NEW ORLEANS: DUAS VITÓRIAS HISTÓRICAS | Fábio Sormani

Publicidade

domingo, 23 de janeiro de 2011 NBA | 16:28

NEW ORLEANS: DUAS VITÓRIAS HISTÓRICAS

Compartilhe: Twitter

Primeiro foi o Atlanta; ontem foi o San Antonio. O New Orleans aplicou duas “tundas” em dois dias em dois times de respeito nesta temporada. Se o Hawks está alguns patamares abaixo do Spurs, mas é um dos times fortes desta competição, o alvinegro texano é simplesmente a melhor equipe até este momento na NBA.

A vitória fora de casa diante do Atlanta por 100 a 59 foi algo de impressionante. E ontem, o San Antonio não viu a cor da bola na vitória do Hornets por 96 a 72. Vantagem de 24 pontos; maior surra que o Spurs levou nesta temporada.

Disse há algum tempo que não confio no Hornets para ganhar a conferência e disputar o título desta temporada. E continuo não acreditando. Não tem time para passar por Lakers e pelo próprio San Antonio. Mas já fez bonito nesta temporada.

Primeiro, quando enfileirou oito vitórias consecutivas e acabou como o último time a ser derrotado nesta temporada. Agora, com estas duas vitórias.

Chris Paul tem sido o condutor do time em quadra? Com certeza; a batuta está sempre em suas mãos. Não se fie apenas nos números. Nessas duas vitórias os números de CP3 são discretos: 13,5 pontos e 7,0 assistências. Não são números de nos deixar boquiabertos. Como eu disse, nos momentos mais importantes CP3 está lá, provando, sempre, que hoje é um dos melhores armadores da NBA.

ALVO

No jogo diante do Atlanta não teve um jogador que você pudesse pinçar do elenco do New Orleans e dizer: nossa, esse cara jogou muito. Mas diante do San Antonio, Trevor Ariza (foto Getty Images) barbarizou nas bolas de três no terceiro quarto. Sempre da ponta direita, ele foi embiroscando e aumentando a vantagem do Hornets na partida.

Foram 4-4; 4-4 também foi o desempenho de Marcus Thornton, vindo do banco. Aliás, o desempenho de três do New Orleans chamou a atenção: 12-15; 80,0% de aproveitamento.

CESTINHA

Tiago Splitter jogou 25 minutos. Não foi seu recorde na temporada, pois na vitória sobre o Cleveland (116-92), ele se aproveitou do “garbage time” e ficou em quadra 26 minutos. Naquele dia fez 18 pontos, sua maior pontuação na temporada. Ontem, com um minuto a menos, fez 11 pontos.

Splitter ficou vinte ou mais minutos em quadra em apenas cinco oportunidades nesta temporada. Anotou um total de 59 pontos, o que dá uma média de 11,8 pontos.

Ou seja: se derem chance, Tiago não vai negar fogo. Esta tem sido a sua história no basquete. No banco ele não vai ajudar ninguém — e não será ajudado também.

DERROTAS

Os dois líderes do torneio perderam. E perderam feio. Do San Antonio a gente já falou: levou uma tunda do New Orleans. O Boston não levou chacoalhão nenhum, mas perdeu para o Washington Wizards: 85 a 83.

Independente do local da partida (Verizon Center, capital dos EUA), time que quer ser campeão não pode perder para o Washington. Em Washington ou na Cochinchina.

De todo o modo, vamos dar um desconto, pois, é como eu sempre digo: não dá para jogar bem todas as noites. Ontem, Spurs e Celtics tiveram um desarranjo e perderam.

Faz parte.

MIAMI

O Miami voltou a vencer. Bateu ontem o fraquíssimo Toronto Raptors, no sul da Flórida, por 120 a 103. Mai uma vez Dwyane Wade e Chris Bosh não jogaram. LeBron James segurou a onda: 38 pontos, 11 rebotes e seis assistências.

Voltou a vencer depois de quatro derrotas consecutivas. Mas não é da campanha do Heat que eu quero falar. Como este iG noticiou com exclusividade, Nenê Hilário teria planos de jogar no Miami a próxima temporada.

Segundo o jornalista Ken Berger, do site CBS Sports, o brasileiro considera esta possibilidade. Nenê tem ainda mais um ano de contrato com o Denver. Pela próxima temporada ele tem garantido US$ 11,6 milhões. Mas a opção de jogar ou não é dele.

A gente olha para o “payroll” do Miami e constata que o time já tem comprometido US$ 65,3 milhões na próxima temporada. O time pode usar a “Mid Level Exception”, que é a média salarial do campeonato. Mas não chega no que Nenê tem direito em Denver. Deve ficar em torno de US$ 6 milhões.

Portanto, a menos que Nenê tope ganhar menos, ele pro Miami não vai.

Conversei com Nenê em agosto passado em Nova York. E ele deixou claro pra mim: “Se o Denver não renovar com Carmelo, eu vou embora”.

Acho que Nenê deve sair, mas pro Miami creio que seja difícil. A menos que ele esteja pensando mais em ganhar um anel e menos em ganhar dinheiro.

Autor: Fábio Sormani Tags: , , ,

34 comentários | Comentar

  1. 14 Leon Neto 23/01/2011 20:11

    Sormani:

    vale salientar que o Splitter, apesar dos 11 pontos, tomou dois tocos seguidos em uma mesma jogada (não me lembro de quem), o que ficou meio chato para ele. talvez seja a falta de ritmo de jogo.

    um abraço.

    Responder
    • Fábio Sormani 24/01/2011 0:15

      Leon
      Com certeza, ele está completamente sem ritmo de jogo.
      Abs.

  2. 13 Paulo Pira 23/01/2011 20:03

    Na maioria dos jogos que o T. Splitter jogou o SAS perdeu. E ontem foi assim. Talvez a excessão seja esse jogo dos 18 pontos.

    Sormani, na minha modesta opinião o que ocorre é o seguinte: americano você sabe como é: “nós somos os melhores e pronto”. Quando o Nenê vai bem (e nessa temporada é quase todo jogo), por exemplo, dão mais destaque para a enterrada do JR Smith. Mas, voltando, o Splitter veio como o melhor da Europa e como aquele que esnobou o time quando foi draftado (eu sei, tinha o contrato, mas você acha que eles se importariam?). Quando ele vem. Pop o deixa esquentado o banco e o coloca, quando coloca, apenas alguns instantes (No último jogo foram 23 SEGUNDOS).

    O que ele quer é, na verdade dizer: Você era o melhor lá na Europa, aqui você não é nada! E vai ser assim por toda temporada. Pode escrever. É também um teste. Pressão psicológica para ver se ele aguenta o tranco, pois a aposentadoria de Tim Duncan não está longe, e ele terá a missão de ocupar o seu lugar.

    Mas que Pop está exagerando, isso ele está.

    Responder
    • Fábio Sormani 23/01/2011 23:48

      Paulo
      Excelente msg. A se ponderar…
      Abs.

  3. 12 S8 23/01/2011 19:48

    Só faltou vc escrever sobre a fantástica vitória do OKC.Aquela bola do Durant foi demais…Cada vez mais eu me torno fã dele.Não só pela sua qualidade,mas também pela sua postura serena,gelada.

    Responder
  4. 11 José Renato 23/01/2011 19:40

    Grande Sormani, nesse post voce citou o Trevor Ariza e eu queria te fazer uma pergunta. Eu torço pro Lakers e quando o Lakers nao renovou com o Ariza pra trazer o Artest, eu achei uma boa, tanto que fomos campeões ano passado com um jogo 7 de tirar o chapéu pro Artest. Mas essa ” troca ” veio com o intuito do Lakers ter uma defesa mais sólida, so que nesse ano o Lakers sofre muito com os chutes de 3 do adversário, pelo menos nos jogos que eu assisto, tanto que perdeu de virada pro Clippers e Mavs mais recentemente. Então voce nao acha que essa “troca” nao foi tão boa como todo mundo esperava, porque o Ariza é mais consistente ofensivamente que o Artest, porque comos muitos dizem e eu também acho, o Artest é um mau de pau. Qual é a sua opinião Sormani. Grande abraço e parabens pelo blog e pela atenção que nos da.

    Responder
    • Fábio Sormani 23/01/2011 23:54

      JR
      Artest foi contratado para Kobe descansar. Antes dele, Kobe era quem marcava os principais jogadores do “back court” adversário. Isso trazia um desgaste mto gde para Black Mamba. P-Jax o quer descansado nos playoffs para, com isso, ganhar jogos e consequentemente o campeonato. Acontece que, como vc mesmo disse, nesta temporada não está funcionando. Mas não funciona num todo. Ataque e defesa do Lakers não flui nesta temporada como fuiu na temporada passada. E o culpado não é apenas Ron-Ron.
      Abs.

  5. 10 Luis Carlos 23/01/2011 19:13

    É isso aí Sormani!!!

    Os Spurs perderam!! Vamos comemorar!!!!!

    Falta só o Lakers continuar a vencer bonito e td fica bem.

    Abs.

    Luis Carlos

    Responder
  6. 9 João (Portugal) 23/01/2011 19:10

    Se o Nene decidir sair de Denver e ir ganhar menos para ser campeão, então a única coisa que se pode dizer é que ele é um grande Homem! É preciso ser um campeão para fazer uma coisa dessas, basta pensar em muita gente que nunca ganhou um titulo e, ou nunca decidiu ganhar menos para o fazer ou só o fez no ocaso da carreira.. e o Nene não está. É uma atitude de muita, um facto de se louvar

    Responder
    • Fábio Sormani 23/01/2011 23:56

      João
      Um abraço forte pra vc e nossos irmãos portugueses. E obrigado uma vez mais por acessar o blog.
      Qto ao seu comentário: perfeito.
      Abs.

  7. 8 Bruno Medeiros 23/01/2011 19:01

    A ida de Nene para o miami iria ser bom, para ele ser o primeiro brasileiro com um anel da NBA.
    Mas queria saber a sua opinião sobre isso
    http://hangtime.blogs.nba.com/2011/01/19/blakes-rank-among-rook-big-men/
    blake está mesmo colocando o nome dele na lista dos maiores rookies dos ultimos tempos?
    abraço

    Responder
    • Fábio Sormani 24/01/2011 0:15

      Bruno
      Os números não mentem. Se BG levar o Clippers aos playoffs, solidifica-se nesse seleto rol.
      Abs.

  8. 7 Wagner Silva 23/01/2011 18:26

    Sormani o time do Hornets defende muito e de forma impressionante, mas para mim não tem banco. Ele tinha dado uma caída quando tava acontecendo o rolo da compra do time pela NBA, eu realmente não sei o que esperar deles, mas como você disse o Chris Paul é o líder do time pra mim é o verdadeiro armador pois não tem um ponto fraco, é muito bom na defesa, arremessa de 2 e 3 com competência, e comete pouquíssimos turnovers para quem fica com a bola o jogo todo. eu o acho o ”armador puro” como Charles Barkley e Jerry Sloan falaram uma vez do Stockton, joga para o time não força e faz poucos arremessos pois primeiro vem os companheiros melhores colocados. Não sei se é o melhor armador mas para mim é o ”armador puro”, já imaginou ele no Clippers ou no Blazers (se as contusões não atrapalharem) dois times jovens com muito talento, se eu fosse ele permaneceria no oeste pois o reinado do Lakers está no fim e o leste a briga vai ser grande por anos com vários times não somente um ou dois times.
    Enquanto ao Nenê eu acho que ele vai acompanhar o Carmelo, já imaginou eles dois no Knickers!

    Responder
    • Vascobgs 23/01/2011 23:17

      Pensei nisso também, Nenê junto com Amare e Carmelo ficaria fortissimo e com certeza concorreira fortemente ao título.

  9. 6 Edu Sales 23/01/2011 18:09

    Boa, Sorma! Go Hornets!

    Aliás, o New Orleans tem a melhor defesa da NBA… o próprio Popovich disse isso

    Tim Duncan disse que o Hornets é o time que melhor está jogando na atualidade. E o técnico do time, o novato Monty Williams, faz um trabalho fantástico! Sem contar que esse time tem três jogadores atuando como All-Stars: CP3, David West e Emeka Okafor

    mas o melhor de tudo foi esse lance aqui:

    http://www.youtube.com/watch?v=YP8_j-eGu84

    hahahahaha… com a bola nas mãos, CP3 é o jogador mais habilidoso da NBA… pobre Tony Parker… rs

    Responder
  10. 5 Willian Almeida 23/01/2011 17:51

    Caro Sormani,

    Devido a suas ausências, Erik está “testando” alguns de seus reservas; considero Chalmers mais jogador que Arroyo, pelo menos vejo que ele produz mais que Carlitos; não seria a hora de que, quando Wade e Bosh voltarem, formar o novo quinteto com Chalmers realizando essa função de PG?
    Quanto ao Nene, falou tudo; se ele pensar em ganhar um anel, pois indo para o Miami esssa possiblidade aumentaria de forma monstruosa, só encaixaria mais o jogo do Heat e daria a tal força que precisa no garrafão, auxiliando e muito Bosh.
    Eu só vi hoje o lance, que “tombaço” do Tiago, hein, no jogo contra o Denver eu acho, bela enterrada seguida de um belo tombo. A cara que ele fez foi muito boa, disfarçou bem a dor que deve ter sentido, viu. Que pancada!
    Abs

    Responder
  11. 4 Bruno Roger 23/01/2011 17:35

    Podem falar o que quiser, falar que Gregg Popovich é inteligente, que é campeão, que Thiago esta em fase da adaptação.

    Mas que adaptação é essa que ele nem entre em quadra, e não é em sentido figurado não, ele realmente não entra em quadra.
    Ter no elenco um dos melhores, se não o melhor jogador da Europa e não usar, é triste. E não falo isso pq sou brasileiro não, é a realidade, Thiago simplismente MERECE jogar mais, NÃO é um novato da NCAA que tem que aprender jogar basquete contra “gente grande”.

    Responder
  12. 3 Fabio 23/01/2011 17:29

    Seria muito bom pro Miami o Nene por lá, o time ficaria muito forte, mas eu também acho que ele não vai, é muita diferença, quase metade da grana…
    Sormani, eu não tenho certeza, se eu estiver errado me corrija, mas eu acho que o Mid-Level Exception só pode ser usada 1 vez a cada 2 anos e esse ano eles já usaram com o Miller, então eu acho que ele não poderia ir pra lá. É isso mesmo, ou estou enganado.

    Abraços.

    Responder
    • Vascobgs 23/01/2011 23:24

      Nene no Miami tornaria o mesmo invencivel, pois esse é o unico setor realmente deficiente, a armação com Chalmers quebra um galho e Wade e Lebron passam muito bem. Nene no Miami, não tinha Lakers, Boston, Spurs ou Magic que fizesse frente ao Heat.

    • Fábio Sormani 23/01/2011 18:42

      Fabio
      Usaram nesta temporada, na próxima podem usar novamente.
      Abs.

  13. 2 Igor 23/01/2011 17:14

    Sormani sobre o Spurs ontem assisti o jogo e percebi que Gregg Poppovich resolveu poupar seu big three.
    Ora que o jogo estava ja quase batido ele tirou os tres de quadra.Depois do jogo fui ver o Box score e percebi que Duncan e Ginobilli jogaram 22 minutos e Parker um pouco mais.
    É como vc disse ele esta preservando seus jogadores,para não sofrer contusões.
    Vc acha que desse jeito o Big Three de San Antonio vai ir até o fim sem sofrer com contusões e desgaste???

    ABS…

    Responder
    • Fábio Sormani 23/01/2011 18:43

      Igor
      A ideia é esta mesma. Se o Big Three chegar saudável aos playoffs, o SAS tem gde chance de ganhar a conferência e ir para a final da NBA.
      Abs.

  14. 1 Salerme 23/01/2011 17:08

    Sormani,

    Este time dos Hornets é imprevisível: não me surpreenderia que, após estas duas vitorias sensacionais, o time perdesse para os Cavaliers e para os Kings em sequência…. times assim, concordo com você, não são apostas confiáveis.
    O Ariza é muito bom jogador para o time: longe de ser um craque, ou alguém que levará o time até finais ou mesmo PO: mas é um jogador muito útil, que cresce bastante em momentos decisivos. Uma pena que ele ficou sem espaço nos Lakers com a chegada do Ron… Quanto ao SAS, o time vai ter que começar a perder uma hora!! E isto não é torcida, porque, para mim, os caras começariam a perder nos PO!!
    Quanto ao Washington, para mim é uma grande decepção. O Wall, ao contrário do Blake, não mostrou ainda a que veio (tudo bem, ele machucou, pode evoluir, tem que ter paciência e todos estes clichês, mas o fato é que o cara não rende o que se esperava por ter sido o primeiro draft num ano tão bom), Rashard Lewis continua sendo o mediano mais bem pago da história do NBA e o resto do time não ajuda… ou seja, é um time fraco e concordo com você que a única coisa que justifica a derrota dos verdinhos é que não dá para jogar bem todo jogo mesmo!
    Acho que talvez você poderia falar do primeiro jogo que o Kevin Durant ganhou no estouro do cronômetro…. o cara é muito craque!! Vai ser o maior jogador da Terra em algum momento da carreira e torço para que seja no time dourado/roxo.
    Por fim, o Nenê: creio que se ele declarou que sem Carmelo ele não fica em Denver, é porque ele quer algo além de dinheiro (que ele já deve ter bastante). Seria perfeito no Heat, mas acho que o próprio Knicks poderia tentar levá-lo para ficar com um garrafão fortíssimo, com Amar’e jogando como ala de força…
    Abraços

    Responder
  1. Primeira
  2. 1
  3. 2
  4. Última
  5. ver todos os comentários
 

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!

* Campos obrigatórios


 

Responder comentário


* Campos obrigatórios