélia Rodrigues, psicografia de Divaldo Pereira Franco, ed. Leal.

  29. Marcos Soares disse:

    Nossa !!!!
    Que texto “lindo” … Ricardo, por favor, faça com que o nosso presidente (em que votei e acredito) leia este texto, sei da sua amizade com ele… por favor, faça com que leia…
    Ficaria muito lisongeado com uma resposta de sua parte

    Tenho orgulho de ser Brasileiro e lutar por uma sociedade “justa”.
    Novamente, parbens por sua colaboração nesta revolução.

    Marcos Soares

  30. Rubens Milani disse:

    Kotscho não há mais nada a crescentar ao que disse o Sr. Everaldo, é tudo verdade. A única coisa razoável a fazer, e voce poderia fazê-lo, é levar esse depoimento pessoalmente ao Presidente Lula, sem passar por assessores que filtram tudo.
    Se este projeto é para valer e não mais um projeto politico-eleitoreiro o Presidente agirá senão que deus ajude as Donas Maria Julia deste País.

  31. Avanizzio Ferreira disse:

    Já disse neste espaço q o Congresso Nacional é uma casa de bandidos engravatados e cada dia fico mais covicto disso.
    O pior de tudo é q não podemos nem recorrer ao judiciário,pois este se tornou um verdadeiro balcão de negócios. E falar o quê do executivo? Temos como chefe um bufão indolente que nada sabe. Que infelicidade a nossa. Tudo isso em Brasília, o maior Campus avançado de corrupção.

  32. sonia disse:

    Não acredito porque lá é onde vivem aqueles que não tem vergonha na cara.

  33. k.Y disse:

    Todos unidos para defender SEU PRÓPRIO Pirão.

    SC vai a Marcha contra PEC do Calote. No Estado: R$ 350 mi em precatórios
    Fórum dos Leitores: PEC do Calote
    Britto convida Juízes do Trabalho para Marcha contra PEC do Calote no dia 6
    Britto conclama ministros e juízes trabalhistas a marchar contra o calote
    Coluna do Haidar: Pai do Calote
    OAB convida IESB e alunos para Marcha contra calote das decisões judiciais
    TRF-1 confirma participação na Marcha contra a PEC do Calote

    JUSTIÇA ARBITRAL, PRIVADA JÁ, è a melhor solução?
    ADOTE esta Causa!

  34. Marisa disse:

    Denize,
    Respondo eu já que os assuntos de hoje são pauleira.Os dois daqui do Balaio e a fala do Ministro Joaquim Barbosa que entrará para a história desta nossa tão vilipendiada república. A frase “Vossa Execelência está destruindo a Justiça de nosso país” acompanhada de outra resposta a Gilmar Mendes” …Vossa Excelência não está falando com os seus capangas do Mato Grosso, respeite”. Foi de lavar a alma. Enfim, os poderes começam a dar alguma resposta ao cidadão que não suporta mais tanta bandalheira.

  35. janjão disse:

    Que porra de GERIC é êste ?

    Dois funcionários meus, faltaram um dia de serviço para fazerem inscrição para estas casas, e vão continuar no aluguel ?
    E eu paguei o dia .

  36. n.zwiebel disse:

    Pois é caro Kotscho,
    o que se pode esperar dêste congresso lamaçal, presidido pelo zé sarnento (suserano do Maranhão) e michê temer (mordomo de vampiro), gilmalas dantas mendes (suserano do Mato Grosso)? e o ilibado e ensaboado alvaro dias, falou e disse: é um absurdo fechar o congresso lamaçal, o que devemos fazer é reduzir o número de políticos. Onde está a proposta sr. alvaro dias? O sr. não lembrou-se dos mais 8000 vereadores que o nobre garibaldo (boca mole) alves, recorreu ao STF para aprovar?
    Hein? Hein? Hein? Estou começando a desconfiar do que ouvi de um ex-político. Êle disse: sabe porque Zwiebel, até hoje não se elegeu nenhum político decente para presidir o senado e a câmara? Por que os que se dizem decentes não se candidatam e assim ficam fora da mídia nestes casos de corrupção, mas aproveitam-se dos notórios corruptos eleitos para usufruir das benesses que êles criam. Faz sentido.

  37. Marco Antônio Leite disse:

    Duvido que alguém tenha o escroto roxo para colocar em ordem as casas das mães Joanas, Senado e Câmara Federal. Viso que, essa doença de bagunça generalizada chegou ao STF, pois no dia de ontem houve cenas de quase pugilato entre os Ministros Gilmar Dantas e o grande e corajoso Barbosa. Não sou partidário da ditadura, mas a única solução no momento é fechar essas casas de tolerância e, iniciar tudo de novo, logicamente sem a luz vermelha na porta que indica prostibulo.

  38. JUCAPIRAMA disse:

    Quanto ao Senado a solução é uma só.
    Esperar que saia algo que se aproveite de lá é malhar em ferro frio.
    ´”..O que não tem vergonha nem nunca terá.
    o que não tem governo nem nunca terá…”.

    Esses camaradas são nulidades. Enquanto isso vamos pagando, e caro, para mostrar que somos civilizados e democráticos.
    Lá, não são.

    Relativo as pessoas que o Brasil esqueceu.

    Ficamos imersos em nosso aquário achando que todo o universo além dos vidros seja também um aquário tão seguro quanto o nosso. Vida ornamental.

    Não dá pra explicar para nós, peixes, o que é vida seca, não conseguiremos abstrair tanto pra entender.

    Tudo o que é feito é feito no máximo para o médio, o remediado.
    O mundo só desce até ai, daí pra baixo, só na próxima vida, como dizem.

    É aquele brasileiro que mais necessita de amparo, o que depende do governo até pra beber água, é o pessoal que o país varre pra baixo do tapete.

    Eles não se engajam na economia, e financiar algo para eles é impensável, são brasileiros que nunca tiveram a atenção de ninguém.

    São os que nós vemos e fazemos que não, mas saltam à vista de uma pessoa de fora.
    São enxotados de todos os lugares, persona nom grata em todas as cidades, tratados como verdadeiro estorvo, sendo sistematicamente deportados das cidades que se vangloriam de não ter moradores de rua ou pessoas paupérrimas vivendo lá.
    Sim, existe deportação de pobres no Brasil.

    É o nosso povo que não tem documentos, que não votam, e isso sela sua sorte, o Estado não os vê, não os quer.

    Indagados se nunca receberam alguma atenção do Estado, respondem que um dia, tem a esperança de serem agraciados.
    Não é uma graça, é obrigação.
    O Estado tem que estar em todo lugar, não deve haver vazios, enormes vazios como há.

    Tristes são estas histórias em que os brasileiros levam a sua ficha de inscrição para um programa de habitação, não há ao menos um escaninho onde a fichinha possa ser colocada, não se enquadram em nada.

    Culpa deles?
    Não.

    Será que alguém sabe o que é ouvir
    _ Não temos nada para o senhor agora, aguarde em casa futuras convocações.

    Gente..

    Aguarde em casa. Que casa ??
    Futuras convocações. Que futuro ??

    Se a população for número que não seja Numero Natural mas Numero Real.

  39. k.Y disse:

    Vai acabar com os precatórios que passam na frente,devido á relação de amizade com o juiz da causa,Só que isto eles não dizem:
    Vai acabar com o velho refreão eu sou amigo do juíz,ele libera meu Àlvara na frente dos outros.
    È agora doeu,doeu?
    Ophir: PEC do Calote é uma espécie de bomba de Hiroshima sobre Judiciário
    O diretor do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Ophir Cavalcante Junior, afirmou que a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) nº 12/06 tem um efeito tão devastador que mina o Judiciário no que ele tem de mais importante: sua independência e autonomia, exteriorizadas por meio da sentença judicial. “Se aprovada na Câmara dos Deputados, a PEC 12 funcionará para o Judiciário como uma espécie de bomba de Hiroshima, na medida em que vai destruir toda a independência e autonomia desse Poder”.

  40. Aninomyous disse:

    Boa tarde! é muito tocante tudo o que está escrito, tocante porque em um país rico é preciso medidas de restrição aos seus líderes, e também sensibiliza muito o drama da dona Maria Julia representando o outro lado, das pessoas comuns com baixa instrução e poder aquisitivo…sou contra tudo isso! :D , de verdade! eu quero mesmo é ver o pessoal dos nossos 3 poderes fazendo turismo pelo mundo, de roupinha estampada, chapeuzinho e oculos escuros, suas famílias orgulhosas e sorridentes ‘enchendo o peito pra dizer’ sou parente de fulano…e do outro lado quero mesmo é ver essa gente ‘pobre’ ter sua casa, digo, suas casas, uma na cidade, outra no interior, campo ou praia,…o que falta para isso? de verdade? falta fortalecer a estrutura de base, falta eles realmente liderarem para o progresso, deixando os lobbys de lado (dos ladrões que sucateam a saúde, ensino e segurança pra fazer castelinho e palacetes de nobresa diante da pobresa que perpetuam no povo e desfalques na sociedade civil), em outras palavras, o jeito é eles abrirem a mão, combaterem a pobresa e não aos pobres, tornarem eficientes os mecanismos sociais e investimentos que geram empregos e divisas até abolir ou pelo menos minimizar ao máximo a miséria, ‘cultivarem o progresso e a ordem’ para num futuro não muito distante poderem colher tudo o que querem e muito mais sem ninguém absolutamente lhes constranger ou reprovar.
    Abraços.

  41. Aninomyous disse:

    Em outras palavras, enquanto eles se contentam em roubar os milhões, em gerar bilhões, o país perde a oportunidade de gerar trilhões e eles de ganharem dignamente aos bilhões e bilhões além de fazer história…mas é aquela velha história, eles estão a ’serviço’ de Suas Majestades, evadem as divizas, sabotam o país e abortam as perspectivas de um futuro promissor, pobres deles, pobres de todos nós.
    Fui.

  42. valter disse:

    triste, mas o nosso pres lula q veio de baixo sera q le isso, sabe disso?? nao faz NADA??? NAO ADIANTA DAR BOLSA FAMILIA
    valter
    ps qto ao congresso, PARECE q esse pais nao tem jeito, volta a era collor e hj esta pior

  43. jocelyn de andradas disse:

    Continuo com minha opinião anterior:
    PAREDÓN NELES! Já que todos têm passagem de graça, uma de ida for ever para Cuba. O Fidel vai adorá-los.
    O que sobrar, o restolho, pertence à História.

  44. Benito disse:

    Por tudo insto, deveremos fazer uma campanha via Internet,com duvilgação dos nomes , para que nas proximas eleições, via voto que eh o nosso momento de eliminar-mos estes sanguissugas do congresso e do senado,para que pelo menos consigamos colocar ali 20% de pessoas honestas, porque com certeza ainda se elejerão parentes e aderentes dos atuais ladrões que ai estão, mas temos que iniciar esta campanha urgente, para que as proximas gerações acabem de eliminar estes verdadeiros mafiosos politicos brasileiros que ai estão.

  45. Um grande abraço, Ricardo
    Voce sendo um brasileiro que tem acesso ao Sr.Presidente da República, por favor sem acrescentar ou tirar uma letra, imprima tudo o que foi dito pelo nosso amigo e leve a ele entregando-lhe numa bandeja para sua atenção especial.
    Temos que fazer alguma coisa para que nossos irmãos brasileiros tenham acesso à suas casas.
    Assim quem sabe com interferencia de nosso Presidente, algo pode ser mudado para que o interesse de poucos não venha sobrepor ao interesse de muitos.
    Imagine o que acontece nos municípios pequenos brasileiros, com os coronéis que ditam como executar o que vem dos poderes acima .
    É chegado o momento do povo brasileiro sem violencia, respeitando as leis tomar providencias urgentes para que possamos deixar para nossos filhos e netos um Brasil melhor do este, pois o que aí esta nos dá nojo, vontade de vomitar, de fazer coisas as quais não teríamos coragem antes mas agora temos e porisso temo pelo pior.
    Deus nos abençõe a todos.

  46. Aninomyous disse:

    Outra coisa, não há esquecimento algum na minha opinião, a verdade é que o Brasil não gosta do Brasil, na mesma proporção com que gritam e balançam a bandeira eles sentem repúdio pela nação, porque na hora de investir nos avanços, nos momentos de celebrar ou comemorar algum progresso, são negados e feitas mil desculpas para isso, o salário vergonha, digo mínimo deveria estar em mais de 2 mil reais, porém não tem ‘verba’, porém pra ’suruba’ eles tem dinheiro surubando, digo sobrando…se o povo comemorasse um salário mínimo de 2500 reais como uma taça de copa do mundo, se vestissem a camisa do progresso como fazem carnaval e samba certamente não só os políticos fariam viagens mas todos os brasileiros, a ignorancia serve à violência, hostilidade, falta de modos e de educação…tudo isso so motiva mais e mais a falta de amor e verdadeiro patriotismo, a sujeira que assola todo território não é apenas a falta de higiene, mas também a falta de amor próprio, coisa que vão buscar lá fora, e depois voltam renegando ou tentando ser melhor do que os que eles mesmos tornaram feios de ver e duro de ouvir.
    Não vai resolver nada, tudo é mera encenação, seja na Camara ou no STJ, porque já perderam a capacidade crítica de reverter o quadro estando tão mergulhados e inseridos nisto que jamais poderão resolver já que fazem parte intrínseca do problema.

  47. Giuliano disse:

    Kotscho e demais “balaieiros”,

    com relação à “suruba” do Congresso, nem sei mais o que fazer – não sei se existe jeito, acho que a única forma de colocar ordem nesse país é moralizando o judiciário e acabando com a IMPUNIDADE – eu, mais uma vez, tocando nesse tema.

    Conversando com amigos aqui no tabalho (pensando no conexto atual do Brasil como um todo, e não apenas nas falcatruas do Congesso), chegamos à conclusão de que as brechas existentes na lei geram aos infratores uma possibilidade de escapar da pena.

    Porém, muitas vezes os “caminhos” existentes nessas brechas são indicados pelo próprio judiciário – “Você quer que eu livre sua cara? Beleza, então sua defesa deve vir por essa caminho, esse e esse… aí eu posso alegar que existe essa brecha na lei, posso te livrar sem ficar muito ruim para mim”

    Fazendo uma analogia: “Juizão, nosso time precisa ganhar” – Beleza, então se enrosca no zagueiro e se joga na área, e o resto deixa comigo…

    O que a justiça precisa entender – quer dizer, acho que até entende, e não coloca em prática porque não quer – é que o juiz, diante de um caso concreto, pode determinar sua decisão (desde que justificada) com base em outros fatores além da li literal.

    Afinal, não é porque não é ILEGAL, que não seja IMORAL.

    À medida em que os criminosos – sejam políticos corruptos, sonegadores, estupradores e afins – sejam punidos, os outros pensarão duas vezes antes de agir da mesma forma.

    Nós, balaieiros, por exeplo, sonegaríamos no nosso IR se conhecêssemos umas 5 ou 10 pessoas que foram em cana por causa disso?

    Ou tentaríaos dar uma granhinha para o policial, na hora da multa, se tivéssemos a certeza de que isso FATALMENTE acarretaria numa prisão em flagrante?

    Cada um pode fazer a sua parte… mas que não é fácil, não é !

    E quanto à dona Maria Julia… à dona Cleusa, à dona Clotilde… infelizmente creio que elas não viverão para ver um Brasil mais justo – talvez seus netos.

    Tenhos 31 anos e tenho esperança de que eu veja – mas pra isso vou ter que viver bastante, até os 90 anos…

    Giuliano

  48. Arnaldo disse:

    Bando de safados. Quando um empregado da iniciativa privada acha que está ganhando pouco, procura outro emprego que pague mais. Já pensou se aumentássemos os nossos próprios salários? Não teria mais uma empresa nesse país!

  49. José Guebert disse:

    E ainda dizem que anular o voto é coisa de ignorante. Democracia funciona em países com um mínimo de politização, coisa que não existe na pobre terra amada. Por aqui, democracia é isso – farra com o dinheiro público, políticos (que como diz o Vargas Llosa é coisa de rufiões) inescrupulosos, enfim, um brasil completo, corrupto e triste. Vamos lá povo, o voto não vale nada, pois além de obrigatório (se não fosse ninguém votaria) é absolutamente inútil. Que tal uma campanha nesse sentido? Até que seria divertido ver a reação do TRE que na época das eleições joga o ônus de eleger mais um sujo nas costas dos eleitores ao invés de fazer sua parte – bloquear os sujos. Bom, nesse caso não haveriam candidatos…

  50. MASKATE disse:

    Vulgar o moço!

    Ora vulgar,ora omitindo a verdade,foi assim que enterrou suas pretenções ao posto maior.

    Ministério Público é o caralho! Não tenho medo de ninguém. Da imprensa, de deputados. Pode escrever o caralho aí.

    Deputado Ciro Gomes (PSB-CE), ao saber que vazara do Ministério Público a informação desmentida por ele de que sua mãe viajara ao exterior com passagem paga pela Câmara

  51. Debora disse:

    Sugiro que todos mandem mensagens de parabéns para o Ministro Joaquim Barbosa.Segue o e-mail:

    gabminjoaquim@stf.gov.br

  52. A parte do “MInha Casa, Minha Vida” merecia um post só pra ele.

    Pô Kotscho liga pro Lula ai…rs…eu tb qdo li os detalhes do programa achei que falou um apoio ao pequeno construtor.

    Não sei se é só aqui em Goias, mas por aqui, a construção civil bomba mesmo é com esses caras, que compra lotes, constroem casas e vendem.

    Tenho varios conhecidos que fazem isso.

    Dá pra incluir isso ai…no programa.

  53. Rodrigo disse:

    Ricardo, esse foi o melhor post que você fez este ano. Você deveria mandar esta entrevista para o Presidente Lula e a Dilma Roussef… isso realmente deveria chegar nas mãos deles.

  54. Mariza Stears disse:

    Email enviado aos congressistas voadores
    Assunto: congresso* com ‘C’ minúsculo: ajuntamento de pessoas (conforme definição do dicionário Houaiss da língua portuguesa) – afronta ao povo brasileiro

    Senhores congressistas,
    É lamentável que os senhores não saibam a diferença entre legal e ético. De acordo com o presidente da casa (tudo em minúsculo), nenhum ilícito foi praticado e não se fala mais nisso.
    Não se mede ética e decência com legislação, senhores. Ética e valores vem de dentro, sem pressões externas! Significa agir com auto-disciplina e decência em quaisquer circunstancias ainda mais quando se representa os outros. A ética não permite, mesmo que a lei tenha brechas (diga-se de passagem, lei de sua própria autoria) que se use e abuse do dinheiro do povo, só porque não é proibido!
    A desculpa de que não é ilegal passar a mão no dinheiro público para o próprio desfrute é mais uma afronta à inteligencia das pessoas decentes, honestas e com um mínimo de discernimento sobre o que é ética, moralidade e respeito pelo que é do outro.
    Em países com representantes dignos e decentes, os mesmos renunciam ao posto diante de tamanha pouca-vergonha (muitos até se suicidam!). É que estes honram o próprio nome, zelam por ele. Nós, o povo brasileiro, nos sentimos enojados, violentados e abusados por políticos de sua espécie!

    Vão pro inferno deputados (e fiquem por lá)!

    congresso*: conforme definição do dicionario eletronico Houaiss da língua portuguesa: reunião, ajuntamento, ligação

  55. Tatiane (filha do Manoel) disse:

    OLÁ BLOGUEIROS E BLOGUEIRAS!

    HÁ TEMPOS QUE ESCUTO MEU PAI FALAR SOBRE SEUS AMIGOS VIRTUAIS DO BLOG E COMO SÃO EMOCIONANTES AS HISTÓRIAS DE PESSOAS REAIS COM QUE ACABA ESBARRANDO PELA “REDE” E CULTIVANDO VERDADEIRAS AMIZADES.
    BOM, TODAS AS HORAS QUE MEU PAI TEM PASSADO NA INTERNET TECENDO SEUS LONGOS COMENTÁRIOS E COMPARTILHANDO FILOSOFIAS, NA MINHA OPINIÃO SE TORNARAM UM VÍCIO, VÍCIO ESTE QUE TEM SIDO MUITO IMPORTANTE PRA ELE E QUE O FAZ SENTIR-SE BEM, ENCONTRANDO GENTE QUE PODE ATÉ NÃO DIVIDIR AS MESMAS OPINIÕES, MAS QUE AINDA ASSIM, COMPARTILHAM DAS VIVÊNCIAS DE UM OUTRO TEMPO, DE VALORES E VERDADES.
    FINALMENTE QUERO AGRADECER E INFORMAR A TODOS QUE JÁ LERAM POR AÍ MANOEL FERREIRA COMO ASSINATURA DE ALGUM COMENTÁRIO ATÉ PESADO LOGO ABAIXO, QUE HOJE, DIA 23 DE ABRIL É O ANIVERSÁRIO DE NASCIMENTO DESTE HOMEM ADMIRÁVEL, DOCE E FIRME, INTELIGENTE E CAPAZ, COMPETENTE E TRABALHADOR, QUE DEMONSTRA NOS OLHOS E COM A BOCA VERDADE, FAZ MUITO BEM TUDO A QUE SE PROPÕE, É ÓTIMO PAI, FILHO, IRMÃO, MARIDO E ETC.

    EU QUERO ENTÃO DEIXAR MEU AMOR E ORGULHO PARA MANOEL FERREIRA, E DESEJAR OUTROS 56 ANOS DE EXPERIÊNCIAS MARAVILHOSAS E OUTRAS NEM TANTO SÓ PARA APRENDIZAGEM. TE AMO!

    P.S.: AOS BLOGUEIROS PEÇO DESCULPAS PELA MUDANÇA DE ASSUNTO, RS. AOS AMIGOS DE MEU PAI AGRADEÇO POR O ACOLHEREM, DIVIDIREM E AGÜENTAREM, RS.

    TATIANE LEITE.

  56. Jorge Washington disse:

    Quando viajava á trabalho,se quisesse que minha esposa fosse comigo,pagava suas despesas com transporte e estadia.
    Quero saber porque,tenho de pagar para que as esposas,filhos,
    amantes,cunhados e agregados,viajem de graça.
    Eu não pedi a nenhum parlamentar para que se candidatasse a
    qualquer cargo.Se implica em viagens da família,o problema é
    deles,não meu.Eles que paguem suas despesas.Parem de fazer
    farra com o que não lhes pertence.

  57. Pavan disse:

    Boa tarde Kotscho.
    Pelo que entendi, voce acredita tanto quanto eu, que vai mudar alguma coisa no Congresso. DUVIDEODÓ.
    Podem até reduzir os gastos com passagens, mas com certeza vão arrumar outra coisa pra comprensar a redução, e certamente os gastos serão maiores ainda.
    Sensibilidade é coisa para Sensatos. Não é o caso de Políticos, salvo raras excessões.
    Quanto ao texto do Everaldo, Lamentável, mas é a realidade.
    Quando o Lula lançou o programa, pensei, por mais vontade que ele tenha, receio que acabe ficando só na vontade dêle.
    O Everaldo acaba de confirmar.

  58. Marcos disse:

    O povo sabe o que diz (pode até não saber votar). Mas a sabedoria popular diz que “lá no congresso é tudo igual”, que político “é tudo corrupto”. Um dia estava eu ouvindo a Voz do Brasil quando ouvi o Sen. Papaleo Paz (ou Paes?) a criticar o povo por avaliar tão mal o Congresso Nacional. Eu fiquei indignado quando ouvi e pensei: “imagina se o povo soubesse!”. Pois é… O povo começou a saber.

    O que será que aconteceria ” se gritar pega ladrão” em uma sessão plenária da Câmara ou do Senado?

  59. Mara disse:

    Kotscho,

    continuo mandando cada vez mais, inumeras mensagens para os congressistas diretamente para os seus e-mails no site da camara e do senado. Meu recado é contundente e expressa claramente minha indignação contra a farra do dinheiro público, Minha esperança é ver a renovação total da camara e do senado nas próximas eleições..

    Graças a internet, podemos agora facilmente materializar nossa voz , nosso pensamento e indignação..se cada um dos cidadaõs brasileiros que tenha um pc mandar e-mails para cada parlamentar , expressando a revolta e exigindo respeito
    e ética, podemos passar este congresso a limpo.. nas próximas eleições estes indignos e repulsivos “representantes” do povo, serão enxotados do congresso, com nosso voto.

    A pressão tem de ser imensa, na proxima terça Temer vai por em plenario a votação da normatização das passagens… a reação principalmente do baixo clero já começou, o deputado Silvio Costa de PE é um dos que está trabalhando contra a normatização das passagens , já mandei meu e-mail para ele.. estamos de olho!!!!

    Pobre dona Júlia, o pior é que esta situação é verdadeira, real.. porque o governo não adiciona os pequenos empreiteiros neste grande projeto???? temos tantas coisas erradas neste pais.. a politicagem é imensa, a corrupção está estabelecida.
    E o supremo quem diria… os ministros quase sairam no tapa… gostei de ver o Gilmar Mendes ser enfrentando, realmente algumas das suas atitudes são no mínimo lamentáveis.. para utilizar uma linguagem civilizada!!!!! abraços

  60. Vitruvius disse:

    Meu caro Kotscho, li e reli sua matéria, e gostaria de desabafar.

    Sou Arquiteto, registrei minha firma para emitir nota fiscal de serviços e para poder construir para terceiros. A carga tributária é altíssima. Eu, pobre mortal, quase autônomo, pois não tenho meios para pagar uma secretária (pois ja tenho que pagar aluguel, energia, água, contador, despesas de escritório, taxas bancárias) quase choro ao ver que trabalho após trabalho, minha conta no banco continua com os mesmos zeros.
    Porque? simplesmente porque não posso registrar minha empresa como micro. Porque? porque a área é de construção e não se enquadra.

    Compartilho da opinião do engenheiro ao qual entrevistou.
    Se o governo não me dá oportunidades de ganhar um salário digno (poderia ser um de deputado) ao qual amassei 5 anos de faculdade em período integral, mais 4 de especializações, fora os tempos de colégio. Se não tenho plano de saúde que preste público e tenho q pagar por um particular, com que intenção vou estender a mão ao governo???

    Não sou como nosso presidente que recebe 2 ou 3salários, de inválido aposentado, de presidente e de anistiado. Eu dependo de mim para conseguir correr atrás para ganhar o suado real das despesas do fim do mês, de conseguir fios e mais fios de cabelo branco para descobrir que amanha posso não ter clientes porque o crédito sumiu da praça.

    A cada dia que passa, minha situação financeira melhor e minha revolta também. Meu âmago de revolta e de aproximação e simpatização com terroristas me surpreende. As vezes me pego sonhando com uma notícia parecida como de um homem bomba dentro do congresso. A moralização, a corrupção e a burocracia travam nosso desenvolvimento e aumentam a lei do “jeitinho” que confesso, faço uso pois preciso trabalhar com o tempo, pois para mim ele é dinheiro, não recebo por mês, recebo por serviço. Os valores estão se invertendo, vai chegar um dia aonde veremos não um, mais vários grupos fazendo justiça com as próprias mãos, carros explodindo e gente sendo morta por motivos banais.

    Não vou me identificar pelo meu
    verdadeiro nome. Infelizmente na minha área
    isto rende um caminhão de portas fechadas.
    obrigado pelo espaço

  61. Vitruvius disse:

    Caro Alex,

    E vc acredita no Lula?Acredita na imprensa?
    Pq ela iria prejudicar ela mesmo? A crise foi fruto de algo
    que se chama capitalismo, simples.
    A curva do problema é muito mais profunda do que um simples
    boato. Burro de carroça tem viseira, a economia não.

  62. fungaba disse:

    A conclusão que se chega , é que os politicos brasileiros adoram ser paternalista com o seu curral eleitoral ,para ter sempre estes eleitores na mão, e dai com o poder nas mãos,da a migalha para os infelizes,e usufruem de tudo que tem direito e do que não tem.Estamos a um ano das eleições , e eis que surge , este plano,¨minha casa minha vida¨,olha so o tamanho do engodo,as filas para inscrição são enormes ,alguns são trambiqueiro,mas é claro a grande maioria ,realmente precisa desta casa .Agora concluindo: O que o povo precisa no duro mesmo é EMPREGO,digno, e não que nenhum pai da pátria ou futura mãe do PAC,(pátria),lhe dê esmola.

  63. Luiz Carlos disse:

    ..o que está acontecendo com o nosso congresso me faz pensar: porque não fechar o congresso por por alguns meses e marcar novas eleições Gerais ( mas sem a participação dos atuais congressistas que deverão ter seus direitos cassados “Ad Eternum” )?…..e as novas regras para os eleitos deverá ser regime CLT, igual a todos os direitos dos Trabalhadores do Brasil……que tal?

  64. Gilson disse:

    Caro KOTSCHO, tenho 72 anos de vida bem vividos e lhe falo francamente, jamais vi nada nem mesmo parecido com o que estamos vedo na atualidade, a respeito de “nossos” políticos que, de “servidores” públicos não têm nada. Lamentavelmente só vemos larápios, desonestos, criminosos e outros adjetivos que lhes possam caber. A propósito, veja quais são os nossos mandatários, a começar pelo presidente da república; quase sem exceção todos são ex-criminosos, ex-gureilheiros, ex-ladrões comuns e nada mais. O nosso próprio Ministro da Justiça é um dos piores. Aliás, todos os lugares pertencentes ao estado estão tomados por marginais, inclisive o nosso judiciário.
    É triste!!!… O que vai ser de nossos filhos e netos? Até um seu colega, que também criticava muito este governo, agora faz parte dele e é ministro. Que saudade (?) dos militares… Na época deles jamais teríamos esta farra que está ocorrendo no nosso congresso. Á isto aí… Parabéns pelo espaço. Abraços.

  65. Marcos disse:

    O congresso nacional é o maior inimigo desta nação. Vão acabar com a farra das passagens? Logo inventarão outra festinha pra recuperar o “prejuízo”. Já ouvi dizer que querem ganhar igual a ministro do STF. Se eles pelo menos tivessem a coragem e a ombridade do Ministro que não aceita ser capanga, talvez pudessem pleitear algo assim. Mas não têm e pelo visto nunca terão!

  66. A. SILVEIRA disse:

    Ontem eu assisti os pronunciamentos de alguns Senadores .
    É de causar espanto.( parara nao dizer outra coisa)
    Do Senador José Agripino – ” O Senado dá uma liçao de humildade, aprovando as leis que restringe e regulamentam o uso das passagens aéreas”.
    Do Senador Arthur Virgilio : – “A imprensa es exagerando na divulgaçao destes escandalos”.
    Do Senador Eptafio Cafeteira : – ” Presidente José Sarney , não dá para deixar uma brecha na lei para quando eu precisar fretar um avião para tratamento de saúde? ” Depois ainda continou dizendo que do jeito que a coisa vai logo vão receber vale transporte.
    Não vi o resto porque fiquei aturdido com que vi e ouvi.
    Isto me lembrou uma passagem da minha vida.
    Estando aposentado (mas não conseguindo viver somente com a aposentadoria) pensei em arrendar uma empresa que estava parada. Era em São Paulo e pertencia a um deputado que foi ate candidato a Governador de São Paulo.
    Fui conversar com o homem e conhecer a empresa por dentro.
    Na nossa entrevista indaguei por que uma empresa tão bem montada estava parada. Ele me respondeu que como era deputado, nao tinha mais tempo para gerencia-la. E quando deixou nas maos de empregados foi roubado. Como é tambem dono de uma emissora em Sao Paulo, contou-me que lá tambem sofreu roubo por parte dos empregados. E para meu espanto, pois não perguntei nada, disse que era dono do local
    onde se realizam as festas de Tradiçoes Nordestinas em Sao Paulo. Lá tambem foi roubado. Segundo ele, tinha um acordo com as pessoas que montavam as barracas de comes e bebes no local. Não cobrava aluguel dos barraqueiros mas ele seria o fornecedor exclusivo das bebidas para os barraqueiros. Disse que no começo funcionou bem , mas depois o consumo caiu, e segundo os barraqueiros era em virtude de ter diminuido a frequencia de pessoas no local. Aì gente ele todo indgnado, me disse : “Como caiu a frequencia ,se eu mandei construir um viaduto sobre a marginal do Tiete para facilitar o acesso das pessoas no local.”
    Não peguntei quanto ele gastou para fazer o tal viaduto.
    Tudo isto nos mostra que para eles as coisas são normais para os outros é roubo.
    Gente eu não inventei nada do que escrevi, so relatei o que vi e ouvi. Eu juro.
    Claro que nao arrendei a empresa.

  67. joluiz disse:

    minha casa minha vida ….bahh baahhh

    esse dinheiro todo vai cair na mão dos espertos de sempre
    gericados ou não.
    quem vai se divertir é a turma que fica acima
    dos R$5 ou R$7 mil reais que vai construir para depois explorar
    aluguel em cima dos pobres de sempre.

  68. solon disse:

    valeu joaquim

    gilmar mendes e um mala mala mala………………………….

  69. João Carlos disse:

    Caro Kotscho,

    Você não pode falar isso com o Lula? Será que ele nao faz alguma coisa?

  70. Cencinato disse:

    Olha eu aí denovo!
    Impossível ficar fora desse papo.
    Pessoal, se descobrirem algum planeta fora da orbita terrestre qe ofereça mordomias, esse pessoal do legislativo, com certeza, vai viajar pra lá.
    Por que escrevo isso? Acabei de ler que tem gente querendo reservar uma viagenzinha à lua, naqueles pacotes para turistas europeus.

  71. fungaba disse:

    R.Kotscho, você é sangue bom ,um dia escrevi aqui ,que você poderia captaniar nosso time ,porque és amigo do rei , mas é claro que não é bem assim ,na verdade tens como jornalista experiente ,a capacidade de perceber no ar, o que seus leitores,olha não confundir com eleitores,(cruz credo) , o que queremos dizer,e é isto que o diferencia dos outros colunistas .Estamos juntos nesta empreitada ,de mudar a mentalidade do pessoal la de Braisilia, e que deus nos ajude,Amen.

  72. Estou com 63 anos. Leio sobre politica desde a epoca de estudante. Não adianta mais criticar o que ai está. Temos que apresentar uma proposta nova, exequivel, viavel e passá-la a discutir na internet. Ignorando completamente os politicos. Quando essa proposta estiver pronta, começar a presão sobre o Congresso para uma Constituinte sem os politicos em mandato. Este para mim é o único caminho democrático. E fora da democracia não me aventuro.

  73. M.A.P disse:

    Prezado jornalista]
    Por falar em “suruba”; vôce conhece a piada ” Ô meu , vamô organiza aí!.

  74. MANOEL DIEGUES disse:

    Um coisa é fato, dentro desta orgia do congresso; é que as nadegas do bravo povo brasileiro estao um pouco doloridas,excelencias um pouco de vaselina por favor, a gente adora ser enganado,nao exagerem,a gente pode passar a ter memoria(coisa que o bravo povo brasileiro tem muito curta)Gabeira Ciro e por ai vai preparem a guilhotina isso aqui É terceiro mundo mesmo e Portugues pra escumlhamba de vez.Acorda povo vamos via internet vamos a s ruas .Nao permitam que suas filhas namorem com politico,nao cumprementem politicos da na hora do povo brasileiro criar vergonha na cara.To de sac… cheio.Fecha e abre um motel no lugar,pelo menos fica institucionalizada a orgia

  75. Felizolla disse:

    É incrivel o que os socialistas e comunistas estão fazendo com este País. O caso das passagens é apenas mais um artifício para comprar o voto dos deputados e senadores, é um DERIVAÇÃO do mensalão. A verdade é que cada homem tem seu preço, os pobres se vendem pelo bolsa família (maior de compra de votos do mundo), a classe média se vende na tentativa anual de sonegar o imposto de renda, os políticos por qualquer coisa. Infelizmente não há saída, a corrupção é estimulada pelo governo LULA, ela faz parte da forma de governar da esquerda populista.

  76. Facundo disse:

    BONAPARTISMO À VISTA!!!
    A quem interessa a desmoralização total do Congresso? A quem interessa a desmoralização do Judiciário? (acelerada agora pelo vergonhoso barraco armado pelo bate boca lumpen entre o chefe da STF e o Ministro Barbosa,algo impensável e inadmissível numa Corte Suprema de um país sério.Que, como sabemos,desde De Gaulle,não é o caso dessa republiqueta bananeira,essa cubata sulamericana,que um dia se chamou Brasil) Então,a quem interessa?Simples: ao Executivo blindado em seus escândalos muito mais graves que os do Congresso e os do Judiciário como um todo.Está em marcha a institucionalização do Bonapartismo.Qualquer dia desses vamos ver um decreto dando poderes totais ao Nosso(deles) Lider,para por seis meses,prorrogáveis por outro tanto,legislar sem o parlamento: Lulaleão Bonaparte,esse é o cara!Quem viver verá!

  77. Ana Luiza disse:

    Para Aldir das 12:56
    Gostaria muito de acreditar na psicografia do Divaldo…
    Perdi a esperança. Pessoas como essas, não só os políticos não, os gananciosos também, não vão começar reforma nenhuma. Só tem amor a eles próprios. Admiro a sua coragem de tentar mudar o coração de alguns; continue fazendo seu papel moralizador:

    “Um novo mundo só será possível se for baseado no amor, com os atos valendo mais do que as palavras, com entendimento e fraternidade, ” voce diz.. Bonitinho, isso.

    Quem vai liquidar o mal será o próprio mal! Você nunca ouviu falar de guerra de quadrilhas, traficantes, pais e mães deprimidos?
    As mulheres continuam a parir. As crianças recebem o que os pais podem dar, geralmente quase nada; mas mesmo quem tem fartura, conforto, dinheiro, também trafica, violenta e mata.

    Quando Deus deixar o mundo ficar sem a procriação, tudo vai mudar. Senão pelo amor, que seja pela dor e sangue.

    Ouvi de alguém que não me lembro quem, que Deus impedirá as plantas de nascerem: Sem plantas, sem comida! Assustador, né?
    E não precisa ser profeta pra advinhar qual vai ser o final.

    Tomara que Jesus e os divulgadores do Amor Imortal, estejam certos, para lavarem este chiqueiro em que se transformou o mundo. Mas a população cresce assustadoramente. A permissividade que impera, também gera gente. Vai ficar assim, até o planeta chegar ao seu final. Nunca teremos uma população humilde, temente a Deus e com o coração cheio de amor. O que poderia melhorar seria aparecer um outro NOÈ. O medo tem uma força bárbara.

    Desculpa se discordo daquilo em que você acredita. E se você der um sorriso, meia-boca, com pena desta ignorante espiritual,
    paciência. Se você estiver certo e o Noé vier, morro afogada.
    Ana Luiza

  78. ricardo kotscho disse:

    Ao leitor Marcos Soares, das 13:06,
    e aos demais que me pediram para encaminhar o relato do nosso colega Everaldo Alencar sobre a dona Maria Júlia e o programa “Minha Casa, Minha Vida”, publicado hoje no Balaio, ao presidente Lula. Já o fiz.
    Abraços,
    Ricardo Kotscho

  79. ricardo kotscho disse:

    À leitora Denise Leal, das 12:35,
    e aos demais que me cobraram um comentário sobre o entrevero entre os ministros Gilmar Mendes e Joaquim Barbosa no STF.
    Como não dá para tratar aqui no Balaio de todos os assuntos de destaque no dia, e preciso escolher algum para aprofundar, os próprios leitores se encarregam de fazê-lo.
    Pelos comentários enviados até agora, a maioria absoluta apoiou a posição de Joaquim Barbosa e fez críticas ao comportamento de Gilmar Mendes na presidência do tribunal.
    Faço minhas as palavras destes leitores.
    Abraços,
    Ricardo Kotscho

  80. ricardo kotscho disse:

    À leitora Helena R. Campos, das 12:18,
    e aos demais que me pediram a lista completa dos deputados que participaram da farra das passagens da Cãmara para dar a volta ao mundo com a família, recomendo uma visita ao blog do meu colega Ricardo Noblat ( http://www.oglobo.com.br), que ontem deu o serviço completo. Ainda não aprendi a fazer isto aqui no Balaio.
    Abraços,
    Ricardo Kotscho

  81. à Tatiane-15:29 hS
    Com licença, Ricardo.
    Tatiane, por favor transmita ao seu pai o Manoel Ferreira, meus sinceros parabéns, feliz aniversário, muitos e muitos anos de vida, Deus o abençõe ricamente, e também meus parabéns por ter uma filha que o ama muito.
    Odair e familia.

  82. Léo / BH disse:

    Boa tarde pessoal!

    Fiquei muito impressionado com toda esta matéria e resolvi fazer um pequeno comentário que deve ser um problema crônico em nosso maravilhoso ,rico e lindo país.

    Tudo que se refere a beneficiar ao pobre não funcionacomo:

    -Merenda escolar, são desviados uma grande quantidade.
    -Postos de Saúde e Escolas Públicas, não tem segurança suficiente para terem proficionais competentes e dar uma assistência descente.
    -Minha casa minha Vida, programa já falido antes mesmo de começar.
    E outras dezenas de situações neste aspecto.

    Pença-se que na bagunça generalizada do comando central da nação onde são três os poderes, um deles o congresso Nacional
    com sua reprensentatividade de interesses do povo, passa a maioria do tempo trabalhando em defender-se de condutas ilícitas de seus políticos, obviamente não estão trabalhando no que realmente estão lá para fazer.

    Não será proposital esta bagunça toda, para que continuem sem fazer nada para o povo e se beneficiarem cada vez mais.

    Porque tantos desvios do interesse popular?

    Porque estamos no avesso do nosso interesse?

    Fazer política neste país não precisa trabalhar é fazer política!

    A mentalidade está errada temos que mudar a situação e a hora é agora não dá para esperar mais.

    A incompetência é interessante pra quem?

    Para o povo te garanto que não é.

    Um abraço a todos os leitores e ao Ricardo Kotscho por nos dar a oportunidade de expressar-mos nossos pensamentos.

  83. THOMAZ disse:

    ” É PRECISO REAGIR AGORA” , dito pelo Dep. Michel Temer nas páginas amarelas da revista VEJA de 22/abril /2009Gostaria de saber em que sentido ? Para se safar dessa farra que envolve inclusive a e êle e,a família,amigos, compadres?. Engraçado é que na entrevista da VEJA as respostas de forma até de boa intenção, no entanto já no meio desta semana ou seja hoje , a opinião do Dep, Temer já não é mesma,pois diz que sofre uma pressão de TODOS OS PARLAMENTARES com a nova norma. Isto é, sem querer denunciou que, TODOS OS PARLAMENTARES SÃO FAVORÁVEIS A CONTINUÍSMO NAS FARRAS DE PASSAGENS E OUTRAS, QUE NÃO SABEMOS.O meu maior mêdo é quantas FARRAS ainda estão no porão?
    Em tempo, parabéns ao ser Everaldo Santos de Alencar,ótimo comentário da dona MARIA JULIA.

  84. Caro Ricardo Kotscho. É Grande a admiração que eu e amaioria dos leitores tem de sua pessoa. Os textos, embora simples, tocam o âmogo dos méritos das questões levantadas. É pois muito bom ler e comentar suas matérias.
    Mais importante ainda é o viés pedagógico, alguma coisa que cerca o texto que faz exsurgir em nós, o ânimo para agir! Fiquei pensando. Ora! Se existe uma lei [se a memória não falha], do tempo do Ministro Beltrão, que autoriza ao servidor público, autenticar os documentos, à vista dos originais apresentados, tal qual os notórios; se o projeto se insere no âmbito da meta do governo “COMBATE A FOME, A MISÉRIA E A EXCLUSÃO SOCIAL”; ainda que pelo cartório, uma lei dos anos 50/60, não me lembro o nº, assegura aos hipossificientes a isenção de todas as custas possíveis e imaginárias; Ainda que o cartório faça ouvido de mercador, a Defensoria Pública pode e deve ser acionada tanto para as ações judiciais quanto as extra-judiciais, como é o caso.
    De minha parte, vou pesquisar quanto a legislação, preparar um texto e encaminhá-lo à Presidência da República, Ao Ministério das Cidades, aos pres. da Câmara e Senado, às autoridades responsáveis pelo Programa Fome Zero e outras, mostrando o problema e solicitando uma resposta resolutiva. Não se pode ter por razoável que órgãos da própria União pratique a injustiça e pior, desrespeite a lei federal e até a CF/88.
    Não conheço a procedência da necessidade da tal “GERIC”, ma suponho que seja originária da CEF. Aí, ao simples do povo como eu, me vejo obrigado a acreditar na importância do GERIC, ao mesmo tempo se afigurar uma alternativa, legal, producente e capaz de liquidar a possível necessidade da tal GERIC – a temerosidade da CEF em relação à capacidade técnica, gerencial e outros requisitos. A solução pode ser encontrada junto às universidades públicas e o CREA, por convênios para a garantia do cumprimento das normas técnicas, qualidade, etc.
    O conjunto das universidades é o célebro da nação e o CREA, por seus engenheiros, o órgão encarregado da garantia da qualidade e outros requisitos relativos as obras civis.
    Um e outro são beneficiários do Tesouro, por um lado e por outro, as finalidades do programa “Minha Casa, Minha Vida”, são de importância capital, nesse momento crucial em que se encontra a economia. [gerar 3.5 milhões de empregos e cumprir a Constituição Federal e a meta do governo.
    Se o município não dispuser de terrenos, que se indague ao Poder Judiciário, quanto à exitência de legados ou apropriações por falecimento de cidadãos sem herdeiros; por doação do Estado ou pela União e, por fim, por desapropriação direta, com o pagamento à argo Da União. Soluções existem e muitas, o que precisa é apenas praticálas.

    NÓS – OS COMENTARISTAS, PODEMOS COPIAR E COLAR O TEXTO DO RICARDO E ENVIAR PARA AS AUTORIDADES ENVOLVIDAS. QUEM SABE APAREÇA A SOLUÇÃO E NOSSA REPRESENTANTE – D. MARIA JULIA RECEBA SUA CASA BREVEMENTE.

  85. Ademário disse:

    Prezado Ricardo,
    Por favor, poste a reportagem sobre a Maria Julia como uma matéria independente, em um post próprio. Como você mesmo observou, é uma reportagem linda e comovente e merece o destaque que lhe é devido.
    Abraços,

  86. rita cardoso disse:

    Pelo amor de Deus gente, vamos pegar milhoes de assinaturas para mudar essas regras. Nós o povo podemos. Não vamos ficar somente criticando e olhando e reclamando. Vamos à luta. Estou à disposição para começarmos. Não começo, pois não sei como…Eu, e mais milhares de pessoas participarão com certeza de passeatas, panelaços, plebicitos, seja lá o que for , pra acabar com essa sujeira toda. VAMOS COMEÇAR…..

  87. estevo disse:

    MALDITA DEMOCRACÍA(DO BRASIL) POR MUITO MENOS COSTA E SILVA BAIXOU O AI5 QUE ENTRE OUTRAS COISAS CONFISCAVA OS BENS E PRENDIA POR ENRIQUECIMENTO ILÍCITO POLITICOS E FUNCIONARIOS PÚBLICOS.
    CADE O PRESIDENTE QUE NÃO FAZ NADA.

  88. wprado disse:

    sr Ricardo e amigos internautas, me considero muito politizado porem nao aceito mais ser tratado como merda por esses vermes e fascinoras.nao consigo entender pra que servem tantos deputados estadual e federal, tantos acessores e senadores normalmente de passado muito duvidoso estao “dirigindo” os distinos do nosso pais como se fossem eles verdadeiros cafetoes. EU DIGO NAO AO VOTO. NEM PRA RENOVAR DA MAIS, POIS ELES SAEM E COLOCAM FANTOCHES.

  89. Facundo disse:

    18 DE BRUMÁRIO
    Caro Ricardo Kotscho
    Estamos às vésperas de um 18 de Brumário: a alta burguesia financeira,industrial e agro-exportadora,geradora e mantenedora do tsunami de denúncias contra o Congresso(o Executivo,claro, segue blindado) e a desqualificação do Judiciário(Gilmar Mendes,por qué no te callas!)),através da manipulação da corrupta imprensa golpista,aplaina e prepara o golpe bonapartista,sob a surrada e sempre eficiente alegação de “salvação das instituições democráticas”.Atenção: Isso não é teoria da conspiração!É algo muito sério. Já aconteceu e não foi só em 1799.FIQUE ESPERTO…

  90. Wagner disse:

    FECHAMENTO DO CONGRESSO JÁ – E COM BARRAS DE FERRO P/ QUE NENHUM SAIA ANTES DE SER INVESTIGADO – ESSE PULHAS ACHAM QUE LÁ ESTÃO PARA NOS PRESTAR SERVIÇO – QUE ESTÃO NOS FAZENDO UM FAVOR -NÃO TEM NEM O DESCARAMENTO QUE LHES É PECULIAR DE ASSUMIREM QUE SE CANDIDATARAM – E – DESGRAÇADAMENTE ELEITOS, POR QUE QUIZERAM – NOS FARIAM UM GRANDE FAVOR SE RENUNCIASSEM – GOSTARIA DE VER TODAS AS CADEIRAS VAZIAS, POIS AÍ SIM É QUE ESTARIAM SENDO ÚTEIS.

  91. Zé Brasil disse:

    Os índios criaram uma delegacia de polícia na sua aldeia à reboque do Poder Judiciário e do Estado. Será que a proxima etapa será eleger um presidente? Hum, hum, que sono….

  92. SERGIO Q Albuquerque Jr disse:

    Pois é, não sei o que pensam os nossos legisladores, se é que podemos chamar estes assim.
    Se, numa empresa, um alto executivo, ganha 16.000,00, no máximo, ele tem um carro sem motorista, uma premiacao anual, e, se ele morar longe de sua casa, terá uma ajuda de custo proporcional, de resto, não tem ajuda terno, ajuda escritório em sua cidade de origem, passagens ao Deus dará, é tudo comedido, e, ele, provavalmente será responsável por um faturamento superior a 1milhao de reais por mes, e, ai dele se não apresentar este retorno, é demitido.
    E nossos parlamentares, o que dão para a sociedade? porque tantas benesses, porque nao trabalham com ponto, de segunda a sexta, como a própria lei manda? porque nao prestam conta do seu valor à sociedade? sabe porque, porque eles nao tem valor e nao tem como nos informar isto, ou seja, é um absurdo total isto.
    Tem que ser assim:
    salário de 16.000,00
    um secretário: no máximo ganhando 3.500,00 e a sala para atuar, no máximo, o apartamento funcional, que já está construido mesmo, agora, sermos como os súditos e nobres nem tao nobres da época de Dom JOão VI, nào está com nada nao, pois lá que começou a robalheira, e se estende até os dias de hoje.
    Um absurdo total o que vivemos, política virou apenas um meio de enriquecer em 4 anos, DÁ ATÉ LIVRO: FIQUE MILIONÁRIO EM 48 MESES……e ainda se aposente antes do tempo…

  93. RONALDO KOTSCHO disse:

    E OS MINISTROS DO SUPREMO?.HAHAHAHA
    BRASIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIL

    E A MAROLA JÁ PASSOU?HAHAHAHA

  94. Nicola disse:

    Acredito que a reação popular não toma as ruas como no tempo do collor porque naquela época existia um partido em que o povo ainda acreditava e que carreava a comoção popular, que era o PT. Como nos dias de hoje os membros do PT também fazem parte da orgia que usurpa o dinheiro do coitado do povo, não existe mais ninguem para organizar e carrear para as ruas a indignação popular. O PSOL é pequeno e incapaz desta tarefa. Não tenham duvida que se os acontecimentos de hoje ocorressem naquela época em que o PT ainda tinha credibilidade e capacidade de mobilização popular, a coisa não ficaria branda como agora.

  95. Boa noite minha gente!

    Olha! O baláio hoje está “supímpa” estou até emocionado com os diversos comentários…a maioría participando em altíssimo nível.
    Estamos nos transformando em uma grande família.

    Bem…em primeiro lugar gostaría de mandar pro nosso querído Manoel Ferreira, o (mané veínho) ou o (tio maneco) como é conhecído também, as maióres felicitações que puder.
    Manoel Ferreira, sua filha a Tatiane das 15:29 é uma doçura de criatura, sabendo de seu aprêço por esse espaço, e vindo aqui nos comunicar sobre seu aniversario.
    Meus sinceros parabéns…e muitas felicidades…voce sabe como te admiro, não é mesmo? Olha só voce é só dois dias mais véio que eu (em dias) é lógico…eu fiz á dois dias atrás! rsrsrsrs

    Minha cara Eliane das 12:32, eu lí aqui muitos amigos comentando sobre o caso da Da María, e citando outras Marías e Josés por esse grande país que se encontram em situações semelhantes.
    Bem…eu pensei no que voce escreveu, e cheguei a conclusão de que voce está certa.
    Exístem boas idéias, boas intenções, eu concordo, mas nesse caso eu também acho que devería haver um estudo por parte da equípe presidencial no sentído de levantar essa questão ANTES do problema começar a aparecer.
    O que vemos agora é a imagem do presidente Lula sendo enaltecída, e os MECANÍSMOS abaixo do executívo, (se bem que ligados a ele) em discordância.

    Sería a estratégia criar uma polêmica…um debate?
    Eu não sei! Apenas sei que brincar com milhões de brasileiros como essa dona María Júlia, fazendo-a acreditar mais uma vez que agora sim…as coisas poderíam funcionar, é para mim um ENORME DESRESPEITO.

    Me desculpem…eu tenho até apreciado a atitúde do presidente nesses ultimos dias, mas agora se isso for assim mesmo, a pisada na bola foi feia.

    Esses “detalhes” que o nosso amigo Everaldo demonstrou no seu texto deveríam sim…ter sido observados bem antes do PACOTE ter sído lançado.

    Talvez tenham mandado a cavalaría por entre os rochêdos onde se encontra oculta a artilharía…uma estratégia suiçída, e com vultuosos desperdícios.
    Se for isso mesmo…se esse programa tão esperado PARAR justamente por esses detalhes que poderíam ser ao menos estudados, e os empeçílhos minimizados (eu espero que não) mas tudo indica que o executívo deu um “tiro na água”

    Bem…espero que eu esteja errado…

    Raphael García das 11:39

    Muito bom o teu blog.
    Apesar de que eu ví sua quase infindável lísta de blogs que acompanha, não deixe a gente aqui não hein?
    E volte a ter esperanças…voce é muito novo ainda.
    Como dizia um amigo caminhoneiro meu…”O começo é difícil…depois a gente acostuma” rsrsrs.

    Quero mandar aqui também um abraço em Dona Vera que tem participado bastante com a gente, as vezes pessoalmente, e as vezes atravéz de suas netas a Ana Luíza que hoje apareceu explêndidamente as 17:18, e sua prima Blenda…todas já fazem parte da turma do “boteco do balaio”

    Para quem quiser dar um pulinho lá é só (por enquanto) digitar no google “boteco do balaio” e se gostar pode se inscrever.

    Um grande abraço em todo mundo…

    Sr Presidente…dá uma lída com carinho nesse texto do seu grande admirador Everaldo.
    O Homi é teu fâ!!!!

    Robson de Oliveira nosbornar@ig.com.br

  96. daniel stupp disse:

    Meu caro Ministro BARBOSA, permita-me esta tratativa, pois é assim , que enxergo Vossa Excelencia brigando a favor das milhares de Julias deste País.

  97. Lucas Durand disse:

    Se reclamam que os salários são inferiores a de outros países, deveriam copiar também as penalidades desses países para quem usa mal o dinheiro público. Lá, vão para a cadeia, pode ser famoso ou não! Um dos escolhidos pelo Mr. Obama, não pode assumir não pagar direitos trabalhistas a uma babá, o valor não chegava a 1.000,00 reais. ( uns 300 e poucos dólares). E não temos que copiar salários de outros paises não, temos que viver nossa realidade. Diminuir pela metade os congressistas, só isso já ajudaria e muito se o dinheiro fosse realmente enviado para a Saúde. Vi na Tv um prefeito do interior reclamando da crise e da lei de responsabilidade fiscal, dizendo que só podia gastar com a administração 65% do que o município arrecada! Ora, sobra apenas 35% para obras… DEVERIA SER O CONTRÁRIO! DEVERIAM GASTAR NO MÁXIMO UNS 20% OU 30% na administração e o resto na cidade. Temos que diminuir os partidos políticos, no Brasil não há partidos políticos, há TENDÊNCIAS POLÍTICAS, uns cinco partidos estaria de bom tamanho.

  98. FRANCISCO MARTINS BENVINDO disse:

    Ricardo Kotscho, boa tarde/noite: li a matéria sobre o drama habitacional vivido pela Sra Maria Júlia. Sensibilizei-me também com a atitude do engenheiro paraibano que reside em Aparecida de Goiânia -GO. Apesar dos discursos populisas, os agentes econômicos, por sua livre ação, não encontram meios de resolver os problemas sociais agudos, porque isso contraria a busca do lucro. Nesse programa lançado pelo Governo Federal, parece que o ponto crítico é inexistência do lote disponível. Então, quero participar da solução de moradia para essa viuva de pedreiro, construtor de inúmeras residências e que, no entanto, não conseguiu uma casa própria para sua família. Possuo um lote de 360m2 ,escriturado, situado na rua Apinagés, quadra 18, lote 19 -Parque Hayala, no municipio de Aparecida de Goiânia-GO. Paguei o IPTU de 2009 no valdor de R$ 119,00. Estou disposto a doá-lo à dona Maria Júlia, para que ela possa construir nele a sua moradia. E com a ajuda do Engenheiro e do Arquiteto e outros colaboradores, creio que será possível chegar-se a esse sonho. Resido em Brasília, na Asa Norte. Meu e-mail: zaben@uol.com.br.
    Aguardo contatos dessas pessoas para dar sequência a essa proposta. Até breve. Francisco Martins Benvindo.

  99. glaucia hellena Cavalcante disse:

    Acredito que esta sendo muito dolorido para toda população brasileira constatar a irresponsabilidade e a pobreza de valôres éticos, princípios, comprometimento com o brasil e seu povo dos nossos representantes no congresso nacional. São verdadeiros irresponsáveis, cínicos e subdesenvolvidos! Neste pais existem quarenta e tres milhôes de trabalhadores, pensionista e aposentados que recebem salário mínimo além de milhôes que no meio rural sobrevivendo com menos e estes senhores com privilégio de uma de “cento e dois mil reais mensais”. Isto é uma afronta a nossa Carta Magna, que é ignorada por esses colegiais provincianos, que parecem não saber o papel que têm o Congresso Nacional. É revoltante também a nossa pacividade diante de tamanho vexame.

  100. divaldo disse:

    Caro Kotscho, eu estava ansioso para ler o seu comentário sobre a farra do dinheiro do povo.
    Para minha surpresa você foi como sempre, acima das espectativas e transpareceu uma notícia que eu tinha visto na TV àcerca do programa Minha casa, minha vida.
    Quando vi as poucas pinceladas sobre o projeto, ficava pensando como se pode financiar uma casa para pessoas de baixo poder aquisitivo?
    Meu cérebro não aceitava este tipo de coisa, acostumado a ver financiamentos só para pessoas com ótimos salários.
    Outra coisa, do oportunismo dos considerados elites que estão aproveitando até de projetos semelhantes.
    Mais uma ainda; nunca acreditei que empresários fossem financiar para classe de pobres, ainda mais com riscos de não verem seu lucro retornar em tempo pré estabelecido.
    E sobre a lucratividade, nem pensar,,,não é?
    Para eles, pequeno lucro é como trocar seis por meia dúzia.
    Então eu suspeitava de que este projeto do governo Lula não ia além da propalada notícia, e olha, mesmo com a garantia do governo federal.
    Sobre a farra do dinheiro do povo, o sinônimo correto é mesmo uma SURUBA.
    Nada mais adequado.

    Um abraço e muito agradecido pela oportunidade.

  101. Helcías de Magalhães Porto disse:

    Gostaria de saber manifestar toda a minha indignação com esta lama que inunda os tres poderes, mas fico de alma lavada lendo o que gostaria de saber escrever, quem sabe o farei em breve.

  102. G S BEZERRA disse:

    No ordenamento jurídico brasileiro, se encontrarão mecanismos legais para tudo que o governante competente queira fazer para pôr fim à bandalheira. O entrave reside no fato do governante não reunir condição moral para tanto. Tirando as épocas dos golpes de 30 e de 64, não se tem conhecimento de intervenção do ente maior no menor para pôr ordem. Isto é: União, nos Estados e estes nos Municípios, nos casos previstos em Lei. Tais casos estão presentes em muitos Estados e Municípios. Por exemplo, o Estado do Pará, de há muito já vem passando de necessidade de intervenção federal. De outro lado, decretação de Estado de Sítio, por exemplo, em alguns pontos do Pais, é de evidente necessidade, notadamente nas regiões das favelas brasileiras. Leis que precisam serem reformadas, como o Código de Processo Penal, é imperante. Neste ítem, veja o caso do crime de porte de arma: sujeito mata alguém com arma de fogo e só será julgado pelo porte de arma ilegal, quando do julgamento do crime de homicídio. Ora, o primeiro crime, de logo constatado, fica à espera de condenação do crime de homicídio que, em sendo o acusado absolvido e/ou julgado por improcedência, o crime do porte de arma ilegal vaí para o princípio de que o acessório segue o principal. Veja que uma simples mudança no Código, poderá acabar com expressiva parte da impunidade. Como? Julgado logo o sujeito pelo porte de arma ilegal e condenado, irá para a cadeia por este crime e lá ficará esperando pelo julgamento do crime de homicídio. Assim, de logo, sairiam das ruas os homicidas que estão à espera de julgamento. Pôr ordem no Brasil é fácil.

  103. João Plenário disse:

    Quem mandou voces votarem em nós? Agora chupa que é de uva. Ah ja estou de viagem marcada, vou levar meu filho pra Disney, minha mulher pra fazer compras em Miami e eu vou dar uma chegadinha em Las Vegas. Adivinha quem vai pagar?

  104. LEÔNIDAS COELHO GONZAGA disse:

    Éta Democracia… Democracia é isto. Voto pra esses malditos politicos me representar (dizem que são os representtantes dos interesses do eleitor) mas o que tenho em troca são impostos e obrigações, falta de tudo que tenho direito . E, para eles a mordomia corre solta em todos os sentidos. Tem cabimento um governador receber aposentadoria por um pequeno tempo dedicado ao serviço público e mais: verba para terno, verba pra moradia, verba para passagens e até para funeral ? E não adianta dizer que voto resolveria o problema engano: sou aposentado com 72 anos sempre cumprí com meu dever de cidadão (obrigação) e enfim sou um eleitor idiota que os poiticos usam e abusam . Graças à imprensa ainda tomamos conhecimento destas bandalheiras. Viva os Jornalistas,,,

  105. Samuel disse:

    Claro que não vão colocar ordem na suruba. Alias o Temer até vai colocar em votação no plenario as regras da mudança. Como se uma simples medida administrativa dependesse de debate, e coisa ética e honesta fosse.
    Diógenes, hoje, com sua lampada a oleo, procuraria por todo o Congresso um homem honesto e não encontraria.
    Se gritar pega ladão… não fica um meu irmão!
    Minha casa meu sonho é outra coisa que, se for mantida do modo em que foi lançada, só beneficiará quem não precisa. Tá assim de gente querendo tirar proveito da coisa, não tem ninguem preocupado com a moradia do pobre e com a criação de empregos. A burocracia já venceu a esperança.
    Com razão, ninguem quer pensar micro; só tem tubarão querendo levar a sardinha.
    “A nossa aristocracia é burocratica: não se compõe somente de funcionários públicos; mas essa classe forma a sua base, à qual se adere, por aliança ou dependência, toda camada superior da sociedade brasileira.
    “Para o desenvolvimento espantoso que tem esse corpo oficial entre nós, não concorre, como pensam, o numero dos empregos; sim a tendencia absorvente da administração a par da falta de iniciativa popular.”
    Entre a carreira politica e os interessados serve o Estado como despenseiro de recursos, para o jogo interno da troca de vantagens.
    O poder é o poder, o povo uma mera ficção.
    “No Brasil a burocracia não é ainda o povo brasileiro; como outrora em Roma o patrocinado foi o povo romano. Mas tem o arbitrio de fazer e desfazer das massas que habitam o Império uma nação artificial (José de Alencar – Ao correr da pena, Rio, Aguilar, 1960).
    “O governo tudo sabe, administra e provê.
    Ele faz a opinião, distribui a riqueza e qualifica os opulentos.
    O súdito, turvado com a rocha que lhe rouba o sol e as iniciativas, tudo espera da administração pública, nas suas dificuldades grandes e pequenas, confiando, nas horas de agonia, no milagre saído das Câmaras, do paço ou dos ministérios.
    Bentinho, condenado ao seminário e ao jejum dos olhos de Capitu, sonha que o imperador desligará a promessa da mãe e selará o noivado.” (Obra citada)

    Desculpe Cidadão K, se o aborreço.
    É nosso passado, é nosso presente.
    Depende do momento se será nosso futuro.

    Um exemplo claro nesta semana. Sairá uma nova lei para os registros de nascimento. As certidões serão unificadas em um só modelo no Brasil.
    Que atraso.
    Para adquirir cidadania o primeiro passo é ser reconhecido pelo Estado: tirar um documento.
    Mas esta função é cartorial, alguém, ligado ao Poder, vai ganhar dinheiro para vender a voce um documento de cidadania.
    E estabelecerá regras: atestado médico, duas testemunhas, certidão de casamento ou outro documento.
    Cobrará um preço, que nem todos podem pagar.
    Existe uma lei de isenção, que não é cumprida.
    Se insistir, se ameaçar buscar o judiciário, registram, mas é só; pra ter uma via do documento vai ter que pagar. Porque a obrigação legal é registrar, não dar um documento de comprovação.
    O máximo que fazem é dar um documento com o nome, a data do nascimento e o livro onde o deserdado foi registrado.

    Tem coisa pior do que isso; e vigora a séculos.

    Então, aquela senhora que sonha com a casa propra, vai ter que ter documento, segunda via, firma reconhecida (outra idiotice brasileira, feita pra dar dinheiro a cartorario), e outras babaquices pra dificultar a vida do cidadão.

    Por hoje é só, um abraço RK, que tão me chamando pela campainha…

  106. Lano Silva disse:

    Indignação, raiva, nojo, impotência..sentimentos em relação a essa canalhada do Congresso. Fechamos e tá fechado ! Democaracia??? Onde??? Contribuimos para dar boa vida a esses bandidos e suas corjas. Chega ! Golpe sim, dos cidadões. Prebiscito…voz do povo. E essa Caixa Economica federal? O governo faz programa habitacional, vem na midia, propaganda (uma grana)…mas quem resolve é o “gerente’. E sempre colocando obstáculos….é na renda, no “oleriti”… “tem de reconhecer firma”…apresentar certidão de vida, de morte, de localização…mesmo que não precise…ele pede. Manda prender, manda soltar. Só libera se for correntista e tiver saldo nas “aplicações”. O pobre sai da agência humilhado.
    Um dia essa gente vai se rebelar. Espera pra ver.

  107. Marcos de Queiroz disse:

    Dá nojo ler diariamente nos jornais e na internet sobre os abusos dos nossos ditos deputados e senadores…..com esta corja de ladroes e salafrarios que existe em Brasilia, dá ate vergonha de ser brasileiro….E o pior de tudo é que nao podemos nem reclamar pro bispo.

  108. Fernando Augusto disse:

    Ricardo não entendi, estás deixando passar o assunto do dia sem uma abordagem, Gilmar x Joaquim Barbosa.
    A atitude do ministro Joaquim Barbosa merece um comentário seu.
    Aguardo um texto com aquela análise crítica, que só vc sabe fazer.

  109. João Baptista Neto disse:

    Sr. Ricardo,boa noite! Hoje conheci o seu blog, PERFEITO! Gostei bastante de tudo o que li,até agora! Estou assistindo o Jornal Nacional que à cada noite,me decepciona mais! Política nunca me chamou atenção mas sei que ela é importante,infelizmente! Quanto àos políticos, não merecem nem o meu(desculpe!) VÔMITO! Tendo lá trabalhado, imagino o tanto que o senhor tenha presenciado,não? Tenho 64 anos e nunca me senti tão decepcionado,como agora! Na Presidencia Geisel foi a última vez que votei! De lá para cá ANULO meus votos, sem sombra de arrependimento! Voto só porque sou obrigado,infelizmente! Fonei para o Cartório Eleitoral para me informar até quando teria que votar e INFELIZMENTE,será até os 75 anos! Mas,tudo bem, fazer o quê,não é mesmo? Sr Ricardo,continue pois, seus textos muito realistas e verdadeiros, são um colirio para a alma! Muitas felicidades e um beijo no seu coração!

  110. Giuliano disse:

    Kotscho,

    parabéns pela iniciativa de enviar o texto ao nosso presidente. E parabéns pelo trabalho e pelo espaço.

    Cheguei até aqui por causa do nosso São Paulo, em algum dos links do IG falando sobre futebol, e virei fã do blog.

    Com relação ao Lula… infelizmente não creio que ele vá ler esse texto. Porém, mantenha-nos informados sobre eventuais respostas por parte dele.

    Abraço

    Giuliano

  111. RONALDO KOTSCHO disse:

    Em tempo. E o Genuino? É verdade que o nosso símbolo da honestidade, também esta nessa orgia das passagens?

  112. everaldo disse:

    Caros Ricardo, caros amigos Balaieiros

    Fiquei feliz, ao ver que o meu pequeno texto, mais que o texto, a pura realidade que nele relato, sensibilizou todos voces.
    O Ricardo, muito inteligentemente, o colocou junto a outro por ele escrito, para que as mazelas praticadas por este bando de vagabundos, tomasse uma dimensão, pelo menos aqui, ainda
    maior.
    Alguns sugerem, que o Ricardo volte a destacar o tema abordado em um post próprio, eu concordo, e não só este, poderemos, entre aqueles posts-recreios, que ele como ninguém, sabe escrever, abordar-mos, assuntos de interesse prático de nossa humilde gente, de nossas donas Marias Julias, pois os afortunados teem os Gilmares Mendes, para cuidar deles.

    Já disse uma vez, que nós que padecemos da Síndrome do Cristo Crucificado, pagamos um alto preço para entrar no paraíso.

  113. Antonio Lafayette Salles disse:

    Ricardo,
    por experiencia propria, faço minhas as palavras do engenheiro e concordo com seu comentário: Infelizmente o programa Minha casa, minha vida é inexequivel

  114. marc kavangoo disse:

    muito me orgulha saber que há HOMENS íntegros e sérios,fazendo parte de um dos poderes dessa nação ! o Ex.mo Sr.Mininstro Joaquim Barbosa Sobrinho !!! é uma pena que ele com a força de 160 milhões de brasileiros..e numa hora crucial,o nosso Presidente Lula saia dos “bastidores”pra acariciar o pivô dessa”crise” ! crise ???! não há crise !!! assim disse nosso presidente Lula. em alguns episódios de igual relevância,o presidente Lula ficou a espreita,mas,agora decidiu se expressar em favor do dono da “casa”,lamentável ! na mídia ??? ! agora só falta a defesa do Ministro (trapalhão) da justiça : Tarso Genro.

    abraços

  115. everaldo disse:

    FRANCISCO MARTINS BENVINDO 20:04

    Sabe Francisco !? Porque o seu comentário, me trouxe lágrimas, nos olhos ? Voce colocou o seu lote, a disposição de dona Maria, e o Deputado Federal, que discursou lá na reunião, um dos homens mais ricos de nossa cidade, dono de milhares de lotes aqui, tendo 800, em perfeitas condições de atender as donas Marias, nem tocou nos mesmos, Não era pra dar não! Pois o programa paga o lote!

    Vou entrar em contato com você, como você mora perto, venha qualquer dia almoçar em minha casa. Pois vamos colocar, não só uma Maria Julia, mais quatro Marias Júlias em seu lote. È só eles acabarem com esta peste deste GERIC.

    Como é que pode, as donas Marias Julias, tendo um presidente como o LULA, perderem uma oportunidade desta, por causa de uma porra de GERIC, por causa de um monte de rola-bostas que não estão nem aí pra elas.
    !

  116. willians disse:

    Prezado bloguista e amigos. Gostaria de deixar uma pergunta sobre algo que tenho visto aqui e em outros blogs. Muitos comentaristas justificando sua indignação com toda essa farra, chamada pertinentemente aqui de suruba, nome bem apropriado visto o emaranhado em que se transformou as ações de despesas e as justificativas dos parlamentares. E é sobre isso minha pergunta. Usaram da afirmação que políticos brasileiros ganham menos do que em outros países. E parece que todos acreditam nisso, Pois bem, em visita ao site Transparencia Brasil, verifiquei que lá, não é bem assim, muito pelo contrário. Pergunta: quem é que está certo?

  117. pabblo silva disse:

    A gente começa a se questionar sobre as origens dos problemas brasileiros e se você não for uma pessoa otimista acaba por imaginar que somos o fruto podre das civilizações .

    Não estou querendo universalizar o pensamento brasileiro, mas encruztraram na alma das pessoas imagens lúdicas do tipo: Deus é brasileiro, a mulher brasileira é a mais linda do mundo, o jeitinho brasileiro é insuperável, além daquela história de que aqui pobre é de direita e puta goza, tudo isso fortemente ligado ao dito popular.

    Rico nesse país é mais protegido pelo estado do que os pobres , e mesmo assim quem tem grana chia de qualquer medida visando distribuição de renda ou subsídios.
    Acreditam na livre competição entre seus filhos, desde que as condições iniciais sempre estejam a seu favor.
    Isso é o que preenche as universidades, competição justa, como dizem
    Linhas de crédito habitacionais justas, vindas dos montantes do fgts financiando a juros módicos propriedades de R$500.000,00
    E gritam contra projetos de renda minima por exemplo.Como se no final tudo não voltasse em forma de arrecadação. Alegam que aumentará o consumo de cachaça, ou seria isso apenas uma urgência de pessoas preocupadas com a saúde pública?

    Então o que fazer com todos aqueles participantes dos regimes militares e totalitários do pensamento, dos caretas de todas as eras, dos crentes ao descaso, nos cientistas do fracasso, com as famílias viciadas no inescrúpulo, com as almas penadas do congresso, nas farsas da mídia, das empresas que herdaram o fluxo escravagista, no lobby tabagista, nas associações diversas que talvez por impotência visam o poder, em todos os remédios liberados pela ans por mera análise mercadológica, e por aí vai, o que faremos com aqueles que querem proliferar o fracasso, a ineficiência, a não-resolução dos problemas?

    Vamos impor?Mandar?Criar normas e mais normas, leis em cima de leis a serem interpretadas por juizes brigões?
    Parte da população trata a outra parte como animal, como incapazes, burros, medíocres, uma massa, um resíduo, algo a ser enganado, e quanto mais descaradamente melhor, quanto mais evidente a mentira, a humilhação, o roubo, os comandos, as ordens, melhor. Parte da população ignora qualquer mudança na sociedade que traga melhora nas condições de vida de muitos a uma diminuição leve do lucro. Aliás, redução de lucros é quase um diálogo de filme porno colocado na história de algum santo, por assim dizer.

    Persistem os mandos e desmandos que nada tem haver com a necessidade de ordem.
    Quantos de nós precisariam de sinaleiros para saber de quem é a passagem no transito? Não é a mesma lógica das rótulas?
    A lei para mim é apenas um referencial, para alguns é uma ordem, para outros não existe, e para tantos é a ferramenta a ser manipulada a seu bel prazer. Alguém vai querer dizer que esse pensamento é anarquista. Que alguns são civilizados mas a maioria não é. Ou que na realidade a maioria não tem a mínima idéia do que tem do outro lado.

  118. Samuel disse:

    Teve sorte RK que tocou a campainha, eu já tinha perdido a meada do comentário e nem sei mais o que dizia, estava apenas me alongando num papo furado.
    Recebi a visita do meu amigo Jorge, com noticias sobre a saude dele. Gostei.
    Hoje é dia de São Jorge, de cuja proteção necessitamos.
    Dai lembrei invocar o nome do Santo, (cassado apenas no Vaticano e vivo na memoria popular), para nossa proteção:
    Historia da minha infancia – da tua tb:
    São Jorge, cavalheiro, levantou de manha cedo em jejum.
    Vestido de pena balofa, bateu tres vezes na porta de São Gabriel, tres vezes ajoelhou.
    Respondeu Sao Gabriel:
    ___ que queres Jorge?
    ___ quero que vos me de um, dois, tres camaradas armados para vencer uma batalha forte.
    ___ Tá dado Jorge. O inimigo que contra tu vier, se olhos tiver, não te enxergará. Se tiver pernas, não te alcançara; se tiver braços não te agarrará. Se tiver arma de fogo, pelo ouvido chorará. Assim como Nossa Senhora chorou o sofrimento do seu filho, Jesus Cristo, Nosso Senhor.
    Se tiver pau quebrará. assim como São Jose quebrou o gravetinho para fazer o berço do Menino Jesus. Se tiver ferro envergará, assim como a sagrada familia dobrou para beber a agua do rio Jordão.
    Em nome do Pai, do Filho e do Espirito Santo, para minha proteção, dos meus amigos e da minha familia. Assim seja…

    Quem sabe neste dia especial o Santo não ajuda a turma do Congresso criar juizo…

    Um abraço RK, durma bem…

  119. everaldo disse:

    Lano Silva 21:05

    “E essa Caixa Economica federal? O governo faz programa habitacional, vem na midia, propaganda (uma grana)…mas quem resolve é o “gerente’.”

    Disse tudo, meu irmão.
    Aqueles neurologistas deveriam, começar uma pesquisa para sabermos porque, “gerentes” detestam tanto pobres. Que transtorno é este ? E a mania de GERIC ? Voce começa a conversar com êle sobre o assunto, ele logo pergunta:- Voce tem GERIC?

  120. antonio miranda disse:

    Caro Ricardo, de uns poucos anos para cá e aumentando consideravelmente de ano para ano temos mais e mais pessoas de quase todas as classes sociais fazendo uso da internet. Hoje sim, com ela temos um jornalismo sério, participativo, construtivo e não desvirtuado como é na imprensa tradicional. Com tudo isto, com nossas opinões nos blogs contra tudo o que está aí, é de se esperar que consigamos como eleitores que somos, fazer com que estes politicos tenham a minima descencia com a coisa publica. Eles sabem que daqui a pouco tem eleições e eles vão precisar de nossos votos, então que se cuidem senão….

  121. everaldo disse:

    Agora tem uma coisa séria. Se o presidente LULA, chamar os ´técnicos da Caixa, para saber o que o tal do GERIC ? Pasmem, meus amigos, eles vâo convencer o Presidente que é necessário, a existencia do mesmo. Eles são tão filhos das putas, que vão convencer o presidente, que ele não deverá fazer este belo programa de construção de habitação, porque as construtoras gericadas não querem , e vou dizer mais, os filhos das putas são tão filhos das putas, que vão convencer o presidente, e o presidente vai ficar feliz por não fazer. Não por ele ser besta, pois todos nós sabemos que não é, muito pelo contrário, mas é que os malas são especialistas, são doutorados, em convencer as pessoas a não fazerem nada pelos pobres. Querem apostar ?

  122. Mário de Oliveira disse:

    Você já entrou no site do IDP – Instituto Brasiliense de Direito Público, que é de propriedade do Ministro Gilmar Mendes?
    Entre os professores desse instituto estão os senhores Eros Roberto Grau, Marco Aurélio Mendes de Faria Mello, Carlos Ayres Britto, Carlos Alberto Menezes Direito e a senhora Cármen Lúcia Antunes Rocha (cinco Ministros do Supremo). Ou seja, alguns dos Ministros do Supremo também são funcionários, empregados, prestadores de serviço ou contratados, seja lá como possa ser definida legalmente, a relação deles com o IDP do Presidente do Supremo. Também está na relação o Ministro Nelson Jobim.
    Será que não estariam ética e moralmente impedidos de se manifestarem acerca do entrevero Joaquim Barbosa X Gilmar Mendes? Nesse caso, não há conflito de interesses já que de alguma maneira os citados têm relação com Presidente do Supremo que envolve remuneração?
    Responder Encaminhar

  123. João Band disse:

    Deu no Globo.com
    “O comediante Dedé Santana foi vacinado contra a gripe na tarde desta quinta-feira (23) pelo governador de São Paulo, José Serra, que reconheceu não ter experiência em aplicar injeção”.
    O Dr. Funério agora é médico? enfermeiro? exercicio ilegal da medicina? faz parte da suruba?
    A campanha de vacinação é de âmbito nacional? ou o Funério tá na cola dando a impressão que a campanha é dele?
    Com esse eu não tomo vacina, tô fora…

  124. João Band disse:

    FRANCISCO MARTINS BENVINDO
    23/04/2009 – 20:04

    Publicamente: parabéns.

  125. adailza disse:

    Caramba, Bin Laden é ladrão de galinha perto desses politicos brasileiros, que coisa, e eles viram , viram, e não tomam providências verdadeiras. Tiram beneficios (de mentira) e aumentam salários (de verdade) . Que coisa! Não tem o que desperte a ética de nenhum deles!

  126. Bira disse:

    Podemos passar a tratar estes políticos como se fossem portadores de doença altamente contagiosa e letal (a total falta de vergonha na cara), não frequentarmos os mesmos lugares, se um cafajeste (deputado ou senador) entrar num ambiente público sairmos e deixar claro o nojo que estas figuras deixam na sociedade brasileira, talvez eles entendam…

  127. adailza disse:

    O TEMER MIJOU PRA TRÁS. SERÁ QUE NÃO TEMOS MAIS NINGUÉM DO CALIBRE DO MINISTRO JOAQUIM BARBOSA PRA MANDAR ESSE PESSOAL …..
    O MINISTRO FALOU DECLARADAMENTE QUE O GILMAR MENDES TEM CAPANGAS EM GOIAS, E O LULINHA PAZ E AMOR, DIZ QUE NÃO TEM CRISE NO JUDICIÁRIO. NÃO MESMO LULA, NÃO SÓ NO JUDICIÁRIO MAS NO BRASIL TODO, SEU ….

  128. adailza disse:

    AH, O GILMAR MENDES E OS 8 TAMBÉM MIJARAM PRA TRÁS, TIPO ABAFA O CASO. VAI QUE O JOAQUIM BARBOSA RESOLVE FALAR MAIS ALGUMA COISINHA!

  129. adailza disse:

    Alguém sabe quem foi o ministro que deu ao Pitta prisão domiciliar? Doença é condição para que bandido não seja preso?

  130. Meu caro Ricardo, não passo um só dia sem ler seu grande Balaio, acho demais tudo que vejo aqui e muitas vezes me pego chorando de indignação!
    Hoje foi um dia assim!!!
    Se eu pudesse realizar um desejo, pelo povo brasileiro…Eu colocaria todos os Prefeitos, senadores, Deputados Estaduais e Federais de cada lugar, na frente do povo que os elegeu e iria ler um enorme texto, contando o que cada um não fez e fez de ruim para eles…Depois sairia de perto e deixaria esse povo dar uma bela surra em cada um, mas era daquelas surras que deixa de cama por um mês…Queria que ao ponto que as feridas fossem sendo tratadas, eles fossem sentido a dor das muitas Marias Jílias, dos estudantes, dos pais de família, das crianças, dos dependentes químicos e de tantos outros que pagam seus impostos e passam por situações lamentáveis…É meio trágico esse pensamento, mas além de surral, seria lavar a alma.

  131. Já tá na hora de uma nova contituinte ser instalada e de uma revolução por todas as vias, inclusive pela internet, a Constitução já está caduca. Tá na hora de modificar, de fazer a democraica evoluir, de fazer a democraica se movimentar, pq ela é processo contínuo.
    É preciso nova constituição que implante o Parlamentarismo, quiçá, uma monarquia constitucional.UM plano de Estado e não de Governo e que se acabe com essa centralização, e se dê aos Estados-Membro da Federação autonomia necessária pra legislar sobre tudo, pra não precisar de porra de cãmaras federais, não existe legislativo internacional pra essas prostitutas tarem viajando a serviço pro exterior.

    Foi isso que meu amigo José Meneses me falou ao ler esse texto!!

  132. Caros amigos internautas e não internautas vamos sair nas ruas agora e envenenar a cabeça do povo contra esses irresponsáveis malditos que estão metendo a mão em nosso dinheiro e que nos custam no mínimo R$ 102,5 mil por deputado, conforme texto acima .
    Vamos orientar o povo a não votar em mais ninguem , e vamos começar uma corrente para fechar o senado e diminuir em 70 % o n. de deputados federais e é claro o efeito cascata para os estados e municipios . Diminuir todos esses partidos em apenas dois , situação e oposição .
    Tô p…. da vida contra esses homens .

  133. JB disse:

    Algumas idéais ¨jenuinamente¨ nacionar:

    1 – Fazer um palácio lindo para abrigar os nosso políticos para que não fiquem perto dos puteiros do Rio;

    2 – Pagar bom salário para não termos que passar pela vergonha de vermos palarmentar tendo que roubar para comer e se vender por qualquer mixaria.

    3 – Criar leis em que só os otários são obrigados em cumpriplas;

    4 – O povo sabe viver com qualquer mixaria e todo que se elege para algum cargo não é mais povo.

  134. Vivian S. disse:

    Ah, Kotscho, conheço tantas donas Maria Julia por ai… ja ouvi de uma delas ” a gente anda, anda, anda e não sei do lugar nesse pais”. Minha tristeza não a levara a lugar nenhum tampouco. O que poderemos fazer? Enquanto cidadã, o que posso fazer concretamente, a parte sentir-me triste, indignada, revoltada? Basta!!! Basta com esse puteiro no congresso (desculpe-me, sim, pelo nivel), basta com esses prefeitos odiosos, cinicos, prometem vento o tempo todo à sua população, basta de goernadores e deputados estaduais que so governo em prol dos interesses proprios e da sua casta. Basta!!!!!!! Assez!!!!!

  135. Ivens Rocha disse:

    Caros Blogueiros

    Ainda dizem que o Cristovão é louco por insinuar o fechamento desta ESBORNIA,

    LIXO, não passa de LIXO este parlamento. Casa de Bandidos, Casa de Ladrões,

    MUITO ME ORGULHOU ONTEM O PITO PASSADO PELO MINISTRO JOAQUIM BARBOSA NO SUPREMO PRESIDENTE DO SUPREMO. DIZEM QUE O QUE HOUVE NÃO TRAZ NENHUM BENEFICIO AO PAIS. AO CONTRÁRIO SENHORES, SE FOR ABERTA AQUELA CAIXA DE PANDORA DO SUPREMO VEREMOS COISAS TÃO RUINS QUANTO NO CONGRESSO.

    DEMOCRACIA ESTÁ VIRANDO SINONIMO DE SAFADEZA, BANDIDAGEM, CORRUPÇÃO. E O PIOR DE TUDO, NINGUEM TEM PEITO DE DIZER O QUE SE DEVE SER DITO, NINGUEM TEM PEITO DE FAZER O QUE DEVE SER FEITO.

    SENHORES CONGRESSISTAS:

    VOCES ESTÃO NOS ROUBANDO! PAREM DE ASSALTAR O BRASIL!!!

  136. Renato disse:

    Durou pouco o coragem do Temer. Pressionado pelos vagabundos o congresso ele simplesmente jogou na mão deles mesmos para definir se acaba ou não com esta imoralidade. Não é possível que depois disto nós Brasileiros ainda vamos continuar com a bunda na cadeira e só xingando dentro de casa.Vamos sair nas ruas e mostrar que acordamos e se preciso vamos quebrar tudo para esses ladrões que infelizmente nós colocamos lá, trabalhem apenas para o País e não somente por interesses próprios. É revoltante.

  137. Tales disse:

    Somente mais uma coisa tem que ser dita: Ronaldo!!!!

  138. andre souto disse:

    Dizem que antes de Brasília, a coisa era mais moralizada e quem “pos no mau caminho” da mordomia os pólíticos brasileiros,teria sido o JK, sob o argumento de motiva-los a trabalhar no cerrado,na Novacap…deu no que deu.A intenção em colocar um mínimo de decencia, é tão autentica quanto uma nota de tres reais.Que tal dar uma olhada no uso das verba,pelos campeões do denuncismo eleitoreiro e da pseudo – moralidade ?Parece-me que as mordomias são encaradas pelos políticos, como a contrapartida pelas crianças pobres que têm de beijar para tirar foto,das acusações de baixo nível que trocam a cada campanha para ganhar os votos dos mais ignorantes,dos sapatos gastos nas caminhadas que fazem promovendo o engodo geral e da atávica tendencia verde-amarela de confundir o público com o privado.Vale a pena salientar, que deta vez não se discute dinheiro desviado e sim uso antiético de uma verba cuja regulamentação é intencionalmente vaga ou inexistente.Daquí a pouco surgirá outro escândalo que vai engolir este e mudará o foco de nossa indignação.

  139. MASKATE disse:

    OAB: briga no STF leva à descrença do cidadão e à busca por justiça privada

    A discussão pública promovida pelos ministros Gilmar Mendes e Joaquim Barbosa durante sessão plenária do Supremo Tribunal Federal (STF), notadamente de caráter pessoal, serve somente para desgastar o Poder Judiciário e desestimular o cidadão a ir à Justiça lutar por seus direitos. A afirmação foi feita pelo presidente nacional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Cezar Britto, que teme que discussões “lamentáveis” como essa levem o cidadão a buscar justiça com as próprias mãos. “Se a sociedade não acredita no Judiciário fica desestimulada na luta pela conquista de direitos e, descrente na justiça. ,Justiça Privada, Arbitral, Já.

    Lei estabelece que advogado passa a ter fé pública, assim como juiz e MP.

    Os advogados que participam da organização do PCC, agora com Fé-pública.

    O presidente nacional da Ordem dos Advogados do Brasil, Cezar Britto, classificou como “mais uma importante vitória da advocacia brasileira, no sentido da valorização da profissão”, a sanção da lei nº 11.925, pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva. A nova lei estabelece que “o documento em cópia oferecido para prova poderá ser declarado autêntico pelo próprio advogado, sob sua responsabilidade pessoal”. Desta forma, reconhece que o advogado privado tem fé pública, conferindo-lhe o mesmo poder de que já dispõem a magistratura e os membros do Ministério Público.
    Vocês já imaginaram advogados do Beira-Mar com fé-públicas

  140. Crisnamurti Garcia disse:

    Dos mais de 500 congressistas que lá atuam, e que certamente bem conhecem tudo o que ocorre lá dentro, NENHUM denunciou ao povo esse gasto absurdo do dinheiro público com passagens aéreas, nem mesmo aqueles congressistas que julguei serem merecedores dos meus votos.

  141. jzanette disse:

    sei lá Kotscho…. estas coisas acontecom porque o povo brasileiro é muito alienado e “domesticado”. Se fosse na Argentina, já tinham queimado 6 dúzia de caminhões na frente do palácio do governo e linchado outra meia dúzia destes sanguessugas…

  142. DIEGO SILVA disse:

    Gostaria que fosse debatido aqui a discução, essa semana, no STF.
    Achei demais, que finalmente alguem tenha tido coragem de dizer umas verdades ao min.Gilmar Mendes, e é um absurdo a imprensa e o governo tentando passar a mão na cabeça do dito cujo e abafando toda a estoria da discução e dos seus motivos.

  143. Jeferson de Andrade disse:

    Prezado Ricardo.
    Você que é tão próximo do presidente Lula, por que não leva até ele o depoimento publicado? Será que nem isso Lula lê?
    A Caixa é uma instituição bancária, mas subordinada ao Governo Federal. Portanto, um dos problemas da dona Maria Júlia pode se resolver.

  144. Fernando Pires disse:

    Nobre Ricardo e
    amigos do balaio

    As vezes fico a me perguntar, será que os brasileiros tem memória curta ou tem problemas demais para lembrar de todos?
    Vou classificar alguns aqui para tentar explicar:
    1º Vem um juiz e decreta toque de recolher no interios de São Paulo.
    Uns dizem que o juiz está proíbindo o direito dos adolencetes ir e vir, outros dizem que o ato do juíz fazer isso ele está protejendo os mesmos.
    Ou seja, O juíz ainda passa por ruím.
    2ºOs nobres deputados e senadores autorizam amigos e parentes viajarem as custas de todos os brasileiros inclusive da dona Maria Julia .
    Ou seja, os brasileiros estão errados por terem colados eles lá.
    3ºOs nobres ministros da justiça batem boca como duas pessoas normais discutindo sobre futebol, religião e coisas e tal.
    Ou seja, não há crise no supremo, nós estamos loucos.
    agora eu te pergunto, alguém vai resolver o problema da dona Maria Julia sobre a sua casa.
    Alguem vai retirar os pedagios das rodovias que acrescenta mais custos as mercadorias que vem da capital ou que sai do interior.
    Ou seja, de Presidente Prudente á SÃO PAULO haverá 9 praças de pedagios apartir de 2009.
    Caro RK e amigos do Balaio por favor encham as caixas de e-mails dos deputados e senadores de qualquer problema que vossas pessoas detectar em seu bairro, sua cidade e seu estado, pois somos nós que pagamos tudo.
    abraços a todos
    e vamos lá o Brasil depende de nós e não deles.

  145. A. Amaral disse:

    Alguém pode me dizer de onde vieram esses “NOBRES” , “PATRIÓTICOS” ,”INJUSTIÇADOS”, e “PERSEGUIDOS” parlamentares? Porque vi um deles reclamando, que eles tem que ficar longe da família por uma semana. Sera que eles não sabem de casos de brasileiros (principalmente nisseis), que ficam fora do país por mais de anos, atrás de oportunidade melhor de vida, que o país que eles governam não oferece? Realmente não estão nem ai pro povo!

  146. luiz carlos disse:

    Existe uma frase biblica que diz ” Coam mosquitos e engolem camelos ” , oras o grande problema de Corupção agora são chamadas passagens aéreas ? , cortina de fumaça para desviar a atenção de grandes roubalheiras , apoiada pela imprensa que tenta desviar a atenção de grandes roubos. Só uma amostra , por que ninguem na imprensa reclama da metodologia de concessão de Radios e TV,s , um deputado que de uma simples concessão de rádio a um amigo , ou laranja dele mesmo , esta pessoa se tornou no minimo 100 mil reais mais rica , pois é o que vale a concessão de uma rádio em um grande centro , e se for uma emissora de TV , no minimo 1 milhão de reais , e eu pergunto , quanto vale uma concessão de pedagio ??? , uma obra de grande porte ?? uma estatal privatizada ?? , estas falcatruas legais que serverm apenas para enriquecer grandes grupos não são exploradas pela grande imprensa , pois seus grupos economicos dela se beneficiam , eu vos pergunto , a que grupo empresarial estes deputados contrariaram ???? é uma pratica muito comum , ou voce vota no que eu quero , ou a minha imprensa vai acabar com voce , Trabalhei em uma emissora de Tv por muitos anos , era comum a area comercial impedir a ida de matérias para não prejudicar um anunciante , ou então , fazer uma matéria , sobre por Ex ” Medicos afirmam que a Manteiga , não faz mal a Saúde pelo contrario é mais saudavel que a Margarina ” patrocinada por um grande Laticinio , propaganda disfarçada de noticia , é so assistir aos jornais de Tv , que voces observam a grande quantidade de matérias pagas . Ou Ainda por que a imprensa não reclama de que 80% das emissoras de rádio e Tv são direta ou indiretamente ligados a um deputado ou senador , ou governador ou prefeito se duvidam verifiquem em sua cidade quem são os verdadeiros donos de suas emissoras de RTV

  147. Cencinato disse:

    Bom dia Pessoal!
    Um abraço pra todos, especialmente o Robson (23/04 às 19:00), mto bem colocados seus argumentos.
    Mas falando em crise no judiciário, farra das passagens, o que falta é vergonha, dignidade, respeito e postura ética pra esse pessoal. Não devemos abrir mão da democracia, mas lembrar que temos direitos e deveres equânimes. Impossível pensar só nos meus direitos sem respeitar os outros.
    Acabei de colher na internet essa afirmação:
    “”Este é um debate antipático para a opinião pública, mas temos que ter coragem de enfrentá-lo. Você não pode deixar sua mulher 15 dias, 30 dias em seu Estado.

    “Acho profundamente normal trazer a mulher, o filho menor a Brasília”, declarou à Globo News o deputado Sílvio Costa.

    O parlamentar do baixo clero, filiado ao Partido da Mobilização Nacional (PMN), admitiu ter viajado “apenas” duas vezes ao exterior com passagens pagas por verba pública.”
    Ora pessoal, há exatamente 30 anos (abril de 1979) era servidor público, passei num concurso interno e por conta própria saí do interior para a metrópole onde havia uma vaga para técnico.
    Deixei mulher e filhos por três meses, não precisei de passagens de qualquer espécie, naquela época usava-se o correio (15 dias pra ir + 15 dias para voltar a correspondência).
    Resumo: depois dos 3 meses, trouxe a família e passamos a morar num porão alugado. Crescemos, adquirimos nosso patrimônio, criamos nossos 4 filhos. NÃO CAIU NENUM PEDAÇO DA GENTE.
    Ora, esses políticos precisam tomar vergonha na cara e respeitar seus semelhantes à maneira como querem ser tratados.
    Um abraço pra todos vcês.

  148. SEIS Ministros do STF, trabalham para o GILMAR MENDES disse:

    Comentário de um bloguista, Mário de Oliveira, no dia 23.04, no site http://www.viomundo.com.br —- Você já entrou no site do IDP – Instituto Brasiliense de Direito Público, que é de propriedade do Ministro Gilmar Mendes?

    Entre os professores desse instituto estão os senhores Eros Roberto Grau, Marco Aurélio Mendes de Faria Mello, Carlos Ayres Britto, Carlos Alberto Menezes Direito e a senhora Cármen Lúcia Antunes Rocha (cinco Ministros do Supremo). Ou seja, alguns dos Ministros do Supremo também são funcionários, empregados, prestadores de serviço ou contratados, seja lá como possa ser definida legalmente, a relação deles com o IDP do Presidente do Supremo. Também está na relação o Ministro Nelson Jobim.
    Será que não estariam ética e moralmente impedidos de se manifestarem acerca do entrevero Joaquim Barbosa X Gilmar Mendes? Nesse caso, não há conflito de interesses já que de alguma maneira os citados têm relação com Presidente do Supremo que envolve remuneração?
    Ps do site: O comentarista não notou, mas o senhor Cezar Peluso trabalha para Gilmar e é também ministro do STF. ———— Desculpem a mudança de assunto, mas eu acho importante vocês terem esta informação.

  149. Eliane disse:

    Gostaria de fugir do assunto aqui e deixar os meus votos de felicidades a este exemplo de brasileiro, o sr Manoel Ferreira, e como bem disse a sua filha, ele assim o é! Antes tivesse este país mais homens como ele,

  150. Comovente o relato do leitor Everaldo Santos de Alencar. Parabéns ao Balaio por nos dar essa oportunidade de conhecer um Brasil que não está nos jornais!

  151. CARLOS CORREA disse:

    Depois de tanta demonstração de “seriedade” e de “eu não sabia”, ainda existem pessoas que acreditam e votam neles… absurdo!

  152. Jota disse:

    “SURUBA INSTITUCIONAL”
    Fazia tempo que não ouvia expressão que definisse tão bem o que nossos amados políticos estão fazendo com nosso dinheiro e nosso país.
    Dizem que não são obrigados a ficar longe de seus amados parentes dado ao fato de terem que estar em Brasília, porém o que se vê são parlamentares cumprindo expediente de terça a quinta, depois disso pegam avião prá ir onde?
    Eu nunca votei em político que morasse em New York nem Paris, porém vão a estes lugares frequentemente acredito que ver seus parentes. Fala sério……

  153. Manoel Ferreira disse:

    Bom dia Ricardo, só pra você falar sobre acidez!

    Instituições como é mesmo Ricardo?

    Para o ministro Barbosa, o presidente do STF “está na mídia, destruindo a credibilidade do Judiciário brasileiro”. E completou para o assombro dos telespectadores acostumados às monótonas transmissões da TV Justiça: “Vossa Excelência, quando se dirige a mim, não está falando com seus capangas de Mato Grosso.” Além do falso mito de prosperidade econômica, vivemos a realidade da decadência institucional, numa crise jamais vista em nossa história. Foi-se embora a ética, o amor a Pátria, a relação harmônica e respeitosa entre os homens públicos, instalando-se a privatização do Estado, reforçando a tradição patrimonialista arraigada na sociedade brasileira.

    Instituições o que mesmo?

    No dia seguinte ao pior bate-boca público entre ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), o presidente da Corte, Gilmar Mendes, um dos protagonistas da troca de desaforos junto com o ministro Joaquim Barbosa, disse que “a imagem do Judiciário é a melhor possível”. O tribunal tem trabalhado muito bem. Nós temos resultados expressivos. Vocês podem avaliar que a imagem do Judiciário é a melhor possível

    Falando em instituições:

    Diante da pressão dos colegas, Temer leva cota de passagens aéreas a votação no plenário.

    Os deputados preferem Miami. Levantamento feito pelo Congresso em Foco a partir de registros das companhias aéreas revela que a Câmara pagou 315 passagens para a cidade da Flórida, 172 para Paris e outras 148 com destino a Buenos Aires.
    Na última quarta-feira (22),o site publicou a lista dos 261 deputados que usaram passagens da cota para vôos internacionais entre janeiro de 2007 a outubro de 2008. Nesta sexta-feira, mostra para onde parlamentares, parentes e convidados foram, no mesmo período, com os bilhetes aéreos financiados pelo Congresso. No total, fizeram 1.881 viagens para 13 cidades dos Estados Unidos, da Europa e da América do Sul.

    Do que você falava mesmo sobre a acidez?

    Instituições de onde, o que você quer dizer?

    Depois de 16 meses de investigação, o relator da CPI dos Grampos, deputado Nelson Pellegrino (PT-BA), apresentou ontem seu relatório final sem propor o indiciamento dos três principais alvos da comissão: o delegado afastado da Polícia Federal Protógenes Queiroz, o ex-diretor da Agência Brasileira de Inteligência (Abin) Paulo Lacerda e o banqueiro Daniel Dantas, do Grupo Opportunity.Viu resolveram o caso!

    Nunca é tarde!

  154. Ivens Rocha disse:

    Achei muito interessante alguns comentários dos blogueiros.

    Um deles indica que 6 Ministros do STF são funcionários do Supremo Presidente do Supremo?

    Caramba, acabei de falar em abrir a caixa de pandora (ou caixa preta como gostam alguns) e o colega já arrebenta a caixa?

    Qual a moral que estes funcionários privados do Supremo Presidente do Supremo que é funcionário público tem de emitir nota em desagravo a discussão do CHEFE com o DIGNISSIMO MINISTRO JOAQUIM BARBOSA? NENHUMA, cadê a moral, cadê a ética publica, aonde podemos acreditar que o que é julgado no STJ possa ter o mínimo de imparcialidade, como podemos acreditar nisso?

    Está aí um dos péssimos exemplos dados a opinião pública, como um Senador ou Deputado pode deixar de dar passagens a quem quer que queira, primeiro se o próprio regimento permite: segundo se houver uma devassa e o caso for parar no STJ este esteja completamente comprometido.

    Senhores eu sou da opinião que o que está errado em muitos casos são as leis e normas que existem no sistema.

    Deixo claro minha posição, SOU RADICALMENTE CONTRA QUALQUER TIPO DE DISTRIBUIÇÃO DE PASSAGENS, PARA MIM O SUJEITO SE CANDIDATOU SABIA QUE TERIA QUE TRABALHAR EM BRASÍLIA, e se quer visitar a base ou fazer visitas a familia, pague do bolso, não é possivel acreditar que com um saláio de mais de 16 mil reais trabalhando 3 dias por semana este congressista não tenha condição de pagar 1 passagem de ida e volta em vôo economico de qualquer empresa aérea por mês ou por semana se a saudade bater forte.

    Mas na verdade o que eu queria expressar que as leis e normas estão erradas é que no mais se alguém chegar e disser que está dentro do regulamento, apesar de imoral, este estará dizendo a verdade, ninguém pode culpar por isso, PORTANTO O QUE SE PRECISA FAZER É ACABAR COM ESTAS LEIS E NORMAS QUE PERMITEM AS DISTORÇÕES, ACABAR COM AS BRECHAS, TAPAR O BURRACO.

    Outro blogueiro, também tocou o dedo em outra ferida que é a de advogado ter fé publica, e levantou a lebre dos advogados do Fernandinho Beiramar.
    Fico curioso neste e em outros casos apresentados, explico: o Fernandinho não está preso, (ele e outros bandidos da mesma espécie)? Beleza, quem é que paga estes advogados? A familia? Parentes? Amigos? Pelo que sei o advogado é particular, e não um defensor público. Sendo assim como ele faz essa mágica? De onde vem este dinheiro?

    Curiosos? Eu também.

    Agora, será que nenhum JUIZ teve esta mesma curiosidade? De saber quem paga as contas, ou vão me dizer que é algum advogado autruista? Ou seria Advogado do Diabo.

    Ivens Rocha

  155. Ana Luiza disse:

    Bom dia, Kotscho.

    Para o SR. FRANCISCO MARTINS BENVINDO, (20:04).

    Parabéns pela sua generosidade. O sr., com certeza ,é uma pessoa que tem muitos momentos felizes e com esta sua atitude nos propicia uma grande alegria também.
    Ontem postei um comentário dizendo que não acreditava numa reforma moral e espiritual das pessoas deste mundo. É muita gente. Se fôssemos 6 bilhões de pessoas convertidas e nascesse mais uma, teríamos de esperar até que ela tivesse entendimento para ser convertida também ou destruída. Por isso acho uma utopia se pensar num mundo acarneirado: Manso como um cordeiro.
    Mas oro todos os dias para estar enganada e torço demasiadamente para surgirem muitas outras pessoas solidárias, que tendo condições materiais e/ou financeiras se prontifiquem a doar, como fez o senhor.
    Muitas felicidades e que o senhor tenha um retorno condizente.
    Ana Luiza

  156. esse é um grande sonho da minha tia de ter a sua casa propria

  157. Flavio Santos disse:

    Existe uma fabula, conto, ou algo parecido, que diz que uma pessoa, vinha caminhando pela orla de uma praia, quando avistou ao longe, alguém fazendo gestos como se estivesse dançando ou fazendo algum tipo de exercício. Esse alguém, se abaixava junto da areia, levantava, dava uma pequena e rápida corrida até próximo da arrebendação e esticava o braço rapidamente em direção do mar, para logo em seguida, repetir o mesmo gesto.
    Quando o caminhante se aproximou, viu que a areia estava empilhada de pequeninas estrelas do mar. Milhares, talvez milhões, e o sujeito não estava dançano ou fazendo ginástica. Ele estava jogando de volta algumas estrelas para o mar. Perguntado porque estava fazendo aquilo, repondeu que estava jogando estrelas trazidas pela ressaca de volta para o mar, a fim de salvar suas vidas. O caminhante argumentou: são milhares de estrelas que diferença faz voce atirar de volta apenas algumas? Sem parar por um segundo o que estava fazendo, o rapaz pegou mais uma estrelinha, lançou-a ao mar e respondeu para o caminhante: para essa fez toda a diferença.
    Diante do problema da Dna. Maria Julia e de outras estrelinhas como ela, faria uma imensa diferença, se lhe fosse proporcionado a casa própria por iniciativas que não dependessem obrigatoria e necessariamente do Governo.
    Se não podem ser feitas casas para todas as pessoas, para algumas podem.
    Enquanto não nos responsabilizarmos pelos propblemas sociais, por achar que não são nossos, essa e outras situações narradas no presente artigo, continuarão para sempre.
    Se alguem quiser saber. Já joguei de volta ao mar pelo menos uma estrelinha e estou jogando outras.
    Flavio Santos

  158. Celsoaze disse:

    Vou relembrar o poeta dod morros que contava a tristeza cantando com alegria. BEZERRA DA SILVA.

    Subiu o morro de terno e gravata
    entrou na tendinha bebeu cachaça
    até bagulho fumou
    falou pro povo que era da raça
    e no terreiro entrou
    Só que o guia que tava incorporado começou a dizer
    esse político é safado hoje ele pede seu voto
    mas depoi de eleito manda a polícia te prender

    Canalha tu és um verdadeiro canalha
    usa o dinheiro em viagens e o povo comendo migalhas

    Canalha tu és um verdadeiro canalha
    o STF te protege mas a justiça divina não falha

    Canalha tu foi eleito com os votos da favela
    depois mandou apolícia mandar bala nela

  159. everaldo disse:

    TATIANE QUERIDA, como fiquei feliz de ler a sua participação. Você, filha de meu amigo GRAVIOLA, grande ser humano, e agora ainda maior por nos apresentar uma filha tão doce e generosa como você.
    Parabéns GRAVIOLA, pelo teu aniversário, mas parabéns tambem por esta linda filha.

    …( falando sozinho )…este blog é mesmo o único que tem alma.

  160. giovani disse:

    Ricardo,

    Parabéns pela informação.

    Que tal encaminha-lá ao Lula?

    Abs

    Giovani

  161. VOTO NULO NELES - 2010 disse:

    E agora seu Michel Temer ? E agora seu José de Arymatéia Sarney ? E agora Ministério Público ? O que mais querem que se revele para que ajam de algum modo para cumprir a lei ? Que vocês são uns salafrários , comprometidos com essa gente de sua láia sabemos , que são corruptos sabemos , que são mentirosos sabemos , só queremos saber se estão preparados para o julgamento final . Nunca na história da humanidade um povo , por mais covarde que seja , deixou de reagir em algum momento . Mesmo num povo sem sangue como esse nosso , de uma hora prá outra surge um ZAPATA , lembram da história de revolta mexicana ? Não , claro que não , a única história que vocês lembram é a de como roubaram desse povo , por toda uma vida . E a gente sustentando quase 15 MIL funcionários no congresso , sacanas , brasileiros que sugam brasileiros , vivendo a custa de um povo que até hoje não conseguiu sua casa própria , não conseguiu uma assistência à saúde , não conseguiu uma escola decente , que anda amontoado em coletivos urbanos , que anda que nem gado em caminhões por esse Brasil afora , que é humilhado pela polícia , que é ignorado pela justiça … Meu Deus , pobre povo covarde , que fica defendendo políticos e partidos como se houvesse um só honesto dentre eles !

  162. adailza disse:

    Sr. Jornalista gostaria que o senhor fizesse uma matéria sobre concurso público, que ultimamente só serve para arrecadar dinheiro. Participei em 2005 do concurso da prefeitura municipal de Paulinia, foram 39000 inscritos para o setor administrativo, eu fiquei 5 horas na fila, e teve gente que dormiu 2 noites na fila para fazer a inscrição. Até hoje ninguém foi chamado para trabalhar, nem os que passaram nos primeiros lugares, mas foram contratados 160 servidores que não eram concursados.Obrigada
    Concurso Público virou outro câncer nesse país.

  163. Kotscho
    Em primeiro lugar, me desculpe por eu manter até hoje um pé atrás com voce, por lhe achar meio tendencioso na defesa do governo Lula. Tem coisas boas, porém muito lixo, algumas vezes defendido no mínimo pelo silencio e omissão presidencial.
    O que importa agora é este artigo que voce postou sobre o programa de casa própria para pessoas de baixa renda (na verdade, sem renda). Tudo é a mais pura verdade, e sintetiza toda a minha angustia com as instituições sejam elas públicas ou privadas. Com as exceções de praxe, todos só pensam em ganhos, sejam eles financeiros, politicos ou simplesmente de poder. O que fazer para consertar isso? Complexo! Mas que tal começarmos a combater a impunidade e a dar a sociedade mais instrumentos, que realmente funcionem, para mudar essas coisas indecentes que vem acontecendo nos tres poderes. Em todos eles existem as pessoas de bem, que interessante creio sejam a maioria. São engolidas porém pela minoria que grita, esperneia e pior, ganha. Que tal usarmos de vez em quando o poder de plebiscitos para resolver coisas importantes e expurgar o lixo? Esse caso escabroso das passagens do Congresso, é coisa simplesmente de polícia, quiçá forças armadas. E Daniel Dantas? Defendido pelo presidente do supremo (não é apenas questão de direito legal. É protecionismo mesmo!). Defendido agora também pelo “ínclito” conterrâneo Pelegrino? E meu outro conterrâneo “Grampinho” dizendo que a mídia quer fechar o Congresso? Hilário, para não dizer revoltante! Acabo meu desabafo, iniciado pelo programa de casas populares, declarando: corrupção e “quero o meu e é todo” entre outros não são problemas de partidos politicos, poderes ou quejandos, e sim uma questão da impunidade e falta de cobrança que impera por todos estes “Brasis”!
    Abraços

  164. paulino pavan disse:

    Tenho visto através de tele-jornais, algumas manifestações de alguns senhores deputados, pretendendo justificar o vergonhoso comportamento diante dessa monstruosidade de gastar dinheiro do povo com a viagem de familires, de amigos e até de amantes.
    Dizia um “respeitavel representante do povo”:
    vão querer que eu fique separado da minha mulher, da minha família?
    Será que esse senhor, quando se candidatou, gastou milhões para se eleger, não sabia que suas “nobres” atividades seriam exercidas em Brasilia?
    Quando o atual presidente da republica, Luiz Ignacio da Silva, terminou o seu mandato de deputado federal, com uma grande popularidade e milhões de eleitores, perguntaran-lhe por que não se canditaria novamente, pois seria certa a sua reeleição,
    o Lula respondeu que na camara havia mais de duzentos picaretas e que não suportaria conviver com esse tipo de gente.
    Quase foi cruxificado por isso.
    Como se vê, a coisa não é nova.
    Mas eles serão reeleitos, numa eleição “democratica e limpa” como alardea a nossa mídia.

  165. w colorado disse:

    Que os politicos são todos igual disso não á duvida

    Nós brasileiro estamos sem defesa vamos recorrer a quem?

    O melhor seria reduzior em 50% o salario destes vagabundos
    E aplicar este dinheiro na população que trabalha já que o dinheiro é nosso vamos decidir onde investir.

    Fechar a casa da robalheira tambem seria uma solução.

  166. cesaf disse:

    BRASIL: UM PAÍS DE PALHAÇOS DO POVO AO PRESIDENTE

  167. joão da mata disse:

    E o Supremo? o ministro Barbosa fez o que o resto da Nação queria fazer e não tem o espaço para faze-lo. Na minha opinião o Balio fugiu de comentar um fato tão importante.

  168. egon disse:

    Decididamente perderam a vergonha na cara ( ou nunca tiveram)
    enquanto milhões de brasileiros sonham com pouca coisa sem conseguir apos uma vida de trabalho abnegado estes ditos representantes… se leucopletam constantemente concedendo-se aumentos, ajustes.. reajustes.. penduricalhos, quem sabe se achando altamente produtivos e úteis à nação (rsrsrsrs) fazem discursos inflamados, jogam a constituição no chão, rasgam a biblia num teatro sem fim para tentar impressionar aos que ainda acreditam neles ( pobres oprimidos, excluidos, esquecidos pela sorte) são os adjetivos que eles usam para dizer que não esqueceram suas origens, mas a hipocrisia esta num limite perigoso, ja sabem que não poderão sentir o cheiro de povo por uns tempos, que verão pessoas de valor que lhes negarãem a mão, que as opiníões quanto a inutilidade de seus mandatos torna-se unânime e muito mais tornam-se dia a dia mais omissos e perniciosos a nação como insetos fora de seu habitat
    Pobres cidadãos contribuintes que sustentam esta orgia de
    inutilidades, a desesperança nos fara despertar, nos proximos pleitos diremos….” renovação urgente, abaixo os encastelados no congresso, há muito pernisciosos ao Brasil.

  169. Pode até ser que o Congresso Nacional tome algumas medidas leves e ofuscadas pela fumaça da semvergonhice governamental, mas tampar o ralo pelo quel sai o produto dos cofres públicos, aposto minha vida que eles não permitirão, o que prometerem é pura mentira e o q ue fizerem é falso, lavagem governamental. Ladrão inveterado não se converte não, mesmo porque teem consciencia da impossibilidade de serem punidos. A população brasileira morreu, o Governo tenta enterrar

  170. Aldir disse:

    Para: Ana Luiza – 23/04/2009 – 17h18m

    Certamente que temos diversos problemas ainda, mas por vezes só falamos deles, só lemos e/ou ouvimos a respeito de desgraças e mais desgraças, e isso vai nos deixando desanimados.
    Há necessidade de saber também de tudo que vai bem, tudo que está melhor, tudo que se transforma positivamente.
    De nosso interesse pelo bem, pelas boas notícias, nascerá também o interesse das mídias em publicarem e divulgarem tais dados.
    ———————–

    O que posso eu fazer

    O escritor suíço Denis de Rougemont, um arguto defensor da unidade européia, e, especialmente, um estudioso da ocidentalidade, disse algo que inspirou muitos discursos políticos:
    A decadência de uma sociedade começa quando o homem pergunta a si próprio: “O que irá acontecer?”, em vez de inquirir: “O que posso eu fazer?”
    São posturas muito diferentes perante a vida.
    O filósofo brasileiro Mário Sergio Cortella, ao analisar a questão com maior profundidade, afirma:
    A decadência, seja numa sociedade mais ampla ou outras instâncias, como a família, trabalho, etc. principia quando o imperativo ético da ação é substituído pela acomodação e pela espera desalentada.
    Muitos, na sociedade moderna, estamos nos acostumando rapidamente com alguns desvios que parecem fatais e inexoravelmente presentes, como se fizessem parte da vida.
    Assim, nos acostumamos com a violência, com o desemprego, fome, corrupção e outros.
    É a prostração como hábito! – exclama o filósofo.
    Como se um conveniente pensar estampado nos rostos e nas palavras disfarçasse uma suposta impotência individual, mas, que no fundo, é egonarcisismo indiretamente conivente.
    Tão confortável assim pensar…
    Confortável e extremamente perigoso.
    Felizmente a esperança ainda existe.
    Porém não confundamos a esperança do verbo esperançar, com a esperança do verbo esperar – como sugere Paulo Freire.
    Esperançar é se levantar, esperançar é ir atrás, esperançar é construir, é não desistir!
    É levar adiante, é nos juntar com outros para fazer de outro modo.
    Pode-se ver claramente que a esperança do verbo esperançar é dinâmica, enquanto a outra, é estática, congelada, por vezes covarde…
    A esperança nos convida a pensar:
    Violência? O que posso eu fazer?
    Desemprego? O que posso eu fazer?
    Fome? O que posso eu fazer?
    Corrupção? O que posso eu fazer?
    Sempre teremos o que fazer. Sempre teremos uma contribuição a dar, nem que seja pelo nosso exemplo de agir no bem nas pequenas questões do dia-a-dia.
    Todos devemos nos perguntar: O que estamos fazendo por uma sociedade melhor? Qual está sendo a nossa contribuição?
    O que podemos fazer a mais para ajudar?
    Não nos é pedido em demasia, pois muitos fazendo um pouco que seja, já gera transformações, gera movimentos, revoluções silenciosas…
    Não se faz necessário muito, apenas não ceder à acomodação viciante, à indiferença paralisante, à alienação mortificadora.
    O que posso eu fazer? O que você pode fazer para melhorar o mundo?
    René Descartes, em sua obra As paixões da alma, afirma que a vontade é tão livre por natureza que jamais pode ser coagida.
    Precisamos deixar nascer a vontade de uma vida melhor, e guiá-la nos primeiros passos da ação todos os dias…

    Redação do Momento Espírita com base no cap. A resignação como cumplicidade, do livro Não nascemos prontos – provocações filosóficas, de Mário Sérgio Cortella, ed. Vozes e em citação do livro As paixões da alma – Dicionário filosófico de citações, de René Descartes, ed. Martins Fontes.

  171. José Antonio Braulio de melo disse:

    Parabéns pelo seu balaio, você consegue resumir de forma muito corajosa, objetiva, clara e competente tudo aquilo eu ( acho que grande parte dos brasileiros também) desejo ver publicado a respeito da bandalheira do nosso congresso.É o que de melhor leio hoje.

  172. Fernando Pires disse:

    Caros Balaieiros

    Ontem fiquei triste e quase entrei em depressão quando eu vi os nobres deputados e senadores indo a tribuna do Congresso Nacional para tentar justificar as surubas de passagens que os nobres congressistas doaram a amigos e familiares para viajens para o exterior, Exemplo viajens para E.U.A, Mexico, Europa, Japão.
    Mas ninguem foram ver o que está acontecendo com o pessoal de está sofrendo das enchentes no norte e Nordeste.
    Se está tendo problemas com Dengue, Malária, entre outras doenças.
    Não se engane amigos balaieiros estas surubas de passagens não é nada das falcatruas que ocorrem dentro de cada governo estadual, por exemplo, porque o nosso querido governador José Serra vendeu a NOSSA CAIXA para o BANCO DO BRASIL, sendo que a NOSSA CAIXA não estava endividada, será que ELES(PSDB-DEM ou antigo PFL) não perderam a mania de vender as coisas são da população de seu Estado.
    BRASILEIROS FIQUEM DE OLHO 2.010 ESTÁ AE E ELES TEM UMA VONTADE DE PRIVATIZAR A PETROBRAS entre outras instituições.
    POR ISSO VOU DE DILMA EM 2.010 E FORA SERRA.

  173. São tantos os escândalos no congresso, que nem dá mais para comentá-los, traduzindo: Transformaram Brasilia ”a Capital da Esperança” , na ”Capital da Espelunca’ – Ah, se o ”Jussa” ainda estivesse vivo, teria se arrependido tanto e talvez se transformado em um psicopata! Que Deus o tenha.

  174. Cecilia Lavoie disse:

    Democracia participativa soa bem… mas há alguma receita para sobrar tempo? Porque é tanta corrupção, que é um trabalho de 9 as 6, tempo integral. Uma questão é como estimular os jovens para vida politica honrada quando os modelos presentes são tão não inspiradores. A troca de políticos deve ocorrer… mas antes os modelos devem mudar. Como participar mais, sem ser escrevendo?

  175. Danilo J Cunha disse:

    Muitas boas idéias e ideais se perdem em nossa megalomania estrutural, onde não existe espaço para o simples, para as soluções regionalizadas, tudo tem que vir na esteira de soluções “nacionais”, onde se têm maior facilidade em criar sumidouros de recursos da viúva. Parabéns pelo post, excelente e de uma clareza excepcional.

  176. ivonete valerio disse:

    adoro o balaio,parabens ricardo.

Deixe um comentário:

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!

Os campos com * são de preenchimento obrigatório







Voltar ao topo

oferecimento