Redesenhando um X-man | Rafael Grampá: Histórias em Quadrinhos - Jovem - iG

Publicidade

quinta-feira, 22 de setembro de 2011 Sem categoria | 16:59

Redesenhando um X-man

Compartilhe: Twitter

Em Abril deste ano o editor gente finíssima da Marvel Comics, Jody LeHeup, me convidou para fazer uma capa para a X-Force, série em quadrinhos da equipe derivada dos X-men. Junto com o convite da capa, veio o convite para fazer o redesign de um dos X-men mais clássicos, o NOTURNO. Responsa. Fiquei sabendo, então, que o Noturno original havia morrido (por quê?) e que, na verdade, esse Noturno que eu iria redesenhar era uma versão de um universo paralelo futurista do personagem. O Noturno da Era do Apocalipse – um evento num futuro pós apocalíptico da Marvel nos anos 90- voltaria para o nosso presente e integraria o X-Force. Hmm, maravilha. Era um trampo top secret em Abril. Depois de nós dois ficarmos dizendo o quanto ia ser foda fazer isso, ele me mandou o briefing:

- Não faça nada TÃO longe do uniforme do Noturno da Era do Apocalípse. Esse novo uniforme precisa ser super liso, comercial e sem muitos detalhes, já que outros artistas vão precisar desenhá-lo. Você já sabe dessas coisas mas só para constar.

- Vamos mudar o vermelho para cinza/prateado, então teremos um uniforme preto e cinza/prateado com um símbolo “X” vermelho num círculo, como o do Deadpool.

- Não esqueça a marca vermelha em volta do olho esquerdo. Estou mandando uma imagem de referência. Divirta-se!

Eram diretrizes bem claras, eu já sabia exatamente o que ele queria. Basicamente, uma mudança de cor. Mas ele também disse: divirta-se! Então comecei a pensar sobre o personagem e perguntei a ele se eu poderia trocar as espadas -sim, nunca entendi porque colocaram espadas em um personagem como o Noturno, que escala paredes e se teleporta, não combina, é o mesmo que dar uma espada para o homem aranha- e o Jody disse que eu podia fazer o que eu achasse melhor. Já trabalhei muito tempo com publicidade, recebendo briefings e tendo que cumprí-los, como todo bom profissinal. Desde que resolvi fazer quadrinhos eu nunca mais havia trabalhado com briefings – até hoje pelo menos- e não tenho nada contra, mas óbvio que sempre sou muito mais a favor da liberdade total. Acho que os artistas sempre precisam de uma chance para mostrar sua visão também. Então, nesse caso, de todas as coisas que o Jody me passou as únicas que eu convenientemente gravei de verdade foram o “divirta-se” e “faça o que você achar melhor”.

Não devo ser o único que sempre achou o Noturno muito parecido com o Michael Jackson no clipe de Thriller, né?

Pois é. Isso não saia da minha cabeça. Resolvi assumir a referência de uma vez e basear o meu redesign naquela jaqueta vermelha do Michael, que até hoje é uma das peças de roupa mais legais já criadas. Mas o Noturno é um personagem que precisa de flexibilidade, uma jaqueta daquelas atrapalharia. OK, no filme colocaram um sobretudo e funcionou, o Batman usa uma capa… Pô, a jaqueta do Michael tá tranquila, pensei! E se o Michael fazia todos aquele passos usando essa jaqueta, ninguém pode reclamar que ela pode interferir na agilidade. Outra coisa que sempre achei sobre o Noturno é que ele sempre foi meio “escada” para os outros personagens. É o personagem coadjuvante dos mais coadjuvantes das HQs de super heróis, vamos combinar. Então achei que era a chance de dar um ar de protagonista pro Kurt Wagner -nome de batismo do Noturno. Resolvi que deixaria ele mais cool, mais malvado, e mais letal. Tirei fora as espadas – pois o Deadpool já usava espadas no time- e como ele precisava ter alguma arma, coloquei facas, pequenas facas, estilhetes. Pensei que para um personagem que pode se teleportar, os estilhetes seriam a arma mais mortal. Imagine poder cercar um adversário, estando em todos os lugares ao mesmo tempo enquanto lança os estilhetes. Não ia ter pra ninguém. Achei também que um cachecol cairia perfeito pro personagem -pois apesar de estranho, ele é elegante- e isso daria movimento ao desenho. Havíamos combinado que eu iria criar o visual novo antes e depois de aprovado, poderia começar a capa. Mesmo não fazendo idéia dos planos da Marvel para o personagem, fui nessas minhas idéias e fui empolgadão!

Mandei o meu Noturno pro Jody, meio que já imaginando a sua resposta:

“Isso tá FODA!!! Cara, eu realmente curti muito mas acho que temos alguns problemas.

- Você propôs outro caminho, bem diferente do outro uniforme. Excelente, mas muito diferente, na verdade. Nós precisamos de algo mais parecido com o original, mas com pequenos reparos e atualizações.

- O cachecol é ducaralho mas não é prático e funcional, então, acho que devemos tirar ele fora.

- Esse é um uniforme muito cheio de elementos e detalhes. Tem muito “ruído”. O que precisamos é alguma coisa bem lustrosa, justa e sexy.

- Eu adoro a idéia das facas, concordo com você sobre o Deadpool já usar espadas mas nós realmente precisamos dele usando suas espadas, tem todo um passado que precisamos respeitar. Ele pode também usar facas, mas precisamos mesmo das espadas. Talvez uma espada diferente possa ficar legal!

Como eu já disse, esse uniforme é simplesmente sensacional, mas acho que não necessariamente para o X-Force. O que você acha?”

Como eu já disse, o Jody é muito gente boa. E eu já esperava por essa reação, sabia que eu estava fazendo apenas “o que achasse melhor” ao invés de ir no briefing certeiro. Sabia que o que funcionaria seria apenas uma mudança de cor, mas nesse caso eu não via grandes motivos pra fazer esse redesign. Mas como havia esse convite, eu tentei fazer aquilo que eu achava mais legal e que pra mim teria um retorno melhor. A primeira tentativa não funcionou e agora eu tinha esse compromisso. Nosso combinado então foi que se uma segunda versão não fosse aprovada, eu iria esperar eles me mandarem o design do uniforme como eles queriam para eu começar a capa. Mandei uma segunda versão.

Também não foi aprovado porque haviam elementos diferentes do uniforme original. Nessa altura eu lembrei que eles fazem brinquedos desses personagens depois e que nenhum dos que eu propus facilitavam a vida de nenhum fabricante, e esse não é o tipo de personagem que vai ter um action figure mega especial que pode se dar ao luxo de ter um design complicado. Enfim, o redesign ficou a cargo de alguém lá dentro da próprio escritório da Marvel. Me mandaram o que eles queriam para eu fazer a capa.

Sinceramente? Achei muito classe. Mas é algo que eu não pensaria em fazer, mesmo já sabendo que era exatamente isso que eles queriam, por questões de estilo mesmo. Então, com o novo Noturno definido, pude me concentrar só na capa. Mandei dois sketches.

O segundo sketch foi aprovado pois o primeiro estava muito parecido com uma outra capa que eu havia feito para eles. Fiz o lápis e logo em seguida já fiz um teste de cor no photoshop para indicar o estilo de paleta que eu estava afim de fazer, pois não seguia o padrão das cores das capas do X-Force. Achei que faltava brilho nas capas desse título e eu estava bem afim de fazer umas cores meio cyber punk e new wave nessa capa.

“Essas cores tem culhões“, disse o Jody. Melhor reação impossível! E o resultado final é esse.

Ah, sabe o primeiro uniforme do Noturno que não foi aprovado? Vou usar em um dos meus personagens na minha próxima HQ. ;)

Um abraço,

R. Grampá

Autor: Rafael Grampá Tags:

23 comentários | Comentar

  1. 23 Tiago 22/09/2011 17:30

    Cara, tua arte é muito massa, se eu soubesse desenhar e fosse metade da tua arte eu tava bem feliz e eus personagens iam finalmente ter vida hehe
    Acho o Noturno muito foda e tu fez um noturno mais foda ainda heheh

  2. 22 rodrigo 22/09/2011 17:49

    cara, eu queria ter a oportunidadede acompanhar o seu trabalho em sua hqs, mas nunhuma editora publica elas aqui no Brasil!! T.T

  3. 21 Dimitre 22/09/2011 17:50

    O Rafael Grampá é um dos artistas mais importantes do Brasil na atualidade. É uma pena que nosso povo esteja mais interessado nas “celebridades” dos reallity shows. Sou fã, acompanho e recomendo. E que venha a Furry Water!!!!

  4. 20 Cauê 22/09/2011 17:54

    Michael Jackson de inspiração foi foda! Curti muito a coluna seu gaúcho safado. Parabéns sempre! abrs

  5. 19 Berje 22/09/2011 18:03

    Animal demais cara, sua coluna tá muito bala. Se liga, é engraçado como “cliente” pensa diferente mesmo, pois pra mim a sua primeira versão do Noturno ficou a mais interessante (tanto pela lógica da construção do personagem, com estiletes, até pelo uniforme, cachecol, etc).

    Realmente não entendo essa estratégia de diminuir e deixar tudo cada vez mais clean nas HQs apenas pra apressar a produção, daqui a pouco teremos quadrinhos com a qualidade do “Liga da Justiça” que passa na TV…

  6. 18 Denise Freak 22/09/2011 18:24

    Eu amei o primeiro uniforme! Senti um respeito vindo dele,que pena que não foi aprovado!
    Mas a capa também ficou foda,não vejo a hora de sair *-*

  7. 17 Francisco 22/09/2011 18:25

    Cliente é realmente complicado, não é? “Achei super *FODA* o seu desenho, mas precisamos fazer pequenos ajustes do tipo TUDO.”

    Continue o trabalho genial.

  8. 16 @_JJunior 22/09/2011 18:51

    Gostei muito do uniforme que você criou anteriormente. E apoio totalmente usar ele em outro personagem! Ficou muito moderno e legal.
    NUNCA tinha pensando no Noturno/Jackson, mas é tudo a ver!!! rsrsrs

    Cara você está de parabéns, inspiradora sua arte!

    O novo uniforme (nada a ver, mas já falando) me lembrou o Ace do Kiss!

  9. 15 Mau Fontinele 22/09/2011 19:25

    Na minha opinião o primeiro uniforme ficou fodão, mas os caras olharam pro lado e pensaram “Pô, fudeu nem todo mundo manda desse jeito “.

    Parabens a coluna é leitura básica.

  10. 14 Fernando Sinistro 22/09/2011 20:02

    Uma curiosidade sobre o Noturno é que, tanto ele quanto a Tempestade e alguns dos personagens que surgiram na icônica fase do Dave Cockrum nos Xmen foram personagens rejeitados para outra hq que o artista desenhava anteriormente, a Legião dos Super-Heróis.
    Acho massa você reaproveitar o visual da jaqueta que fez para o Noturno, e é mais uma das contradições do personagem.

  11. 13 Fernando Sinistro 22/09/2011 20:06

    Aliás… entre a década de 80/90 eu achava que os x-men muito similares com artistas de pop/rock da época, tempestade = tina turner, longshot = bon jovi, vampira = madonna, dinamite = cindy lauper, noturno = michael jackson e por aí vai… e o wolverine = jack nicholson/danny de vito
    (esse fugia a regra)

  12. 12 Marcos Krock 22/09/2011 21:15

    Achei interessante a solução que o designer criou para o Noturno.
    Me parece que ele soldou no photoshop muitas partes do personagem feita por outros desenhistas… depois aplicou alguns brushes com cores uniformes.

    No mais, adorei mais o seu Noturno… ficou muito classe!

    Abraço

  13. 11 will 22/09/2011 21:24

    Grampa, o primeiro uniforme realmente ficou fodastico! Mas a sua Psilocke, cara, Ficou mais que Perfeita! Tu devia desenhar a x-force! ia ser foda demais! Abraço cara!

  14. 10 Doug Poppe 23/09/2011 0:28

    Nada como conhecer bem a realidade e pegar um pouco dela para conceituar algo mais gênial ainda.
    Mandou bala.

    Rocks.

    Abração.
    Doug

  15. 9 Marco Alvares 23/09/2011 0:34

    Porra… o primeiro uniforme ficou foda! Cachecol e estiletes! Infelizmente tem essa pegada do comércio que estraga tudo não-autoral…

  16. 8 Bruno Porto 23/09/2011 9:37

    Parabenzaaaaço!

  17. 7 bruno bottino 23/09/2011 10:27

    rapaz, que pena não terem aceitado sua primeira proposta de uniforme. tava foda demais!

    abração e parabéns, seu trabalho é demais!!

  18. 6 Ben 23/09/2011 16:46

    Linda sua Psylocke!!!

    Você fará mais capas pra X-Force?

  19. 5 Alex Nery 23/09/2011 19:50

    Simplesmente sensacional.

    Adorei suas idéias pro uniforme do Noturno e a capa ficou fantástica. Não é a toa que você é um dos melhores artistas da atualidade.

    Parabéns e um abraço.

  20. 4 Davi Moraes 26/09/2011 14:51

    Muito legal o primeiro desenho. Uma pena que não gostaram…

    Parabéns pelo trabalho.

    Boa sorte e sucesso!

  21. 3 João Cartuchos 27/09/2011 11:20

    “O que precisamos é alguma coisa bem lustrosa, justa e sexy”. Noturno sexy???? PQP! rs

  22. 2 Danilo 04/10/2011 13:20

    O que diabos um editor entende de o que é funcional ou não??

    Francamente os caras pedem algo pra um artista como o Grampá e limitam o cara,o Grampá é paciente na primeira que o cara recusasse eu mandava ele se f@#$% e fazer ele próprio!!

    No mais o Grampá continua foda,agora uma pergunta:

    Furry Water sai quando??

  23. 1 Grampá channels pop music icon for unused Nightcrawler redesign | Buy CDs Cheap 14/10/2011 1:44

    [...] of interest, Grampá draws the Age of Apocalypse Nightcrawler, who as of late has been appearing in Uncanny [...]

  1. ver todos os comentários
 

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!

* Campos obrigatórios


 

Responder comentário


* Campos obrigatórios