LEBRON JAMES E DWYANE WADE FALHAM E BOSTON VENCE MIAMI NO TEMPO EXTRA | Fábio Sormani

Publicidade

segunda-feira, 4 de junho de 2012 NBA | 12:26

LEBRON JAMES E DWYANE WADE FALHAM E BOSTON VENCE MIAMI NO TEMPO EXTRA

Compartilhe: Twitter

O Miami teve o jogo nas mãos em duas oportunidades. A primeira delas, no final do tempo normal; a segunda, no final da prorrogação. Em ambas o time vacilou. E o resultado disso foi uma derrota por 93-91 que poderia ter sido vitória e o decreto do final desta série. Tivesse vencido e aberto 3-1 neste confronto, babau; dificilmente o Boston teria estofo para vencer duas partidas no sul da Flórida. Mas a vitória não veio.

Não veio porque no final do tempo normal, com a partida empatada em 89 pontos, numa jogada toda enrolada, LeBron James fez um passe meia-boca para Udonis Haslem tentar o último arremesso. Ele saiu, mas todo torto, e, claro, nem aro deu. No final da prorrogação, com o C’s na frente em dois pontos (93-91), foi Dwyane Wade quem tentou o tiro que daria a vitória ao Heat. Bateu no aro e caiu do lado de fora. Vitória do Boston. E a primeira derrota do Miami em sua história em uma prorrogação de uma contenda de playoffs.

No primeiro lance, a impressão que dá é que a jogada foi armada para a definição de Haslem. Com o corte da meia esquerda para o meio e a marcação dobrada (leia-se Kevin Garnett), Haslem ficaria livre. E foi o que aconteceu. Mas a marcação não dobrou, ela triplicou. LBJ teve dificuldade para fazer o passe e KG se recuperou. Deu no que deu.

No segundo lance, a jogada foi mesmo armada para um tiro de três. Tanto que D-Wade, se tivesse projetado seu corpo à frente no corpo de Marquis Daniels, que o marcava, poderia ter cavado a falta para os dois lances livres. Mas ele preferiu a finta e o tiro de três que não foi certeiro.

Quanto ao jogo, chamou a atenção a debacle do Celtics no segundo tempo. Depois de um primeiro tempo primoroso, quando marcou 61 pontos e abriu 18 de vantagem, o time sumiu na etapa final. Anotou apenas 28 e quase viu escapar entre os dedos uma vitória que parecia tranquila. O time, que na etapa inicial teve um aproveitamento de 48,9% (22-45) em seus arremessos (43,8% nas bolas de três; 7-16), definhou no período final. Fez 12-24 (35,3%) nos tiros de um modo geral e 2-8 (25,0%) nos lançamentos de três pontos.

Qual foi o motivo dessa queda? A defesa do Miami, quando o Boston fazia o corta-luz para Rajon Rondo, dobrava no armador alviverde, dificultando a finalização da jogada. Tanto assim que no primeiro tempo Rajon (foto Getty Images) teve dez assistências, fundamento este cortado pela metade na etapa final. No improviso na maior parte do tempo, os ataques que eram proveitosos no primeiro tempo deixou de sê-lo no segundo.

Kevin Garnett voltou a ser um gigante. Anotou 17 pontos e pegou 14 rebotes. Além disso, foi o dono do garrafão defensivo. Com ele em quadra LeBron e D-Wade não conseguiram infiltrar para bandejas ou enterradas. Com KG fora, isso foi possível.

Paul Pierce fez 23 pontos, mas pela terceira vez nesta série deixou o jogo mais cedo. Isso é problema. Ontem o time venceu, mas poderia ter perdido.

O Miami segue sentindo falta de Chris Bosh. O ala-pivô, um dos Três Magníficos, está se recuperando de uma distensão no abdômen. Com ele de fora, em muitas oportunidades o Heat joga com quatro abertos (LBJ ou Shane Battier como ala de força) e Udonis Haslem no pivô. Com esta formação, a estatística do jogo mostra que o Celtics teve 17 segundas oportunidades de pontuar, recorde da franquia nestes playoffs. O bom da história é que CB1 pode voltar na próxima partida, marcada para amanhã, em Miami.

LBJ (29) e D-Wade (20) foram novamente os cestinhas. Assim como Paul Pierce, LeBron deixou o jogo mais cedo. Foi a primeira vez, diga-se, desde que se transferiu para a franquia da Flórida, que LeBron deixou uma partida com seis faltas. Fez falta nos instantes finais da prorrogação? Pode ser, mas do jeito que LBJ se limita nos momentos decisivos, talvez não tenha feito tanta falta assim. Se bem que, a bem da verdade — e sejamos justos —, no final do tempo normal ele acertou uma bola de três que empatou o jogo em 89 definitivos pontos e cavou a falta de ataque de KG, que deu ao Miami (e a ele, no caso) a chance de definir a partida no tempo regulamentar.

Pra finalizar, Haslem merece ser citado por conta de seus 12 pontos e 17 rebotes. Com CB1 de volta (se voltar mesmo), o Miami cresce e Haslem terá oportunidade de descansar mais, o que não tem acontecido nesta série porque Joel Anthony e Rony Turiaf (ontem nem jogou) têm sido figuras praticamente nulas.

Autor: Fábio Sormani Tags: , , , , ,

53 comentários | Comentar

  1. 13 HC Ibañez 04/06/2012 13:34

    Discordo q a primeira jogada foi preparada para Haslem.
    A jogada era: bola no LeBron e ele arremessa.
    Mas a marcação foi muito boa, ele não conseguiu se livrar e teve q procurar alguem pra passar a bola.
    A segunda jogada foi: bola no Wade e ele arremessa.
    O Miami não tem jogadas preparadas pq não tem treinador pra isso.

    Agora, acho q a derrota tem q ser colocada na conta do Wade.
    Ele driblou o Daniels e poderia ter infiltrado pra dois pontos e outra prorrogação. Mas quis bancar o herói e errou. Errou pq foi arrogante.

    Responder
    • Fábio Sormani 04/06/2012 15:58

      HC
      Vc acha mesmo que Spo, McAdoo e Rothstein não entendem nada de basquete? Vc acha que eles não são capazes de armar nenhuma jogada sequer para o time? Esses caras passaram uma vida na NBA, jogando, treinando, jogando, treinando, vc acha mesmo que eles não são capazes de armar nenhuma jogada sequer para o time? E vc acha que o Pato Riley, cinco títulos de campeão da NBA, está hibernando e não vendo nada disso? Eles podem não ser o técnico dos sonhos (e não são mesmo), mas dizer que eles não conhecem nada eu respeito, mas discordo. Outra coisa: a bola final de três não foi arrogância de D-Wade. Era a única chance de vitória. Outra prorrogação, sem LBJ, o Miami não tinha a menor chance de vencer. A chance era aquela. A jogada foi armada para essa bola única, de três, mas não deu certo.
      Abs.

  2. 12 REIROM 04/06/2012 13:33

    auuaUHAUHAUHHAUUHAUHAUHUH BOSTON SORMANI A CAMISA MAIS PESADA DA NBA

    FEZ O CANHAO DOOLING MARCAR 10 PONTOS

    CELTICS IN 6

    SE NAO FOSSE O ROUBO DO 2 JOGO……..

    SERIA 3 A 1

    ONTEM QUASE OUTRO ROUBO ABSURDO….

    18 BANNER A CAMINHO

    CHOREM AMARELINHOS

    Responder
  3. 11 Carlos Delboni 04/06/2012 13:28

    Olá Fábio!
    Valeu a pena ficar acordado até quase 1h da manhã!
    O Heat desperdiçaram ontem um grande passo rumos as finais da NBA!
    Wade praticamente não rendeu nos 2 jogos em Boston!
    Lance crucial no meu ver foi os últimos segundos do 4ºQ, onde Wade, LBJ e outro que me fugiu o nome, se embaçaram com o jogada e perderam a chance de ganhar a partida e levando a partida para a prorrogação.

    Em tempo, tem acompanhado os PO’s da liga espanhola?
    Assisti o último jogo entre Barcelona x Valência pelas semifinais!
    4ª feira começas as finais entre Barcelona e Real Madrid

    Responder
    • Fábio Sormani 04/06/2012 15:51

      Carlos
      Não tenho acompanhado o Espanhol. Gostaria, mas não encontro tempo.
      Abs.

  4. 10 Marcão 04/06/2012 13:18

    Eu vi o jogo ontem, e achei muito tenso por parte dos C’s……..por um momento eu ja tinha dado a virada do Miami como certa, tão perturbador sendo o desempenho do C’s, cada vez mais a diferença diminuindo eu não acreditei que deixaram complicar tanto uma vitória quase certa.
    To torcendo pro C’s passar, não gosto do Miami, me lembra o flamengo, bleeeeee

    Responder
  5. 9 Felipe Botucatu! 04/06/2012 13:16

    Sormani.. esqueceu de falar do Pietrus .. 2 rebotes ofensivos seguidos.. um monstro !

    KG seguramente tem +3 anos de Nba! 1 Titular e 2 reserva.. o cara joga muito e tem um preparo fisico muuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuito excelente .

    Rajon segue armano bem!
    Eu acho q com a chegada do Bosh o time vai piorar, isso pq, o jeito do Miami jogar com os 3 tenores, não se encaixa com o jogo do Boston, esse jogo, Wade e Lebron arriscando e chutando , se encaixa, o outro fazendo transição com Bosh não.

    Sei não, Paul Pierce está jogando mal, mas o que conhecemos dele…

    Será Sormani que ele vai dexar para aparecer nestes 2 proximos jogos e resolver a parada? ta cheirando a isso em!!

    Responder
    • Fábio Sormani 04/06/2012 15:37

      Felipe
      Bem lembrado: os dois rebotes ofensivos do Pietrus foram mto importantes.
      Abs.

  6. 8 Bruna 04/06/2012 13:13

    sormani o tecnico do miami é doente …e wade vc nem critica né? agora falar mau do LBJ ja virou rotina,wade passou o jogo quase todo errando e fez outra partida ruim ai só sobra p lebron as criticas.

    Responder
    • Diogo 04/06/2012 17:04

      Bruna, longe de mim aqui querer fazer o advogado do sormani mas, cada time tem 240 minutos para alocar a seus jogadores em quadra + prorrogação. É impossivel falar de tudo, imagina cada post com uma narração de 480 min do jogo! Sem contar que esquecer é aceitavel e humano. Minha opiniao é que cada um assiste a um jogo e destaca aquilo que mais prestou atençao. É exatamente pra isso que existe este espaço! quando vc quer discutir um assunto que nao achou no post mande um comentário, o Sormani nos deixa a vontade de fazer isso.

    • Fábio Sormani 04/06/2012 15:38

      Bruna
      Não fique brava comigo.
      Abs.

  7. 7 João Pedro 04/06/2012 13:06

    Sormani, você acredita que existam menos “clutch players” na NBA hoje que em outros tempos?

    Existe alguma chance de Bosh voltar pra essa série?

    Responder
  8. 6 Ricardo Camilo 04/06/2012 12:58

    O Boston sobrevive pq o Bosh tá fora. Fosse do Oeste, não teria passado da 1ª fase, e o Miami não é um time, é um amontoado. Passe quem passar, prevalecerá a Lei do Oeste.

    Responder
    • Teobaldo 04/06/2012 15:48

      Calma, moçada, não precisa tremer de medo por antecipação não. O meu Boston é um time de velhinhos….. Pierce com o joelho esquerdo detonado; Ray Allen sem tornozelos; KG muito velho e Rondo, um babaca individualista…

      É isso ou não, Sormani????!!!!

    • Fábio Sormani 04/06/2012 15:41

      Ricardo
      O Miami defende bem e se no ataque eles usam e abusam do isolation é pq assim deve ser melhor para eles. Penso que isso deve ser escolha dos jogadores (leia-se LBJ e D-Wade).
      Abs.

  9. 5 Rafael Celta 04/06/2012 12:57

    Sormani td bem, fiquei com uma sensação ontem, pelo que vi se todos do Boston jogarem o que sabem e todos do Miami tambem jogarem, acho que Boston ganha…
    Abração

    Responder
  10. 4 NBA For Fans 04/06/2012 12:53

    Temos uma série como diria Everaldo Marques. Se Paul Pierce se controlar um pouco mais Boston fica bem mais forte nos minutos finais e com uma alternativa a mais para confundir a defesa do Heat. Se Bosh voltar, Miami pode tentar diminuir as ações de Garnett, tanto na defesa quanto no ataque. E acredito que Haslem perderá espaço para Bosh caso volte.

    http://nbaforfans.blogspot.com.br/

    Responder
    • Pacheco 04/06/2012 16:05

      Não é porque algum jogador é estrela que ele é melhor em tudo, Bosh é ruim d+ na defesa.

  11. 3 Leonel 04/06/2012 12:50

    Sormani

    Pareceu a você que o Miami entrou nesses dois jogos em Boston pensando que jogando naturalmente venceria? E na parte final do jogo buscou resultado e quase vencendo?

    O Boston parece que joga além das suas forças em cada jogo. Limitações de diversos tipos que não convêm analisar aqui. Isso é louvável e eu, como torcedor do Celtics, estou valorizando muito isso. Mas isso em qualquer momento “pede água”. O Miami talvez esteja esperando essa hora. MAs o pessoal da Flórida tem que encarar que o seu adversário está parecendo o mais raçudo da NBA atualmente. E esperar demais pode fazê-los acordar como perdedores da série.

    Abraço

    Responder
    • FaBio Alexandre 04/06/2012 15:59

      Leonel tenho a mesma impressão que vc….o Celtics parece jogando no limite e o Heat não…mas enquanto ta dando certo Let’s go Celtics

  12. 2 Renato 04/06/2012 12:45

    Miami ta alimentando o monstro e nao vou ficar nada surpreso se Boston vencer o jogo 5 na casa do Heat. Aquela ultima bola do lebron ele tinha que ter arremessado de 3, cortou pro lado que ele gosta e Boston estava pronto pra essa jogada. A do Wade era pra ele ter acertado, ele acerta muito chutes com graus de dificuldade maior do que esse, sem conta que ele estava sozinho e bem posicionado pra o chute. Apesar do Lebron ter jogado mal ontem ele continua sendo o melhor do Heat, Wade esta totalmente sumido nessa serie e Heat so vence essa serie se a dupla Lebron-Wade jogar como jogou os últimos jogos contra indiana, o Heat esta nessa situação e olha que na minha opinião o Pierce ,apesar de esta fazendo alguns pontos, nao esta jogando nem 60% do que ele pode joga

    Responder
  13. 1 Juninho Stockler 04/06/2012 12:41

    Sormani,
    Eu havia dito aqui antes da serie começar.
    “Kevin Garnett não é Roy Soft Hibert”.

    KG está mostrando pq já foi MVP da NBA e porque é um dos maiores da história. Pra mim a chave pro Miami é trancar o jogo dele.

    Responder
  14. Fábio Sormani 04/06/2012 17:25

    Diogo
    Exatamente isso: o botequim é de todos nós.
    Abs.

    Responder
  15. Fábio Sormani 04/06/2012 17:22

    Teobaldo
    Sim, é isso — mas está dando certo faz umas quatro temporadas…
    Abs.

    Responder
  1. Primeira
  2. 1
  3. 2
  4. 3
  5. Última
  6. ver todos os comentários
 

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!

* Campos obrigatórios


 

Responder comentário


* Campos obrigatórios